Executivo

Segunda-Feira, 17 de Março de 2014, 10h:50 | Atualizado: 17/03/2014, 12h:03

Em posse, Dilma destaca atuação de Neri e diz que país baterá recorde

Na cerimônia de posse dos novos ministros, que durou menos de 1h, a presidente Dilma Rousseff (PT) disse acreditar que o mato-grossense Neri Geller (PMDB), que assumiu a Agricultura, vai levar o Brasil a alcançar novos recordes do setor. Ela fez questão de destacar que Neri conhece profundamente o cenário do país, principalmente o do Centro-Oeste. O peemedebista já vinha atuando na equipe de Dilma como secretário executivo de Política Agrícola e ele substitui Antônio Andrade (PMDB-MG), que deve disputar vaga na Câmara Federal.

Além de Neri Geller, outros cinco ministros foram empossados: Gilberto Occhi, de Cidades; Clélio Campolina, de Ciência e Tecnologia; Miguel Rosseto, de Desenvolvimento Agrário; Eduardo Lopes, de Pesca; e Vinicius Lages, de Turismo.

Ainda em seu discurso, Dilma ressaltou que Neri, como secretário de Política Agrícola e como produtor, atuou de forma decisiva e com posição de destaque no setor. Dilma ainda citou que o novo ministro esteve presente ativamente na elaboração do Plano Safra Agrícola e no Plano de Armazenagem.

"Deixamos de ser o país do futuro e estes brasileiros que aqui estão hoje são responsáveis por construirmos o Brasil do presente. O povo brasileiro é sábio e percebe muito bem quem está ao lado dele. Asseguro aos senhores que esses ministros que saem e que entram estão ao lado do povo brasileiro", disse a presidente.

Para a petista, a expectativa é que 2014 seja um ano de boas realizações para os ministérios. As mudanças nas pastas eram esperadas desde o ano passado. A maioria dos ministros deixou o governo para disputar as eleições.

Crise

As entidades representativas de pesca e agricultura reclamam da troca sucessiva de ministros nas pastas em questão, que foram as que mais sofreram mudanças. No caso da posse de hoje, Neri Geller e Eduardo Lopes foram os quartos empossados desde que a presidente assumiu em 2011. Para eles, as frequentes trocas têm efeito negativo porque geram instabilidade, descontinuidade administrativa, interrupção de programas e alteração das diretrizes para o setor.  

As mudanças acontecem ainda em meio a uma crise da base aliada na Câmara com o Planalto, especialmente com o PMDB de Neri que cobra mais espaço. Apesar disso, Dilma não mandou nenhum recado. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Partidos com 2 ou mais pré ao Senado

margareth buzetti 400 curtinha   Dirigentes partidários estão passando apurado, nesta fase de pré-campanha, para conduzir o processo de escolha de candidatura ao Senado para a vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. Mesmo sabendo que as chances são remotíssimas de êxito nas urnas, alguns...

Muitos cuiabanos votam em Chapada

thelma de oliveira 400 curtinha   A ex-deputada federal Thelma de Oliveira (PSDB), que em 2016 transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para Chapada dos Guimaráes, já está trabalhando nos bastidores o projeto de reeleição. E, agindo nos bastidores e de forma estratégica, ela conseguiu um...

Câmara cassará 4º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o quarto vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.