Executivo

Terça-Feira, 14 de Dezembro de 2010, 14h:02 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CÂMARA DE CUIABÁ

Deucimar desiste e a posse de Pinheiro ocorre em 1º de janeiro

Deucimar Silva (PP)   Após muito debate e articulação por parte do presidente eleito da Câmara de Cuiabá Júlio Pinheiro (PTB), Deucimar Silva (PP) recuou e decidiu deixar a presidência da Casa em 31 de dezembro. Assim, Pinheiro vai assumir o comando do Legislativo em 1º de janeiro, conforme prevê hoje a Lei Orgânica e o Regimento Interno. “Quando eu disputei a eleição havia uma determinada regra. Dizia que a posse era em 1º de janeiro e não em fevereiro. A regra é clara”, ponderou Pinheiro.

   A polêmica relativa ao tema começou na última quinta (9), quando Deucimar anunciou que colocaria em votação nesta terça (14) as alterações no Regimento, para, em seguida, publicar a nova Lei Orgânica, que foi votada em julho deste ano. A manobra causou alvoroço no Legislativo e a maioria dos parlamentares se posicionou contrário à dilatação do mandato do progressista até o final de janeiro.

   Diante da recusa, Deucimar chegou a estudar a possibilidade de protelar a publicação da lei até pouco antes do recesso, se mantendo no comando da Casa, mas acabou recuando nesta terça após uma longa reunião a portas fechadas com os colegas de parlamento. Na oportunidade, ele chegou a afirmar que deixaria o posto no próximo dia 22, mas foi alertado sobre a inconstitucionalidade do ato, por isso, ficará até o final do ano.

   Apesar disso, ele deixa o seu gabinete no dia 23, para que Pinheiro possa se acomodar. Com a mudança na postura de Deucimar, os vereadores estariam mais “abertos” ao diálogo para votar o novo regimento ainda nesta semana. A tendência é que isso ocorra nesta quinta (16). O documento passa por “ajustes”, principalmente devido à existência de muitos erros de ortografia e concordância. Além disso, estão sendo feitos outros ajustes na redação, que precisa ser mais clara.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.