Executivo

Sexta-Feira, 26 de Novembro de 2010, 16h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:28

MAQUINÁRIO

Ferra analisa pedido feito contra Maggi apenas na próxima semana

Ferra analisará pedido feito contra Maggi na próxima semana

Marcelo Ferra   O procurador-geral Marcelo Ferra deve analisar apenas na próxima semana o pedido dos 5 promotores de defesa do patrimônio público do Estado para que o ex-governador e senador eleito Blairo Maggi (PR) seja investigado no caso da compra do maquinário superfaturado. Ocorre, que além de Ferra estar de férias, ele participa de uma reunião ordinária do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG), que acontece em Canela, no Rio Grande do Sul e, por isso, ainda não tomou conhecimento do requerimento formulado pelos promotores.

   O pedido foi formulado a Ferra porque os promotores não têm autonomia para investigar o senador eleito. Os membros do MP resolveram investigar a conduta de Maggi no processo, que culminou na compra das máquinas, depois que um servidor da secretaria estadual de Administração afirmou que Maggi teria determinado que a compra ocorresse de maneira apressada. Além disso, um dos fornecedores das máquinas diz ter sido instruído a dar 5% do valor do contrato para subsidiar a campanha do então governador.

  "Os procedimentos licitatórios [...] só seriam passíveis de serem fraudados com a conivência e a participação direta e eficiente da alta cúpula do governo estadual", diz trecho da representação, formulada pelos 5 promotores. O escândalo do maquinário foi o maior da gestão de Blairo Maggi. Uma auditoria, inclusive, chegou a ser feita a mando do próprio republicano e constatou um sobrepreço de R$ 44 milhões.

  O caso é investigado nas áreas cível e criminal, sendo que o promotor Mauro Zaque já propôs duas ações contras os ex-secretários de Administração e Infraestrutura, Geraldo De Vitto e Vilceu Marchetti, respectivamente, por improbidade administrativa. Também foram acionados os empresários que venderam os 705 caminhões e máquinas para o Paiaguás. Já na esfera criminal, o caso está sob a promotora Ana Cristina Bardusco, que analisa os relatórios feitos pela Delegacia Fazendária, que investigou o caso.

Saiba mais sobre o pedido dos promotores aqui

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Nelson | Domingo, 28 de Novembro de 2010, 18h57
    0
    0

    Elvis, só para conhecimento quem indicou o FERRA foi o Blairo, pedido do Novacki. Zé Medeiros, se ele indeferir a investigação, vamos entrar com ação Popular contra ele e, materializar o CRIME DE TRÁFICO DE INFLUENCIA.

  • jose medeiros | Sábado, 27 de Novembro de 2010, 08h26
    0
    0

    Po como um assiduo leitor do RDNEWS eu tenho que merecer pelo menos a analise do comentário e ganhar pelo menos um vetado por conter... sei lá alguma coisa, até o Ferra quando pedi que Blairo fosse investigado, se pronunciou, negativamente mas se pronunciou.

  • ze do povo-Cuiabá | Sábado, 27 de Novembro de 2010, 00h02
    0
    0

    Não tenho procuração do ex-governador e eleito Senador por mais de UM MILHÃO DE VOTOS, Blairo Maggi, OCORRE que é um fenômeno, ele não precisa de propina de niguém para ser eleito a senador, governador seja lá pra que for, deu maoir exemplo de austeridade na administração pública de MT, deixando seu legado ao vice SILVAL que vai ter uma dura missão de fazer ou pelo menos manter o que foi feito por Maggi, esses membros do MP não precisam de pedir permissão pra ninguém pois o ex-governador não tem foro privilegiado somente em janeiro de 2011, tão achando que somos burros vocês querem é barganhar o cargo de procurador geral, pra cima de nós não senhores iluminados seres incorruptíveis.....sem comentários....PARABÉNS MAGGI VAI VOLTAR A SER GOVERNADOR DAQUI 04 ANOS JÁ ESTAMOS COM SAUDADES!!!!

  • Paulinha - Acadêmica de Direito | Sexta-Feira, 26 de Novembro de 2010, 20h27
    0
    0

    Centro Estudantil de Cuiabá não permitirá pizza, vamos pra ruas de Cuiabá manifestar contra essa corrupção escancarada na cara do povo trabalhador de Mato Grosso

  • jose medeiros | Sexta-Feira, 26 de Novembro de 2010, 18h03
    0
    0

    Romilson dessa vez vou lhe antecipar em primeira mão a Decisão do marcelo Ferra. Eu protocolei em setembro um pedido semelhante pedindo que fossem investigados essas pessoas. Ele arquivou o pedido, argumentando que devido ao foato de tais pessoas não serem parte do inquerito que estava em curso ele não iria deferir opedido e arquivou sem mais delongas, "bem fundamentado" assim. inclusive vc deve ter cópia ai, pois lhe enviei todo o teor da petição na época.

  • Klindo | Sexta-Feira, 26 de Novembro de 2010, 17h17
    0
    0

    Olha minha gente vcs. vão acreditar que vai haver investigação neste caso, onde o Procurador foi nomeado pelo Governador e esta lutando p/ permanecer no cargo, que depende do afilhado e atual Governador em assinar sua nomeação que cuja investigação se houve-se e fosse séria poderia colocar muita gente "boa" em maus lençois. Olhe é melhor acreditar que vc. vai receber um presente do Papai Noel, acreditar que realmete ele existe e que o Brasil tem geito e que em 2011 nos não vamos mais ser roubados, feliz 2011 p/ todos

  • Elvis | Sexta-Feira, 26 de Novembro de 2010, 16h28
    0
    0

    Que dilema né FERRA, se você der o parecer favorável a investigação, tchau, e você não será reconduzido ao CHEFE DO MPE. Você depende do Governador para ser reconduzido né, que baixaria!

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...