Executivo

Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 11h:30 | Atualizado: 19/09/2019, 16h:23

No comando de MT

Governador interino diz que FEX depende de sensibilidade: não é o forte de Guedes

O governador em exercício Otaviano Pivetta (PDT), em sua primeira entrevista como titular do cargo transmitido na manhã desta quinta (19), em razão da viagem internacional que Mauro Mendes (DEM) realiza aos Estados Unidos, considerou que os oito dias que ficará à frente do Executivo estadual não serão suficientes para fazer nada “extraordinário ou sensacionalista”.

Christiano Antonucci

Otaviano Pivetta assume governo de MT e Mauro Mendes faz viagem internacional

Otaviano Pivetta assume comando do Estado e Mauro Mendes faz viagem internacional

Pivetta também levantou dúvidas em relação ao recebimento do FEX 2019, conforme foi prometido pelo governo federal em reunião com a bancada federal de Mato Grosso e o governador Mauro Mendes, no final do mês passado.

“Eu sou muito cético com essa relação entre os governos federal com estadual. Os entes federativos estão todos numa situação muito difícil. Não sou crente em discurso de transferência com facilidade. Apesar de tudo isso, eu só acredito vendo. Não existe uma garantia legal. Esse negócio tem várias versões. Vai depender muito da sensibilidade do governo federal, mas isso não é o forte do ministro Paulo Guedes. Só vou acreditar na hora que acontecer”, asseverou, em entrevista coletiva.

Pivetta diz defender o mecanismo da compensação, mas critica o formato como tem acontecido. “Desde que não dependa desse drama, humilhação e incerteza que vivemos todos os anos. Defendo mais do que isso é que o Estado faça o dever de casa, faça o conserto, precisamos corrigir as distorções”, dispara.

Desde 2016 perdeu validade a compensação da Lei Kandir, o FEX, que é repassado a Estados e municípios exportadores que são obrigados a desonerar a exportação de commodities. Anualmente, Mato Grosso tem direito a R$ 400 milhões, enquanto que os municípios dividem R$ 100 milhões. Em 2018, o valor não foi repassado e tem sido declarado perdido. Neste ano, o governo federal só prometeu repassar o FEX no último mês, com previsão de realizar a transferência no final do ano.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Erivaldo | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 13h34
    2
    0

    governo federal passando a perna nos estados.... em especial no mato grosso!

  • renato | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 11h53
    6
    1

    o sujo falando do mal lavado , sensibilidade nunca foi o forte do Piveta

Contas de prefeita são reprovadas

thelma 400 curtinha   As contas de 2018 da prefeita chapadense Thelma de Oliveira (foto), do segundo ano de mandato, foram reprovadas pelo TCE-MT. Agora, cabe à Câmara Municipal aprová-las ou rejeitá-las. Em seu parecer, o conselheiro interino João Batista apontou 15 irregularidades, sendo 11 delas sobre...

Prefeitos têm de trocar apadrinhados

kleber varzea grande 400 curtinha   Com a decisão do TJ-MT de considerar inconstitucional controlador-geral das prefeituras fora dos quadros efetivos de auditor municipal, muitos prefeitos terão de exonerar seus indicados políticos, vindo a escolher profissionais de carreira, assim como já se tornou prática na...

Controlador-geral agora só de carreira

angelo 400 curtinha   Uma decisão desta quinta do TJ, que julgou procedente, inclusive por unanimidade, uma ADIN proposta pela Associação dos Auditores e Controladores Internos do Estado (Audicom), presidida por Angelo Oliveira (foto), acaba, na prática, com os chamados controladores-gerais dos municípios...

Elogio à compra econômica do Estado

janaina riva 400 curtinha   Embora lançando críticas pontuais de vez em quando, a deputada Janaina Riva (foto) tem feito constantes defesa do Governo Mauro e elogiado ações da administração, especialmente na saúde pública. Sobre a decisão do governo de comprar 120 respiradores da China,...

MDB em clima de racha em Tangará

joao jose 400 curtinha   Em Tangará da Serra, o MDB enfrenta racha. O prefeito Fabio Junqueira, com apoio de filiados históricos, quer lançar à sucessão municipal o seu secretário de Infraestrutura e antigo gestor do Serviço de Água e Esgoto, Wesley Lopes Torres, sobrinho do ex-vereador Daniel...

Advogados disputam cadeira no TJ-MT

andre pozetti 400 curtinha   É extensa a lista de advogados que estão se movimentando, nos bastidores, para a cadeira vitalícia de desembargador do Tribunal de Justiça, sob indicação do Quinto Constitucional da OAB/MT. Caberá ao Colégio de Conselheiros da Ordem, composto por 33 advogados,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.