Executivo

Segunda-Feira, 26 de Maio de 2014, 17h:03 | Atualizado: 26/05/2014, 19h:50

Ararath

Em reunião, Silval pede a secretários empenho para não ficar pendências

 

Dinalte Oliveira

Silval - arma

No último dia 20,  Silval foi preso em flagrante por posse irregular de arma 

O  governador Silval Barbosa (PMDB) reuniu os 25 secretários de Estado, na manhã de hoje (26), para dar satisfações sobre o vexame do último dia 20, quando a Polícia Federal deflagrou a 5ª etapa da Operação Ararath.   Aos integrantes do 1º escalão, explicou as circunstâncias em acabou preso em flagrante por posse irregular de arma de fogo,  entretanto, negou qualquer envolvimento no esquema de lavagem de dinheiro e crimes financeiros delatado por Júnior Mendonça.

Alegando que o inquérito tramita em segredo de justiça, Silval evitou entrar em detalhes sobre o que ocorreu durante as buscas executadas na sua residência e no gabinete.  O peemedebista disse apenas  que a pistola calibre 380 encontrada no apartamento situado no Jardim das Américas é legalizada e estava com o licenciamento vencido, o que acarretou  o flagrante.

Silval  também confirmou ao  secretariado que pagou a fiança de R$ 100 mil - equivalente a 138 salários mínimos -  para ser liberado pelo delegado da Polícia Federal que lavrou o auto de prisão em flagrante.    No encerramento do encontro, que durou cerca de duas horas, ainda  pediu que os membros da equipe sejam discretos e evitem comentar o assunto.

 O chefe da Casa Civil Pedro Nadaf afirma que o Silval fez questão de ressaltar que o episódio da Operação Ararath é de ordem pessoal e em nada afeta a administração estadual. “O governador pediu para os secretários não se preocuparem com essa questão e seguirem cuidando dos assuntos prioritários de cada pasta”, revelou.

Em relação à  gestão, Silval cobrou do secretariado celeridade no cumprimento de metas e que observem a legislação, com atenção especial a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que determina o pagamento dos restos e veda reajustes ao funcionalismo. Além disso, afirmou que não quer a máquina parada mesmo durante a Copa para entregar o maior número possível de obras até o final do mandato.   

Esquema

 A Operação Ararath investiga suposto esquema de lavagem de dinheiro e crimes financeiros operado por Júnior Mendonça por intermédio do ex-secretário de Estado Eder Moraes, preso no Complexo da Papuda, em Brasília. Além de Silval, as investigações ainda envolvem o senador Blairo Maggi (PR), o deputado estadual José Riva (PSD) e diversas lideranças políticas. 

 Autuado por posse ilegal de arma, Silval paga fiança de R$ 100 mil

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • vigilante | Segunda-Feira, 26 de Maio de 2014, 20h04
    2
    1

    vigilante, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • JOÃO | Segunda-Feira, 26 de Maio de 2014, 18h49
    13
    1

    ESSE GOVERNADOR É FRACO MESMO , FOI PRESO POR PORTE ILEGAL DE ARMA, CULPA DE SUA SEGURANÇA QUE DEVERIA ESTAR VERIFICANDO ISSO, POIS GOVERNADOR NÃO TEM TEMPO PRA ISSO, ENTÃO TEM QUE TROCAR TODOS. OUTRA COISA COLOCOU NA SECRETÁRIA DE SEGURANÇA PÚBLICA, POLICIAIS FEDERAIS COM INTUÍTO DE SEGURAREM A BRONCA QUANDO OS ASSUNTOS FOSSEM COM A POLÍCIA FEDERAL , VIMOS QUE DE NADA ADIANTOU ENTÃO TEM QUE TIRAR TAMBÉM OU MELHOR GOVERNADOR SAIA TAMBÉM , MATO GROSSO NÃO PRECISA DE VOCÊ.

  • josé mendes junior | Segunda-Feira, 26 de Maio de 2014, 17h33
    14
    1

    explicar baton na cueca, lesou os cofres públicos e para a coisa ficar amena inventou essa de arma sem porte, vai contar outra Silval, se não quisesse comentários não fazia corrupção.

  • vinicius kerner | Segunda-Feira, 26 de Maio de 2014, 17h30
    15
    1

    Dr. Silval Barbosa se o sr. não quer comentário é simples é só não fazer e nem participar de falcatruas, o sr. merece um vidro de óleo de peroba pra passar na cara.

Dorner vai tentar prefeitura de novo

roberto dorner 400 curtinha   Em Sinop, o empresário e ex-deputado federal por alguns meses Roberto Dorner (foto), que deixou o PSD e aderiu ao Republicanos, está disposto a encarar de novo a disputa a prefeito. Em 2016, ele perdeu para Rosana Martinelli (PR) por uma diferença de 3.388 votos. É possível que ambos...

Um líder sob insatisfação dos colegas

dilmar dal bosco curtinha 400   O líder do governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco (foto), tem enfrentado crítica velada e insatisfação dos colegas, principalmente dos deputados da base. Reclamam que o interlocutor do governador Mauro não move uma palha em defesa da liberação das emendas e, nas...

Jogada do prefeito Francis em Cáceres

paulo donizete 400 curtinha caceres   A sete meses de concluir o mandato, o prefeito cacerense Francis Maris (PSDB) lançou uma jogada estratégica para ver se "cola". Apoia publicamente para prefeito o seu diretor da autarquia Águas do Pantanal, Paulo Donizete (foto), do mesmo partido, inclusive participou da reunião...

Luta por mais leitos de UTI em Sinop

rosana martinelli 400 curtinha   A prefeita de Sinop, cidade pólo do Nortão, Rosana Martinelli (PR), demonstra preocupação com os poucos leitos de UTI do Hospital Regional no município. A unidade atende moradores de mais de 30 municípios da região e só dispõe de 10. Rosana diz esperar...

Priminho Riva deve disputar em Juara

priminho riva 400 curtinha   Dezesseis anos depois de comandar Juara por dois mandatos (1997 a 2004), Priminho Riva (foto) está de volta. Filiado ao PR, ele deve concorrer a prefeito. Político bastante popular e carismático, tende a enfrentar um páreo duro com dois nomes considerados fortes, o do ex-vice e que se tornou...

Contas de prefeita são reprovadas

thelma 400 curtinha   As contas de 2018 da prefeita chapadense Thelma de Oliveira (foto), do segundo ano de mandato, foram reprovadas pelo TCE-MT. Agora, cabe à Câmara Municipal aprová-las ou rejeitá-las. Em seu parecer, o conselheiro interino João Batista apontou 15 irregularidades, sendo 11 delas sobre...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.