Executivo

Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 09h:43 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Colniza

Falta de infraestrutura deixa moradores "ilhados", diz Nelci


 Neuci Capitani (DEM) diz que violência está concentrada na zona rural onde há conflitos nos garimpos e assentamentos
Fotos: Patrícia Sanches
 

    Com 4 mil quilômetros de estradas, sendo apenas 200 quilômetros sob a tutela do Estado e o restante vicinais, Colniza (a 1.191 km de Cuiabá) sofre com a falta de estrutura nas estradas. Algumas comunidades rurais permanecem isoladas do centro urbano, principalmente neste período chuvoso. Segundo a prefeita, Neuci Capitaní (DEM), como a extensão territorial é muito grande, é difícil manter as estradas em bom estado de conservação. “Agora, com a entrega dessas máquinas pelo governo, esperamos ter mais condições de melhorar as nossas vicinais”, planeja Neuci. Outra peculiaridade do município está no fato da maioria dos 31,7 mil habitantes não residirem no centro urbano. Cerca de 60% da população está nos seis assentamentos, sítios, fazendas, garimpos e comunidades rurais e distritos. “Existem comunidades que estão a 200 km, 400 km, aí fica complicado”, pondera a prefeita.

  Em 2008, Neuci, que foi a primeira prefeita da cidade em 2001 e retornou ao cargo em 2009 após ter mais de seis mil votos, administrou um orçamento de R$ 33 milhões e pagou inúmeras dívidas deixadas por seu antecessor Sérgio Bastos dos Santos, o Serjão. “Peguei um município endividado e desorganizado e achei que não ia conseguir colocar a casa em ordem”, reclama a democrata. Apesar disso, ela garante que conseguiu pagar as dívidas de telefone, energia elétrica, INSS e que manteve os salários dos cerca de 1,1 mil funcionários em dia. Em 2009 ela gastou R$ 15,5 milhões com folha de pagamento, atingindo um percentual de 47% com folha de pagamento. Para 2010 há expectativa que a arrecadação chegue a R$ 37 milhões.

   As maiores fontes de renda da cidade vêm do FPM, ICMS, das madeireiras e laticínios. Essencialmente agrícola, a economia do município tem como principal cultura a plantação de café e hoje há um aumento na criação de gado leiteiro. “A agricultura familiar é muito forte”, conta a democrata. São 31,7 mil habitantes, segundo dados do IBGE.

  Colniza carrega consigo o estereótipo de ser um município violento. Neuci reconhece o problema, mas disse dentro do centro urbano a situação é tranquila, enquanto que na zona rural há muitos conflitos rurais e brigas nos garimpos. “No geral não é um município violento, senão uma mulher não teria conseguido ser prefeita duas vezes”, brinca. Hoje existem 18 policiais militares e 4 civis no município, com 3 viaturas. “O problema é que os maiores conflitos estão em regiões de difícil acesso até para a polícia”, pondera.

  A cidade de Coniza é nova. Foi emancipada em 2001. Antes era distrito de Aripuanã. O município enfrenta sérios problemas de infraestrutura, já que apenas 5% das ruas são asfaltadas. “Neste ano pretendo investir mais em pavimentação asfáltica e no nosso hospital, que está em uma situação precária”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Rosana reassume Sinop na quinta

gilson de oliveira 400 curtinha sinop   Pela segunda vez, o apresentador de TV Gilson de Oliveira (foto), do MDB, comanda temporariamente Sinop, a chamada capital do Nortão. A prefeita e empresária Rosana Martinelli saiu de licença não remunerada por 12 dias para cuidar de assuntos pessoais. Viajou aos Estados Unidos....

Vereador induzindo as pessoas ao erro

diego guimaraes curtinha 400   O vereador oposicionista pela Capital Diego Guimarães (foto), do PP, está induzindo a erro às pessoas. Mesmo o prefeito Emanuel já tenho anunciado que vetará a proposta da Câmara Municipal de aumentar o seu próprio salário, uma forma de criar o efeito cascata e...

Quitados atrasados da gestão Taques

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes comemora o fato de estar fechando os 10 primeiros meses de mandato já tendo conseguido, mesmo sob crise financeira e uma série de medidas austeras para equilibrar as contas públicas, regularizar todos os pagamentos aos municípios de 2018 empurrados para sua...

Tangará, os indecisos e PSL com Caio

caio 400 tangara da serra curtinha   Em Tangará da Serra, até agora ninguém sabe para onde vão alguns partidos, como PTB, PL (ex-PR), Pros e DC. Há uma chance de que estes, que outrora foram importantes na cidade, nem lancem candidatos a vereador, principalmente porque não possuem nomes suficientes para...

Tangará da Serra com 3 na pré-disputa

reck junior 400 curtinha   Faltando um ano para a escolha do próximo prefeito, Tangará da Serra já sabe praticamente quem serão as opções nas urnas: Wesley Torres (MDB), Reck Júnior (foto), do PSD, e Vander Masson (PSDB). Nos bastidores, as discussões concentram-se nas...

Lei veta atuação de ambulante de fora

marcia alto paraguai curtinha 400   Em Alto Paraguai, a Câmara Municipal, sob Márcia Leite de Oliveira (foto), promulgou uma proposição que está provocando polêmica. Proíbe vendedor ambulante "de fora" de comercializar produto ou mercadoria de qualquer natureza na circunscrição do...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.