Executivo

Terça-Feira, 01 de Abril de 2014, 16h:00 | Atualizado: 04/04/2014, 11h:22

Justiça

Ex-secretários de Saúde têm prisão preventiva decretada - confira a lista

.

despacho_juiz_caceres

Em despacho, juiz destaca a importância da realização de perícias e aprofundamento da apuração

Na lista de 30 prisões preventivas decretadas pelo juiz federal Mauro Patini, da 1ª Vara de Cáceres, estão os nomes de dois ex-secretários de Saúde do município: Luiz Laudo Paz Landim e Arlene Janissara de Oliveira Alcântara. O caso corre sob segredo de Justiça, mas o Rdnews obteve o teor do despacho.

Além deles, também figura na lista o atual secretário de Finanças, Odiner Gonçalves de Sá.

Já a secretária de Administração Célia Regina Egues foi encaminhada para prestar esclarecimentos, isto é, em condução coercitiva.

 

.

quadro_retificado

Relação das pessoas que tiveram o pedido de prisão preventiva e/ou temporária decretada pela Justiça

De acordo com os delegados Adriano Rodrigues Junqueira e Leonardo de Souza Caetano Machado, as firmas vendiam medicamentos para a Prefeitura de Cáceres sem licitação prévia e com preços superfaturados. Em um segundo momento, a fim de dar aparência de legalidade ao processo, era simulado um certame no qual as responsáveis pela venda de remédios já haviam feito acordo. O caso passou a ser investigado após denúncia do prefeito Francis Maris (PMDB) e teriam ocorrido durante o mandato de Túlio Fontes (PSB) ouvido hoje pela Polícia Federal como testemunha.As prisões são resultado da Operação Fidare, deflagrada pela Polícia Federal nesta terça (1º) para desmantelar um esquema no âmbito da Prefeitura de Cáceres que fraudava três programas do Ministério da Saúde. Informações dão conta de que até o início da tarde 30 detenções, entre preventivas e temporárias, haviam sido cumpridas.

Quebra de sigilo

Ao deferir a quebra de sigilo de alguns dos investigados, acusados de participação no esquema, o magistrado destacou que “resta evidente a aplicação do princípio da supremacia do interesse público em prevalência à garantia constitucional à privacidade. A quebra de sigilo telefônico pretendida nestes autos, considerando que a realização de perícia aos dispositivos apreendidos permitirá o aprofundamento das investigações", diz trecho da decisão.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Vitória | Quinta-Feira, 03 de Abril de 2014, 07h55
    0
    0

    Ficam julgando os que estão lá e acabam deixando os que estão aqui atualmente, nossas ruas esta uma calamidade, parece uma tábua de PIRULITO, Pronto Socorro não tem medicamento o CTA mandaram o médico embora, o Capsi esta sem funcionar, cadê o povo de Cáceres que não vem reivindicar por uma melhora nas unidades...

  • Jonas Braz | Quarta-Feira, 02 de Abril de 2014, 13h50
    1
    0

    Com certeza as prisões decretadas de 30 servidores e ex-servidores, no imenso universo de agentes públicos municipais de Cáceres, não foi infundada. As investigações estão em curso a mais de 2 anos. Aquele que não tem a consciência de que a transgressão no serviço público se dá pela ação ou omissão, não deve se aventurar nessa seara. Em outras palavras, aquele que fica vendo o barco afundar, e faz vista grossa e não toma providência, afunda junto com os tripulantes do barco. Servidor que não tem isso bem claro na mente, deve pedir prá sair do serviço público.

  • ROSELMA | Quarta-Feira, 02 de Abril de 2014, 09h31
    0
    0

    Minhas solidariedades a Arlene Alcântara,Valdirene, Gilberto,Luciana e Dra Jaqueline, são pessoas integras comprometidas que jamais aceitariam fazer parte de algum esquema. Creio que se ocorreu algo ilegal foi por falta de informação e pra salvar vidas e jamais em beneficio próprio . Tenho certeza que tudo será esclarecido.

  • Lucivania Sousa - Prefeitura Cáceres | Terça-Feira, 01 de Abril de 2014, 19h07
    3
    0

    Minhas solidariedades aos colegas de trabalho, seja lá o q tenha acontecido, pois quem está aqui dentro (Prefeitura) sabe das inúmeras batalhas travadas diariamente em algumas situações em função de nossos cargos (servidores públicos) para que os princípios da administração pública sejam levados à sério, mas nem sempre a justiça é justa. Muito triste.

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.