Executivo

Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 08h:14 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

CHAPADA DOS GUIMARÃES

Estado obtém licença ambiental para a duplicação da MT-251

  Após muita polêmica, o governo conseguiu a licença ambiental necessária para retomar as obras de duplicação do primeiro trecho de 16 km da rodovia MT-251, que liga Cuiabá ao trevo do Manso. A polêmica envolvendo a obra começou depois que o governo iniciou as obras de duplicação da rodovia Emanuel Pinheiro sem qualquer licenciamento e foram embargadas pelo Instituto Chico Mendes (ICMBio) em dezembro do ano passado. A obra é tida como fundamental para a preparação da região para recepcionar os turistas que virão assistir a Copa de 2014.

  Após o anúncio, o governador Silval Barbosa ressaltou que a obra melhorará a trafegabilidade no local, sendo imprescindível já que trata-se de uma cidade turística que sedia diversos eventos como, por exemplo, o Festival de Inverno,  além das belezas naturais que atraem turistas de diversas partes do país. “Finalmente conseguimos a liberação para a duplicação desse trecho. Como a licença já foi concluída podemos da continuidade à obra”, comemorou o governador Silval Barbosa.

  A empreiteira responsável pelos serviços é a Cavalca Construções e Mineração. Para o término das obras serão investidos R$ 17,4 milhões que oriundos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e do Fundo de Desenvolvimento do Estado Mato Grosso (Fundesmat). O segundo trecho, que ainda não possui licença ambiental, passa por dentro do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães. Neste caso, o licenciamento será conduzido pelo Instituto Chico Mendes.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • jose carlos | Terça-Feira, 01 de Junho de 2010, 16h04
    0
    0

    CONFORME MATERIA - DIA 13/04/10 FOI LIBERADO AS LICENÇAS AMBIENTAIS DA OBRA DE DUPLICAÇÃO DA ESTRADA DA CHAPADA, NO ENTANTO, ATÉ O MOMENTO NEM SINAL DE RETOMADA DA OBRA, ALGUEM PODE DIZER O QUE ESTA ACONTECENDO?????

  • Francisco | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 11h20
    0
    0

    Caro Caio, Não é zona de amortecimento que diz o Conama. Vai ler lá. É área circundante, e independe da zona de amortecimento, que é outra coisa. Além do mais, caso não saiba, a própria estrada é uma unidade de conservação e não apenas o parque nacional. e tem outra coisa ainda mais. não é eia/rima, é licencimanto sem eia/rima. vai ler e depois a gente volta a conversar.

  • Ferreira Neto | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 22h36
    0
    0

    Concordo com a Nega Fulô, porque o problema das enchentes no Brasil é por causa de acúmulo de lixo plástico principalmente as Pets (Coca cola é a campeã) bitucas de cigarro etc... Agora eu pergunto qual imprenssa vai divulgar essa verdade e perder bilhões em anúncios? O que a Coca Cola faz para contribuir com a sociedade?NADA, porquê ela paga bem e nós otários bebemos coca, quero ver a turma ambientalista sem FUMAR, BEBER, etc... Então vamos bater duro pela ordem hierárquica e atacar o TUBARÃO das Pets, e não estradas, usinas e etc... que contribuem para o bem estar de todos, ou será que ecologista não usa CONDICIONADOR DE AR, GELADEIRA, para usar tudo isso demanda de grande fornecimento de energia elétrica, claro que eu optaria não pela Eólica (custo alto), e sim por hidrelétrica, hã e por sinal a turma do verde GRITAVA contra usina nuclear nos anos 80, e tirando os doidos Russos em Chernobil, até hoje se mostra eficaz. Por favor senhores, respeitem a ordem natural da natureza, só falta falar agora que o movimento das placas tectônicas entre os continentes é culpa da extração desenfreada do petróleo no mundo, portanto eu respeito a natureza mas sem PAIXÕES E DEVANEIOS.

  • Caio Mello | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 18h37
    0
    0

    Professo de geografia deve nem saber onde e a obra,que e objeto desta Licença,que possui todo o segmento que e de mais ou menos 16 km de extensão,sendo que deste 16, mais de quase 5 antes do trevo da Fundação Bradesco,com sua finalização 700 mtros antes do posto da policia rodoviaria estadual,fora de qualquer area de amortecimento de UC federal,sendo que todo osegmento sera realizado dentro da faixa de dominio da rodovia já existente.Então meu caro professor e o senhor Franscisco antes de realizar qualuer comentario deve-se conhecer o empreendimento e sua extensão,por que antes de qualquer liberação de uma licença ambiental e considerado,todo a legislação ambiental, agora pode ter certeza que quando se adentrar na zona de amortecimento(10 km) do Parque nacional será feito EIA RIMA,bem como anuência de todos os orgãos envolvidos no processo.

