Executivo

Quinta-Feira, 31 de Janeiro de 2019, 12h:05 | Atualizado: 01/02/2019, 08h:04

MINISTRA POLÊMICA

Filha adotiva da ministra Damares teria sido levada de forma irregular do Xingu

Damares

Ministra Damares se envolve em outra polêmica, agora com a filha indígena, Lulu Kamayurá

A ministra da Mulher, da Família e Direitos Humanos, Damares Alves, mais uma vez está no foco de uma polêmica. Dessa vez envolve sua filha adotiva Kajutiti Lulu Kamayurá, 20 anos, que segundo reportagem especial da revista Época, publicada hoje (31), teria sido levada da aldeia Kamayurá, na reserva nacional do Parque do Xingu, em Mato Grosso, quando ainda tinha apenas 6 anos de idade, cuja adoção não foi formalizada legalmente. A ministra nega que houve irregularidades na adoção de Lulu.

Na reportagem de Natália Portinari e Vinicius Sassine, que Lulu foi criada pela avó paterna, Tanumakaru, que é cega de um olho. Os familiares contam que Damares teria se apresentado à aldeia como missionária e levou Lulu sob a justificativa de que cuidaria de sua saúde bucal. Damares estava acompanhada de Márcia Suziki, considerada amiga da ministra, e que também teria se apresentado como missionária.

As missionárias afirmaram que mandaria a menina de volta nas férias, mas 14 anos depois isso ainda não aconteceu. Segundo a Época, Damares chegou a procurar pela reportagem, quando esta estava no Xingu e disse que estava à disposição para responder às perguntas, mas quando a ministra foi procurada em Brasília, recusou-se a falar com a reportagem, respondendo parcialmente a 14 questionamentos da revista.

“Todos os direitos de Lulu Kamayurá foram observados. Nenhuma lei foi violada. A família biológica dela a visita regularmente. Tios, primos e irmãos que saíram com ela da aldeia residem em Brasília. Todos mantêm uma excelente relação afetiva”, afirmou a ministra à revista Época.

Questionada por que não devolveu Lulu à aldeia após o tratamento dentário, Damares afirmou que a “filha” já retornou à aldeia e que jamais perdeu contato com os parentes biológicos, mas não respondeu o porquê a menina não foi adotada formalmente.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Antonio | Sexta-Feira, 01 de Fevereiro de 2019, 07h34
    0
    1

    O discurso anticorrupção não se sustenta tendo os seguintes ministros envolvidos em falcatruas: General Heleno (Segurança Institucional – fraude licitações), Onyx Lorenzoni (Casa Civil – delatado JBS), Paulo Guedes (Economia – fraudes operação greenfield), Luiz Henrique Mandetta (Saúde – fraude licitação e caixa 2), Tereza Cristina (Agricultura – delatada JBS), Ricardo Salles (Meio Ambiente – condenado), Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos – irregularidades ONG Atini e sequestro da índia LULU), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia – empresa de fachada), Marcelo Álvaro Antonio (Turismo – fraudes INSS e Banco do Brasil). ALÉM DE NOVE ministros comprovadamente envolvidos em irregularidades e ainda TEM o movimento inexplicado de R$ 1,2 milhão do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, A REALIZAÇÃO DE CENTENAS DE DEPÓSITOS EM DINHEIRO NA CONTA DE FLÁVIO BOLSONARO QUE ATÉ PAGOU UM TÍTULO DE R$1 MILHÃO DE REAIS, envolvimento dos Bolsonaros com Milicias de Extermínio (Escritório do Crime), atividades imobiliárias irregulares (venda de R$8 milhões em imóveis), cheque de R$24 mil na conta da primeira dama (Michele Bolsonaro). Por fim a promoção na canetada (nepostismo) do filho do Moura junto ao Banco do Brasil.

  • Paulo | Quinta-Feira, 31 de Janeiro de 2019, 12h55
    2
    0

    Aí depois de 15 anos vem fazer xororo so porque a mulher virou ministra.

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

Candidatíssima à vereadora em Cuiabá

gisele almeida 400 curtinha   A apresentadora de TV, Gisele Almeida (foto), vai mesmo encarar o teste das urnas como candidata à vereadora em Cuiabá. Irmã do ex-vereador, ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE, Sérgio Ricardo, ela não perde tempo nas articulações. Recentemente, recebeu no...

Quebra-cabeça para definir a chapa

eduardo botelho 400 curtinha   Eduardo Botelho (foto) está postergando ao máximo a definição dos nomes de sua chapa ao comando da Mesa Diretora. A eleição já acontece no dia 10, na próxima semana. Como 12 dos 24 deputados brigam por espaço, o presidente da Assembleia sabe que, ao final,...

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

3 fortes para prefeito de Rondonópolis

ze do patio 400 curtinha   Apesar da "inflação" de prefeitáveis em Rondonópolis, com quase 10 se colocando como virtuais candidatos a prefeito, a disputa deve ficar acirrada mesmo entre três. Um deles é Zé do Pátio (foto), do Solidariedade. Vai tentar o terceiro mandato não consecutivo e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.