Executivo

Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 17h:03 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Divergências

Em 2009, Maggi só liberou R$ 531 em convênios para Rondonópolis

Prefeito Zé do Pátio   Durante todo o exercício de 2009, primeiro ano da gestão Zé do Pátio em Rondonópolis, o governo Blairo Maggi só liberou em convênios R$ 531,17, valor praticamente de um salário mínimo, fixado hoje em R$ 510. A "ajuda" do Estado representa 0,01% dos R$ 4.089.511,00 que estavam previstos. A revelação que surpreendeu todo o secretariado do prefeito foi feita pela equipe econômica, em audiência pública nesta quinta à noite, no auditório do Palácio da Cidadania, na própria prefeitura. Os dados reforçaram a tese do grupo ligado ao prefeito que vê espécie de boicote da gestão Maggi para com a administração peemedebista, após não conseguir reeleger o aliado Adilton Sachetti (PR), nas urnas de 2008. Já a transferência estadual referente ao repasse obrigatório de parte dos tributos arrecadados chegou a R$ 104 milhões.

   O secretário municipal de Finanças Adão Nunes e a consultora do Município Manoelina Oliveira asseguram que a prefeitura arrecadou R$ 274 milhões no ano passado, o que representa R$ 26,8 milhões a menos se comparado aos R$ 300 milhões orçados para o período. Argumentam que, além da crise financeira mundial, que afetou diretamente a cadeia produtiva do município, os repasses estadual e federal fecharam o ano abaixo do orçamento previsto. Ao todo a União transferiu R$ 99,8 milhões para os cofres municipais, chegando perto dos R$ 106,6 milhões esperados, provenientes de impostos e convênios.

   Já o montante arrecadado pelo próprio município totalizou R$ 55,6 milhões, 92,9% dos quase R$ 60 milhões orçados. Em contrapartida, a arrecadação de alguns tributos superou a meta prevista no orçamento de 2009. É o caso do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), responsável por R$ 8,1 milhões da receita total. Já o Imposto de Renda Retido na Fonte chegou a 114,74% do previsto, com R$ 3,7 milhões.

   Do total arrecadado pelos cofres públicos em Rondonópolis, 30,7% (R$ 53,9 milhões) foram investidos em Educação, superando o percentual mínimo que é de 25%. Já a Saúde ficou com 20,7% da receita, também acima da exigência mínima de 15%. Segundo a equipe econômica, as despesas com manutenção da máquina administrativa e investimentos em obras somaram R$ 58,6 milhões. Gastos com pessoal ficaram em R$ 107,4 milhões (51,9%).

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • Carla | Segunda-Feira, 01 de Fevereiro de 2010, 08h00
    0
    0

    Zé para com politicagem, vai cuidar da população ou você foi eleito para fazer com que Roondonopolis ande para traz, veja ao seu redor você esta acompanhado só de pessoas que irão levar você para o buraco, presta atenção no que você esta fazendo com sua vida politica, acredito que vc lutou muito para chegar aonde esta parece que vc esta jogando tudo no licho preste atenção nessa frase, olhe com quem tu andas que eu direi quem tu es para de demagogia Blairo Maggi foi e será o melhor Governador dos ultimos tempos de Mato Grosso.

  • alexandre | Domingo, 31 de Janeiro de 2010, 20h03
    0
    0

    E uma vergonha por parte deste Governado, Rondonópolis sendo a segunda cidade do Estado em questão de arrecadação e por causa de picuinhas e jogos políticos a cidade vem perdendo em obra e benefícios para população, mas, isso mostra o quanto o Senhor Blairo e vingativo e perseguido para ele só importa algo que ele possa tirar algum beneficio político. Sendo assim, isso e uma vergonha, vergonha, vergonha, vergonha, vergonha, vergonha, vergonha, vergonha, vergonha, vergonha, não e só uma vergonha, mais varias vergonhas, por parte do Senhor Governador Blairo Maggi.