  • professor de geografia | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 14h55
    0
    0

    esta nega fulo ou nunca estudou ou é uma baita de uma ignorante, será que ela nunca ouviu falar de que todo o projeto, seja de duplicação ou construção de rodovia precisa de um relatório de impacto ambiental, e que este relatório precisa abraanger todos os aspectos da obra ou do empreendimento, o o progresso é importante mais com respeito ao meio ambiente, e quanto aos acidentes, não tem nada ver com a rodovia, e sim com a imprudência dos motoristas, com a embriaguêz destes mesmos motoristas que pegam na estrada sem condições para dirigir, nêga fulô vai estudar sua ignorante,

  • Carlos Santos | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 14h43
    0
    0

    Como pode ter tantos ignorantes com esse tipo de pensamento nos dias de hoje? São tantos os problemas que o acelerado e desordenado crescimento urbano causa, que hoje em dia achava que as pessoas se preocupavam mais com problemas ligados ao meio ambiente. Mas na verdade as pessoas na sua grande maioria gosta mesmo é de falar e falar, agir e procurar se inteirar dos assuntos que interessam nunca fazem. Essa obra era uma aberração contra todos nós, jamais poderia ter sido iniciada sem as devidas licenças e autorização dos órgão competentes. Se estão fazendo isso aqui, dentro da capital, fico imaginando nos locais mais inóspitos e afastados do Estado. Não é só uma questão de ser ou não ser ecologista, não é isso que tem de ser analisado, mas sim quais seriam os impactos que a duplicação iria causar não só ao meio ambiente, mas nas pessoas que moram em Cuiabá, porque os impactos negativos refletem um dia em nós mesmo. Que diga as tragédias de desmoronamento de encostas, de excesso de esgoto sem tratamento, da poluição das nossas águas, das enchentes cada vez mais constantes, etc... É uma simples obra dessa que é feita sem critérios que ocasiona uma porção de problemas no meio ambiente e depois reflete na sociedade. Usar a inteligência não custa nada, basta apenas se informar e procurar ser racional na hora de falar algo que não é de nosso conhecimento. Mas aos mais afoitos, vamos marcar depois da inauguração da duplicação quanto foi a diminuição no índice de acidente e de óbitos nessa rodovia. Porque pelo que vejo, os ignorantes acham que ela esta sendo duplicada para esse fim e será essa a solução para esse problema, porém o problema de acidentes depende muito mais de nós (motoristas) . Realmente a ignorância é um dos grandes males da humanidade.

  • Francisco | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 14h35
    0
    0

    Maia, já começou errado! Olha a resolução CONAMA 13/1990 e vai ver que vocês precisam de autorização do isntituto chico mendes.

  • Nêga Fulô | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 13h45
    0
    0

    AOS AMBIENTALISTAS DE CARTEIRINHA: Não comam mais churrasco, sob pena de hipocresia e safadeza, pois a carvão é 99 por cento ILEGAL caso contrário um pacote sería 30 reais (de 3 kilos), e aos que comem currasco assado no gás, ele também polui a camada de oxônio liberando toxinas durante o cozimento, além do mais o gado o pasto degradado, o assoreamento dos riachos devido a pisada do gado, o peido do gado polui mais que um carro, etc,,, POR FAVOR NÃO VAMOS SER RADICAIS CASO CONTRÁRIO...NUNCA HAVERÁ FIM. Portanto vamos asfaltar logo essa estrada duplicada, doquê ver centenas de acidentes fatais por causa do CALANGO DA CABEÇA AMARELA, DA FORMIGA ROSA, DO SAPO DE BENGUELA ETC...

  • Ferreira Neto | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 13h35
    0
    0

    Gente o voltamos pro tempo das carroças o que não é nada confortável, ou então convivemos com a modernidade e cuidando do bem ambiente de forma "plausível" em dúvida que prevaleça o pró societá, caso contrário vira ígual o mosquito da dengue, que virou uma praga, porcausa dos ambientalistas que através do MP proibiram o uso de pesticidas "fumacÊ" para não matar outros incetos como marimbondo e abelhas, resultando nessa epidemia que é hoje. Portanto o homem como prioridade, por isso Deus nos deu o racionalismo e aos animais não.

  • Antonio | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 13h16
    0
    0

    Não adianta nada justificar a duplicação no favorecimento do turismo, se a construção destruir várias nascentes e acabar com o ecossistema da região... Deveria ser muito bem esclarecido e explicado esse relatório de impacto aí...

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...

MAIS LIDAS