Executivo

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 11h:48 | Atualizado: 19/02/2020, 12h:37

NOME NA BOCA DO SAPO

Emanuel reclama e diz que opositor fez "macumba" contra empréstimo dolarizado

Atualizada às 12h29

Rodinei Crescêncio

Emanuel Pinheiro

O prefeito Emanuel Pinheiro, em visita à sede do grupo Rdnews, em dezembro do ano passado; emedebista reclama da atuação da sua oposição

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) voltou a reclamar da atuação dos vereadores de oposição que, segundo ele, torcem para que sua administração dê errado. O emedebista afirma que a torcida pelo “quanto pior, melhor” chegou a motivar um dos seus opositores a “fazer macumba” contra ele.

O “trabalho” contra o prefeito seria para que o Executivo não conseguisse empréstimo perante o CAF (Corporação Andina de Fomento - Banco de Desenvolvimento da América Latina) no valor de 115 milhões de dólares (algo próximo de R$ 495 milhões) para investimentos no município.

“Soube até que um foi visto num centro de macumba. Viram e até pedi para terem fotografado. Viram ele amarrando o meu nome na boca de um sapo, para que esse empréstimo não aconteça. Tenho testemunha disso, mas não vou envolver a pessoa”, disse Emanuel, durante lançamento das obras de ampliação da rede de drenagem de águas pluviais, recapeamento e recomposição asfáltica no bairro Jardim Industriário, na manhã de hoje (19).

Viram ele amarrando o meu nome na boca de um sapo, para que esse empréstimo não aconteça

Emanuel Pinheiro

O prefeito ainda reforçou que a prefeitura mantém interesse em adquirir o empréstimo junto ao CAF, para colocar em prática projetos de obras do Programa Cuiabá 300. A desistência de tal operação de crédito externo chegou a ser confirmada pelo secretário Zito Adrien (Planejamento), mas foi rebatida por Emanuel.

O prefeito explica que desde outubro de 2017 iniciou as tratativas para aquisição do empréstimo internacional, que será um legado que pretende deixar para os próximos gestores. “Cuiabá, somente com a Fonte 100 (recursos próprios) não irá conseguir suprir as demandas de uma cidade que cresce exponencialmente e você precisa buscar linhas de crédito”.

Cuiabá já conseguiu junto ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica e está avançado junto ao CAF. O Palácio Alencastro Já recebeu o sinal verde e, hoje, o pedido encontra-se em análise pela Secretaria Nacional do Tesouro, que só avaliza quem comprova capacidade de endividamento, que mantém equilíbrio em sua gestão.

Leia íntegra da nota da Prefeitura sobre empréstimo:

"A Prefeitura de Cuiabá esclarece que NÃO desistiu do empréstimo perante o CAF (Corporação Andina de Fomento - Banco de Desenvolvimento da América Latina) no valor de 115 milhões de dólares para investimentos de melhoria na qualidade de vida da população cuiabana;

O Executivo Municipal, em razão dos excelentes indicadores de gestão e equilíbrio fiscal, obteve também o aval para obtenção de recursos perante a outras instituições financeiras (Banco do Brasil e Caixa Econômica);

Necessário reiterar que a aquisição desses recursos não inviabiliza ou representa a desistência do empréstimo junto ao CAF. Pelo contrário, os valores são aguardados para efetivação de obras de grande porte na Capital;

Ciente dos rigorosos trâmites burocráticos para anuência do empréstimo perante ao CAF e mediante respaldo legal, a Prefeitura de Cuiabá optou pela realocação dos recursos já viabilizados pelo Banco do Brasil e Caixa, que ofertaram carência, prazo elástico para o pagamento de parcelas, além de boa taxa de juros.

