Executivo

Quinta-Feira, 25 de Abril de 2019, 11h:20 | Atualizado: 25/04/2019, 11h:31

Ajuste Fiscal ou Desgoverno

Ex-governador critica pires na mão e pede equilíbrio entre as despesas e as receitas

Rodinei Crescêncio

Ex-governador do Espírito Santo Paulo Hartung

Ex-governador do Espírito Santo Paulo Hartung deu detalhes sobre como recuperou as finanças do Espírito Santo

Para o ex-governador do Espírito Santo Paulo Hartung (ex-MDB), a solução para o reequilíbrio fiscal não é ir de pires na mão buscar recursos em Brasília (DF), pois, com a atual situação de desorganização do Governo Federal, é “perigoso voltar de lá até sem o pires”.

A solução, segundo o político, que já foi senador, deputado estadual, federal e governador por três vezes, é cumprir a “regra de ouro” da administração pública, que é manter as despesas dentro das receitas.

Hartung participa do Seminário Ajuste Fiscal ou Desgoverno, organizado pelo Tribunal de Contas, que é realizado hoje, em Cuiabá.  Conhecido por ter reequilibrado as contas do Espírito Santo, Hartung explica que tomou muitas medidas para conquistar o que o governador Mauro Mendes (DEM) tenta fazer em Mato Grosso.

“ A máxima é colocar a despesa do Estado dentro da receita, se não tem deficit, desorganiza as contas, desorganiza os serviços que são essenciais para a população, como educação, saúde, segurança pública, é história de muitas unidades do Brasil nos últimos anos. Eu sou otimista, tem jeito e sem aumentar impostos, porque foi isso o que o país fez praticamente da década de 90 para cá. Tem que fazer isso diminuindo despesas”, aponta o ex-governador.

Na avaliação de Mauro, o esforço para o reequilíbrio fiscal deve ser coletivo, o que inclui municípios, Governo, Poderes e órgãos independentes. “O esforço coletivo a partir de ações individuais pode ajudar muito. Há de se ter engajamento dos municípios, governo e dos poderes, e todos juntos haveremos de construir uma realidade melhor”.

Rodinei Crescêncio

Autoridades na abertura do Seminário Ajuste Fiscal ou Desgoverno

Autoridades na abertura do Seminário Ajuste Fiscal ou Desgoverno nesta quinta. No dispositivo estão Alisson, Paulo, Mauro, Domingos, Max e Moisés

Para o presidente do TCE, Domingos Neto, o Estado vive um momento como se estivesse correndo atrás de assuntos que deixou de cumprir. “E agora somos cobrados pela sociedade, que sente os reflexos. Os desafios se mostram grandiosos quando nos deparamos com a escassez de recursos. As áreas prioritárias não tiveram os investimentos que acompanharam o ritmo do crescimento populacional. Abandonaram o foco do planejamento”.

Domingos disse ainda que é hora de pensar no futuro e não só no agora. “Nossa tarefa tem que ser feita primeiro em casa. Boa parte das soluções dos problemas não é em Brasília e sim no esforço para trazer em nosso quadro as despesas dentro das receitas”, pontuou.

Galeria: Seminário no TCE

Para o secretário de Fazenda (Sefaz), Rogério Gallo, entre as ações do governo para garantir o equilíbrio fiscal está a criação da Lei de Responsabilidade Fiscal Estadual (LRFE), que faz parte do pacote de medidas conhecido por Pacto por Mato Grosso, e que visa retomar o saldo positivo nas contas do Estado nos próximos anos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

DEM foca projeto pra eleger vereador

beto 2 a 1 400 curtinha   O secretário de Governo do Estado, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), fez uma leitura racional sobre o que representa o DEM na Capital. Novo presidente do diretório municipal, ele está ser articulando para formar uma chapa forte de candidatos a vereador, inclusive tenta atrair lideranças de...

Morre o diretor do SAAE de Chapada

arison albernaz 400 curtinha chapada   Morreu nesta segunda, em acidente automobilístico, o diretor-geral do Sistema de Água e Esgosto de Chapada dos Guimarães (SAAE), Aryson Augusto Adriano Albernaz (foto), de 27 anos. Ele dirigia o veículo Golf, de cor prata, pela recém-asfaltada MT-020, que liga o...

Fabio diz vencer "homem do paletó"

fabio garcia 400 curtinha   Na reunião do DEM na 5ª, no gabinete do presidente da AL, Eduardo Botelho, com presença de oito integrantes da cúpula (Jayme, Júlio, Botelho, Fabinho, João Celestino, Beto, Cesar Miranda e Domingos Sávio), Fábio Garcia (foto), que provocou a maior crise ao mudar...

Morre presidente do Grupo Barralcool

petroni barralcool curtinha 400   Morreu neste sábado, em Cuiabá, aos 88 anos, o diretor-presidente do Grupo Barralcool, João Nicolau Petroni (foto). Ele foi um dos pioneiros no setor sucroenergético do Estado e o primeiro presidente do Sindicado das Indústrias Sucroalcooleiras de MT (Sindalcool). Era...

Abracrim cita arbitrariedade na SESP

michelle marrie abracrim curtinha 400   Michelle Marrie (foto), presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Estado, contesta a nota em Curtinhas entitulada "Secretário, Abracrim e saia-justa", sobre o fato de uma advogada ter se infiltrado na coletiva à imprensa concedida pelo...

Governo monitora crise na segurança

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro monitora de perto a crise instaurada no setor de segurança devido à operação desencadeada na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, para acabar com regalias de presos "da pesada", que comandam o crime organizado de dentro das celas. Houve...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.