Executivo

Segunda-Feira, 21 de Abril de 2014, 07h:27 | Atualizado: 21/04/2014, 07h:54

Sedraf

Ex-funcionária garante que não era "fantasma", pois nunca tomou posse

A ex-funcionária da Sedraf Maria Aparecida Medeiros, exonerada após informação de que seria “fantasma” na secretaria, garante que, apesar de ser nomeada na pasta, nunca chegou a tomar posse ou receber salário da instituição, por isso não pode ser classificada como tal.

Em nota, ela afirma ter voltado atrás em assumir o cargo por ter outros afazeres na sua formação em relações humanos. A ex-comissionada condena a imprensa pela veiculação dos fatos dizendo que o intuito é atingir o deputado Sebastião Rezende (PR), responsável por sua indicação ao posto.  Em nota, Maria Aparecida não faz menção a sua denunciante, que foi demitida para que ela entrasse, Nilza Amaral.

Nilza estava revoltada pelo fato de os projetos tocados pela função de coordenadora de Apoio às Políticas de Incentivos aos Jovens e Mulheres Rurais estarem parados, já que a nomeada não aparecia no trabalho. Maria Aparecida, conforme diário oficial, foi admitida em 28 de março e só exonerada na quinta (17), após veiculação do caso na imprensa.

Após denúncia, funcionária indicada por deputado é exonerada da Sedraf

Nota de esclarecimeto

"A fim de restabelecer a verdade, informo que em razão de minha formação profissional na área de relações humanas e experiência para tal função, fui indicada para ser Coordenadora de Apoio  às Políticas de Incentivos aos Jovens e Mulheres Rurais, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), entretanto, embora referida nomeação tenha sido publicada no Diário Oficial, no dia 28 de março de 2014, em razões de outras atribuições declinei do cargo e sequer cheguei a tomar posse, portanto é caluniosa a expressão "funcionária fantasma", não recebi um centavo se quer do erário público, aliás, nem posse tomei.
Sinto-me muito honrada pela confiança a mim depositada em ter sido indicada ao Cargo por um parlamentar como o Deputado Sebastião Rezende de vida pública proba e caráter irrepreensível; percebe-se no conteúdo desta matéria veiculada a nítida intenção de tentar denegrir a imagem de um homem público comprometido com as questões sociais, suas atribuições parlamentares, fazendo o que é justo e honesto.
Esta é a verdade dos fatos. Lamento que este Órgão de Imprensa de forma tendenciosa, não ter tido o cuidado de buscar informações precisas junto à Casa Civil antes de veicular a matéria.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Joel | Terça-Feira, 22 de Abril de 2014, 16h42
    0
    0

    Na Empaer tem um Sr de nome Edmar Gallio -- De santo Antonio de leverger. O RDNEWS já veiculou essa materia com o mesmo... sabe me dizer que fim virou ????

  • Dornele$ | Segunda-Feira, 21 de Abril de 2014, 20h17
    2
    2

    Cristiano de Jesus. "Precisamos preservar e incentivar os políticos sérios e não motivá-los a sair da vida pública" Quem é sério? Esse ai? É só mais um dos anões do Riva e mais nada. Você é uma piada! Rsrsrsr!

  • JOAO PAULO | Segunda-Feira, 21 de Abril de 2014, 16h38
    4
    2

    OLHA O QUADRO DE FUNCIONARIOS SO TEM NOMEAÇAO QSE NAO TEM EFETIVO NAO SABEM NADA NAO FAZEM NADA JA FOI A EPOCA QUE TINHA PROFISSIONAL ALI HJ VC PRECISA DE ALGO LA DA DISCRENÇA NAO FAZEM E AINDA DIZEM MEU DEPUTADO MEU ISSO MEU AQUILO ACORDA MATO GROSSO

  • laura lima | Segunda-Feira, 21 de Abril de 2014, 14h15
    9
    6

    É... se não fosse denunciada,estaria mamando como tantos....

