Executivo

Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019, 17h:32 | Atualizado: 19/07/2019, 17h:42

ESCOLHIDO DO AGRO

Escolhido para Funai chefiou PF em Barra do Garças e assessorou Leitão em CPI

Reprodução

Marcelo Augusto Xavier da Silva

Ao centro da foto, o delegado Marcelo Augusto Xavier, que atuou em Barra do Garças, e foi escolhido de Bolsonaro

 O presidente da República  Jair Bolsonaro  (PSL) nomeou nesta sexta (19)  o delegado da Polícia Federal (PF) Marcelo Augusto Xavier da Silva como presidente da Fundação Nacional do Índio ( Funai ). Ele atuou em Barra do Garças até 2017, quando se licenciou justamente para assessorar a CPI da Funai II, que aprovou relatório elaborado pelo ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB).

No período que comandou a PF em Barra do Garças, Marcelo Augusto acompanhou a desinstrusão de Suiá Missú, em Alto Boa Vista, no Araguaia. A experiência o credenciou para assessorar a CPI da Funai II.

O relatório de Leitão  pediu o indiciamento de 96 pessoas por supostos crimes praticados em processos de demarcação de terras indígenas, remanescentes de quilombos e em assentamentos da reforma agrária. Os pedidos foram  encaminhados para análise do Ministério Público e da Polícia Federal.

 O delegado é ligado aos ruralistas; a favor da exploração de mineração em terras indígenas. Também  já atuou contra grupos de índios quando foi ouvidor da Funai.

 Além disso,  exerceu o cargo de assessor especial de um dos principais ministros de Michel Temer (MDB), Carlos Marun (MDB-MS), e já passou pelo Governo Bolsonaro, como assessor do secretário especial de Assuntos Fundiários  Luiz Nabhan Garcia, que é presidente licenciado da União Democrática Ruralista (UDR).

O cargo de presidente da Funai  estava vago desde a demissão do general da reserva do Exército Franklimberg Ribeiro de Freitas, em junho, por pressão da bancada ruralista. A nomeação do delegado  ocorreu mesmo com a forte oposição existente dentro da Funai, por parte do corpo técnico do órgão. O ato foi assinado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e publicado na edição desta sexta do Diário Oficial da União.

 A Funai voltou para a aba do Ministério da Justiça, de Sergio Moro, por decisão do Congresso. O órgão segue responsável por processos de demarcação de terras indígenas, por decisão do Supremo Tribunal Federal  (STF) (Com informações de O Globo).  

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Morre presidente do Grupo Barralcool

petroni barralcool curtinha 400   Morreu neste sábado, em Cuiabá, aos 88 anos, o diretor-presidente do Grupo Barralcool, João Nicolau Petroni (foto). Ele foi um dos pioneiros no setor sucroenergético do Estado e o primeiro presidente do Sindicado das Indústrias Sucroalcooleiras de MT (Sindalcool). Era...

Abracrim cita arbitrariedade na SESP

michelle marrie abracrim curtinha 400   Michelle Marrie (foto), presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Estado, contesta a nota em Curtinhas entitulada "Secretário, Abracrim e saia-justa", sobre o fato de uma advogada ter se infiltrado na coletiva à imprensa concedida pelo...

Governo monitora crise na segurança

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro monitora de perto a crise instaurada no setor de segurança devido à operação desencadeada na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, para acabar com regalias de presos "da pesada", que comandam o crime organizado de dentro das celas. Houve...

Faissal se licencia e Oscar assume vaga

oscar_curtinha_400   O deputado estadual de primeiro mandato Faissal Calil (PV), a partir de quarta (21), vai se licenciar por 4 meses. Assim, dará lugar para o retorno do ex-deputado Oscar Bezerra (foto), que disputou à reeleição no ano passado, sem sucesso. Oscar, que tem base eleitoral em Juara, teve 11.827 votos e...

Fora do Podemos e dando pitacos

marcelo_curtinha   O presidente do Podemos-MT, José Medeiros, se diz surpreso com as declarações do adjunto de Turismo da Capital Marcelo Pires, que se posiciona contra a filiação de Niuan no partido. O absurdo disso é que Marcelo sequer é filiado e muito menos militante. Só participou de uma...

Melhorias refletem no Mutirão Fiscal

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) está empolgado com a intensa procura dos contribuintes para negociação de dívidas municipais e ficou mais animado quando tomou conhecimento dos comentários de muitos, inclusive daqueles menos favorecidos, que estão indo à Arena Pantanal,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.