Executivo

Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019, 11h:59 | Atualizado: 13/12/2019, 12h:07

Imbróglio

Governador pede desculpas e adia decisão sobre VLT: já fui no pescoço dos técnicos

O governador Mauro Mendes (DEM) diz que já “foi no pescoço” de seus técnicos para que acelerem os estudos sobre o futuro do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Sem conseguir encerrar o primeiro ano de mandato com uma solução para o modal, que está paralisado desde 2014, conforme havia prometido durante campanha eleitoral, o democrata estabeleceu um novo prazo para tomar uma decisão sobre o tema. Dessa vez, Mauro espera ter um anúncio sobre a retomada ou não das obras  até o final do primeiro semestre de 2020.

Mayke Toscano

Mauro Mendes concede entrevista � R�dio Capital

Mauro Mendes concede entrevista para Rádio Capital

“Realmente eu disse que até um ano eu daria uma solução, peço desculpas porque não foi possível. Existem verbas do Governo Federal. Houve questões no meio do caminho, tivemos que contratar um novo estudo sobre tráfego de passageiros. Não é uma questão que depende de eu acordar inspirado e resolver a situação”, disse Mauro em entrevista à Rádio Capital FM, na manhã desta sexta (13).

Mauro destaca que a questão é complexa porque ainda está judicializada, com três ações que estão em andamento. “Não vamos ficar com mentiraiada. Quero tomar essa decisão no primeiro semestre do ano que vem. Já fui no pescoço dos meus técnicos. Fiquei super irritado”, destacou o governador, que em novembro teve que contratar uma consultoria para fazer novos estudos de viabilidade do VLT, ao custo de R$ 464,3 mil.

O democrata disse ainda não fará como o ex-governador Pedro Taques (PSDB), que chegou a anunciar a retomada do VLT por cinco vezes, mas em nenhuma delas conseguiu cumprir com a promessa.

Apesar das obras paralisadas, o modal vem consumindo o dinheiro público. Durante a gestão tucana, foram pagos R$ 500 milhões em empréstimos feitos por Silval para construir o modal. Nos 10 primeiros meses da gestão Mauro, o Estado já desembolsou R$ 120 milhões com pagamento de financiamentos. Ao todo, a obra do VLT já consumiu R$ 1,6 bilhão.

No estudo de viabilidade, que foi contrato pelo governo para verificar a viabilidade de tráfego de passageiros do VLT, é avaliada a implementação do BRT, sigla em inglês para trânsito rápido de ônibus.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Ernani Camargo | Sábado, 14 de Dezembro de 2019, 19h26
    1
    0

    Facil decisão: se o custo de manutenção (só das composições) é de R$16.000.000,00, em cinco anos já foram R$960.000.000,00 (novecentos e sessenta milhões de reais). Decida pela conclusão que é melhor do que aumentar este custo... Vá sim, no pescoço dos seus assessores "especialistas"! Licite o término da obra. Peça o auxílio das bancadas estadual e federal. Faça alguma coisa, além de adiar.

  • cleber nunes rondon | Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019, 18h32
    3
    0

    o lobi dos que querem o BRT é grande, Muita gente querendo ganhar dinheiro com isso, nao pensando realmente na população que ficaria com um transporte de primeira qualidade com o térmimo do VLT.

  • José Augusto | Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019, 16h03
    3
    0

    Entrega essa obra para o atual prefeito e acaba com essa novela.

Matéria(s) relacionada(s):

Jayme afirma ter 4 opções para VG

jayme campos 400 curtinha   Em meio ao debate otimista sobre pré-candidaturas do DEM nas cidades pólos, em reunião nesta segunda, no Palácio Paiaguás, Jayme Campos (foto) comentou que, em Várzea Grande, onde sua esposa Lucimar está concluindo o segundo mandato, há quatro nomes sob...

DEM agora tem 5 querendo prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   Com o peso de quem comanda hoje em Mato Grosso os dois Poderes políticos, o Executivo e o Legislativo, com Mauro e Botelho, respectivamente, o DEM aposta na conquista não só da Prefeitura da Capital, mas também das outras nove maiores. Dirigentes do partido fizeram espécie de...

Presidente ora por harmonia no TCE

maluf 400 curtinha   Num Tribunal de Contas sob tensão, nada mais aconselhável do que um culto ecumênico para servidores e conselheiros, com participação de padre e pastor, em defesa da harmonia, união e amor no ambiente de trabalho. A ideia partiu do novo presidente Guilherme Maluf (foto), que reuniu...

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

Rei da soja incentiva Fávaro ao Senado

erai maggi 400 curtinha   O ex-vice-governador Carlos Fávaro não mantém o silêncio à toa. Embora tenha sido o terceiro mais votado em 2018 - por pouco não fica com a vaga ocupada hoje pelo senador Jayme Campos -, Fávaro está enfrentando uma série de dificuldades para se viabilizar de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.