  • joao paulo | Segunda-Feira, 21 de Abril de 2014, 12h59
    9
    0

    O que tem nessa secretaria é fantasma tem fantasma que teve a cara de pau de ir la pedir ferias tem funcionario lotado no indea que recebe de outro orgao sem trabalhar duplicidade nao sei qual o espanto.

  • Cristiano de Jesus | Segunda-Feira, 21 de Abril de 2014, 12h02
    4
    4

    Me parece um tanto preciptado o tratamento dado ao caso. A queixa da indicação fantasma foi feita a menos de 15 dias pós nomeação. Todos a indicada sequer tomou posse, sequer entrou na folha, sequer aceitou o cargo. Onde está a fantasmagorice? Creio ser prudente não prejudicar a honra de um homem sério. Precisamos preservar e incentivar os políticos sérios e não motivá-los a sair da vida pública.

  • joyce pasco | Segunda-Feira, 21 de Abril de 2014, 10h15
    9
    7

    Isso tudo é coisa da ex funcionária apegada ao cargo. Nao consegue sobreviver sem o cargo. merecia ser processada. Vai trabalhar ex funcionária ( Nilza Amaral). Cargo comissionado não é eterno. Vai trabalhar.

  • indignado | Segunda-Feira, 21 de Abril de 2014, 10h14
    3
    1

    Quer entrar para quadro de funcionários de Órgãos Públicos do Município,Estado ou da União, simples... só estudar, mais nada. Pelo menos esse é ou seria o jeito correto e digno, porta da frente. Coisa que não acontece, são tandos apadrinhados políticos somente onerando o erário.

  • Elifas Jose Ribeiro Ribeiro Ribeiro | Segunda-Feira, 21 de Abril de 2014, 09h49
    5
    3

    É.....tão probo que vi umas fotos dele em algum lugar com certa companhia em uma praia do nordeste

  • Candinho | Segunda-Feira, 21 de Abril de 2014, 08h24
    2
    0

    Realmente pixotesco esse caso. Há alguns anos um determinado cidadão começou a frequentar com certa assiduidade uma determinada secretaria aguardando a sua nomeação. Mas, o período de espera foi tanto que o secretário cansado com a cara e as bravatas do dito cujo, mandou nomeá-lo e despedi-lo imediatamente.

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

Binotti, a popularidade e a oposição

luiz binotti 400 curtinha   O grupo político do hoje vice-governador Otaviano Pivetta, que comandou Lucas do Rio Verde por mais de duas décadas, terá dificuldades para reconquistar o comando local no pleito deste ano. O pré-candidato Marino Franz, que foi vice de Pivetta e depois prefeito, será o...

Um mês no Senado e com um projeto

carlos favaro 400 curtinha   Em um mês como senador, Carlos Fávaro (foto), oficialmente com 12 assessores, por enquanto, fez dois pronunciamentos da tribuna, não atua na relatoria de nenhuma propositura e apresentou um projeto, justamente o que pede socorro financeiro a um dos setores do agronegócio, o algodoeiro. Na...

Desagregador luta pra retornar à Ager

fabio calmon 400   Fábio Calmon (foto), que foi adjunto da Sinfra no Governo Taques e depois nomeado presidente da Ager-MT, não desiste da Agência, mesmo sabendo que ali se tornou uma pessoa non grata por uma série de situações. Foi carimbado de incompetente, burocrata, arrogante e desagregador. O governador...

Oportunismo e na defesa de Bolsonaro

niuan ribeiro curtinha 400   Niuan Ribeiro (foto), presidente do Podemos em MT, agora virou defensor do Governo Bolsonaro. Eis o que o vice-prefeito de Cuiabá escreveu no Instagram, em postagem acompanhada de sua foto, sobre o conteúdo da reunião ministerial de 22 de abril que expôs várias faces do governo. "Apesar...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.