  • Jedae | Domingo, 31 de Janeiro de 2010, 14h40
    0
    0

    O Sec. de Esportes do MT, foi acusado pelo TCE de desvio de quase 500 mil reais. O Blairo não falou um (a), ele continua na mesma, dentro da SEEL e não vai dar em nada. Com o silêncio do nosso impar governador, ele concorda com as coisas erradas pelos membros de sua equipe de apoio. Uma pena. Esse é o nosso quebrador de paradigmas!

  • Ely | Domingo, 31 de Janeiro de 2010, 12h14
    0
    0

    Vindo do Zé tem alguma mentira ai, eu corto meu saco em praça pública se isso for verdade.

  • Éber José de Oliveira | Domingo, 31 de Janeiro de 2010, 09h41
    0
    0

    O que esse Governo Estadual gosta mesmo é de fazer financiamentos e comprar máquinas pra fazer uma graça eleitoreira e deixar a dívida para futuros governantes. E faz uma propaganda danada dizendo que comprou. Quem paga é que compra. Essas máquinas são exemplo.Todo grande ato do governo se faz em cima de coisas financiadas, que o atual governo pouco ou nada vai pagar. Assim é fácil fazer graça. Cortezia com chapéu alheio é fácil.

  • guilherme | Domingo, 31 de Janeiro de 2010, 09h04
    0
    0

    Quer saber o que é o espirito vingativo e destruidor de familia do blairo maggi, procure os militares e familiares dos policiais militares que sonharam em ter aumento salarial igual os coroneis, o que o blairo tentou fazer com eles que foram salvo pelo presidente Lula da tirania do governador.

  • Manoel Antonio | Sábado, 30 de Janeiro de 2010, 09h16
    0
    0

    Essa situação ocorre em todo o Estado, no primeiro mandato o Maggi investiu muito em asfaltos, que foi muito bom. Mas no atual deixou a desejar, observe só: tem um projeto de um hospital para Gtã desde as campanhas políticas de 2002 e até hoje não saiu, a população sempre tem que sair as pressas para Colider, Sinop, Sorriso e Cuiabá em busca de tratamento. Sendo que um investimento em um aqui aliviaria até a Capital. No primeiro mandato o Governador inaugurou a Escola Elcio Prates e o Asfaltamento da MT-419 até Novo Mundo e no segundo não fez nada, isso será uma dificuldade para o Nosso Candidato a Governador Silval Barbosa.

  • Paulo | Sábado, 30 de Janeiro de 2010, 09h14
    0
    0

    Amigos o que me indigna é que o Ze era contra trazer pessoas para trabalahara em Roo de fora, tipo a Cristal no qual o mesmo usou na sua Campanha.. Mass na sua gestao esta fazendo pior pois na prefeitura tem varios e varios funcionarios de alta escalao e ate presidente de autarquia que é de fora nem mora e nem moravam aqui............, Ze para com demagogia..........

  • Germano Souza Cruz | Sábado, 30 de Janeiro de 2010, 08h21
    0
    0

    O espírito vingador do Brairo Maggi é algo que eu desconhecia. Até então eu o tinha como um capitalista conservador que só trabalha para a turma da botina, que faz questão de humilhar a capacidade dos matogrossenses colocando a gauchada para comandar os altos escalões do governo, mas agora não, vejo que o mesmo é bem pior, É UM SER RANCOROSO, VINGATIVO, daqueles que para ferir um pai atinge o filho. Tentou fazer com que a administração de Zé do Pátio fosse ruim, mas não conseguiu. Mas pode esperar, resposta dos rondonopolitanos virá das urnas. Depois dessa, até o Lúcio Mandioca vence dele a disputa para o senado. E o grito agora será "dá-lhe Mandioca".

  • ronei | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 22h52
    0
    0

    No primeiro mandato da administração Blairo Maggi Cuiabá foi "esquecida", praticamente toda a administração foi voltada para as cidades do interior, principalmente Rondonópolis.

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS