Executivo

Segunda-Feira, 17 de Março de 2014, 10h:50 | Atualizado: 17/03/2014, 12h:03

Em posse, Dilma destaca atuação de Neri e diz que país baterá recorde

Na cerimônia de posse dos novos ministros, que durou menos de 1h, a presidente Dilma Rousseff (PT) disse acreditar que o mato-grossense Neri Geller (PMDB), que assumiu a Agricultura, vai levar o Brasil a alcançar novos recordes do setor. Ela fez questão de destacar que Neri conhece profundamente o cenário do país, principalmente o do Centro-Oeste. O peemedebista já vinha atuando na equipe de Dilma como secretário executivo de Política Agrícola e ele substitui Antônio Andrade (PMDB-MG), que deve disputar vaga na Câmara Federal.

Além de Neri Geller, outros cinco ministros foram empossados: Gilberto Occhi, de Cidades; Clélio Campolina, de Ciência e Tecnologia; Miguel Rosseto, de Desenvolvimento Agrário; Eduardo Lopes, de Pesca; e Vinicius Lages, de Turismo.

Ainda em seu discurso, Dilma ressaltou que Neri, como secretário de Política Agrícola e como produtor, atuou de forma decisiva e com posição de destaque no setor. Dilma ainda citou que o novo ministro esteve presente ativamente na elaboração do Plano Safra Agrícola e no Plano de Armazenagem.

"Deixamos de ser o país do futuro e estes brasileiros que aqui estão hoje são responsáveis por construirmos o Brasil do presente. O povo brasileiro é sábio e percebe muito bem quem está ao lado dele. Asseguro aos senhores que esses ministros que saem e que entram estão ao lado do povo brasileiro", disse a presidente.

Para a petista, a expectativa é que 2014 seja um ano de boas realizações para os ministérios. As mudanças nas pastas eram esperadas desde o ano passado. A maioria dos ministros deixou o governo para disputar as eleições.

Crise

As entidades representativas de pesca e agricultura reclamam da troca sucessiva de ministros nas pastas em questão, que foram as que mais sofreram mudanças. No caso da posse de hoje, Neri Geller e Eduardo Lopes foram os quartos empossados desde que a presidente assumiu em 2011. Para eles, as frequentes trocas têm efeito negativo porque geram instabilidade, descontinuidade administrativa, interrupção de programas e alteração das diretrizes para o setor.  

As mudanças acontecem ainda em meio a uma crise da base aliada na Câmara com o Planalto, especialmente com o PMDB de Neri que cobra mais espaço. Apesar disso, Dilma não mandou nenhum recado. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

IFMT e novo laboratório pra testagem

deiver 400 curtinha   Numa iniciativa inédita, o Campus do IFMT Cuiabá - Bela Vista, sob o diretor-geral Deiver Alessandro Teixeira (foto), terá um novo laboratório a ser utilizado para análise sorológica da Covid-19, através da pesquisa de IgG e IgM. A obra, orçada em R$ 1 milhão,...

Comitê chama órgãos fiscalizadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Para colocar fim às críticas sobre suposta falta de transparência na aplicação dos recursos transferidos a Cuiabá pelo governo federal com vistas ao enfrentamento à pandemia, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) determinou que seu secretário de Saúde, Luiz...

PT sob risco de não eleger ninguém

marcos viana 400 curtinha   Mesmo tendo cabeça de chapa para prefeito, no caso o ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva, o PT dificilmente elege um vereador em Cuiabá no pleito deste ano. A chapa de pré-candidatos proporcionais é fraquíssima. O "grande" nome do partido é da professora Edna...

Único da família Oliveira pra vereador

luluca 400 curtinha   Na queda-de-braço entre irmãos, venceu, por enquanto, Luiz Arthur Oliveira Ribeiro, o Luluca (foto), que será candidato a vereador pelo MDB em Cuiabá, carregando o espólio político da família Oliveira. Irmão de Luluca, o ex-vereador Leonardo Oliveira, que procurou e...

2 nomes do DEM avaliam desistência

ivan evangelista 400 curtinha   A chapa de pré-candidatos do DEM a vereador pela Capital corre risco de sofrer duas baixas consideráveis. Os ex-vereadores Ivan Evangelista (foto), que atuou na Câmara por 13 anos, e Leonardo Oliveira, por dois mandatos, podem vir a desistir do teste das urnas. Mas, por enqanto, ambos garantem...

Sexto suplente na Câmara por um mês

aluizio leite 400 curtinha   Aluízio Leite (foto), filiado histórico do PV, tomou posse como vereador pela Capital na último dia 2. Mas vai ficar na cadeira por somente 31 dias, até o retorno do titular, delegado Marcos Veloso, que se afastou para cuidar de assuntos pessoais e hoje se encontra hospitalizado com...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.