A medida foi adotada considerando garantir agilidade para execução de obras de mobilidade urbana, como o Contorno Leste e os viadutos;

A política de ajuste fiscal implementada pela gestão Emanuel Pinheiro, a capacidade de endividamento e responsabilidade na gestão dos recursos, são fatores preponderantes para anuência de empréstimos;

O prefeito Emanuel Pinheiro explica que desde outubro de 2017 iniciou as tratativas para aquisição do empréstimo internacional. “É um legado que eu quero deixar para os próximos gestores. Cuiabá, somente com a Fonte 100 (recursos próprios) não irá conseguir suprir as demandas de uma cidade que cresce exponencialmente e você precisa buscar linhas de crédito. Cuiabá já conseguiu junto ao BB e à Caixa e está avançado junto ao CAF. Já recebemos o sinal verde e, hoje, o pedido encontra-se em análise pela Secretaria Nacional do Tesouro, que só avaliza quem comprova capacidade de endividamento, que mantém equilíbrio em sua gestão, mas ainda temos um longo caminho a percorrer”, finaliza."

Às 12h29 - Infeliz comentário

Por meio de nota, Emanuel afirma ter sido infeliz ao fazer esse comentário. Reforça que respeita todas as religiões e que ao falar a palavra “macumba” na forma figurativa, não afirmou em se tratar de nenhuma religião específica, e sim de uma possível intenção de prejudicar a gestão. Até porque, como é de conhecimento geral, a chamada “macumba” não possui vínculo com nenhuma religião

Por fim, afirma que comentou algo que vieram lhe relatar, "mas que em nenhum momento isso passou a ser relevante dentro da meta de fazer de Cuiabá uma Capital mais humanizada e com qualidade de vida para a população".

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • TANOSAL | Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020, 09h09
    0
    0

    Torcendo para que a sua gestão de errada? Já deu!

  • Rosi | Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 18h26
    1
    0

    Thales Marinho: kkkkkkkk disse tudo e disse bemmm!!!! Monocelha pensa que a gente esqueceu né não????

  • Benedita da Silva | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 22h40
    2
    0

    Cuidado prefeito, não se refira assim a religiosidade alheia. Se sabe quem foi, diga, quem acusa tem que provar. Coitado, do sapo, não merecia.

  • THALES MARINO | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 15h07
    4
    0

    "Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee Silvio!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! "Vai colocar ar condicionado nas escolas. Tem escola que as salas parece um microondas, as crianças ficam derretendo, enquanto isso, vc , o prefeito do Paletó R$$$$$$$$$$$$$$$$$, fica de mimimimi com a oposição e com intolerância e pré-conceito religioso. Só sabe fazer praça, velha política do pão e circo. Educação é a chave da mudança. E as crianças derretem nas salas quentes da capital. "Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee Silvio" Só sendo muito burro para esquecer do "Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee Silvio" e votar nele novamente, pra qualquer cargo político. Nunca fui, jamais serei da esquerda e nem petista, mas nem o Lula tem um vídeo desse, o vídeo do " Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee Silvio " E vc, já esqueceu do Paletó ?

  • MOSSUETO | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 14h49
    3
    0

    KKKKKKKK, o cara até parece um cidadão normal, mas o seu linguajar não parece de um prefeito de uma capital.

  • bom senso | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 14h49
    4
    0

    Quem não acredita em Deus tem medo de macumba.

  • silas andrade barreto | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 14h47
    2
    0

    quer dizer que o prefeito esta querendo fazer emprestimo pro proximo prefeito pagar,assim ate eu quero !!!

  • Carlos Eduardo | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 14h10
    2
    0

    acredito que no site tem jornalistas competentes para fazer uma matéria melhor que essa.

  • IGHOR BEZERRA | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 12h07
    6
    1

    olha o nivel do prefeito da capital...

Contrato para tocar eventos do TCE

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Guilherme Maluf, fechou um contrato anual com a Infortouch Agência e Comunicação, Eventos e Produtos Alimentícios, aproveitando ata de registro de preços  do Tribunal de Justiça de MT, com adesão-carona num processo de 2019. A empresa vai faturar R$ 376,9 mil para atender demandas do TCE em toda logística de eventos, envolvendo as etapas de planejamento,...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.