Executivo

Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 10h:49 | Atualizado: 03/02/2011, 10h:51

CRÍTICAS

Governo cometeu erros graves, afirma Percival sobre mensagem

Percival Muniz   O deputado Percival Muniz (PPS) aproveitou a sessão desta quinta (3) para deixar claro que fará uma forte oposição ao governo Silval Barbosa (PMDB). Ele teceu duras críticas à mensagem do Executivo para 2011, entregue à Assembleia pelo secretário-chefe da Casa Civil, Éder Moraes, nesta quarta (2).

   “A assessoria do governador cometeu um erro gravíssimo. Enrolou o parlamento e a sociedade”, destacou Percival. O deputado chegou a classificar como falta de respeito com a Assembleia a forma como a mensagem foi apresentada. “Quando a gente começa a ler, tem a impressão que não passa de um resumo de 2010”, explicou o deputado.

   Ele critica, principalmente, a falta de projetos efetivos para este ano e a ausência de propostas orçamentárias. “Isso aqui não apresenta nada nem à sociedade, nem ao parlamento”, reclamou. Para ele, a mensagem vaga não se justifica pelo fato do Executivo ser representado por uma administração de continuidade. “Se fosse um governo novo, a gente relevava, mas é um governo de continuidade. Silval participou da gestão anterior, tem um assessoria experiente e um monte de partidos ao seu lado. Quero entender que isso não seja má-fé”, falou.

   O primeiro vice-presidente da Casa, deputado Romoaldo Junior (PMDB), que presidia a sessão, saiu em defesa do governador. “Gostaria de lembrar que a mensagem trata justamente de um balanço do ano anterior”, disse, completando com o fato de que Éder é um secretário técnico e não político. No entanto, o peemedebista se comprometeu a apresentar aos colegas, na próxima semana, uma proposta mais detalhada do Governo.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • joao do pdt | Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 15h08
    0
    0

    esse kaique esse juarense fez um comentario totalmente fora da noticia o deputado falou da mensagem que SB mandou p a assembleia imitando BM (porque ele sozinho nâo sabe fazer nada)e esses dois fica tacando a ripa no cara isso é feio,primeiro leia a noticia

  • Maria | Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 14h50
    0
    0

    O povo simplesmente tem o governo que mereceee.......o S.B. acha que esse fulano E.M. é o reino da cocada preta, q/ está com tudo... vamos mudar a linha seu governador... esqueça o governo de B.M. que até agora foi o melhor p/a MT.... e passe a caminhar com as próprias pernas.. mostre ao povo a que veiooooooooo, não fique na cópia do que o senhor não entendeee....

  • Kaique Ferreira | Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 14h34
    0
    0

    Percival sempre foi um fanfarrão! Vai aproveitar o mandato conseguido com sua aliança pró-Mendes para ganhar espaços em sua pretendida volta a Prefeitura de Rondonopolis. Enquanto deputado no último mandato, mesmo sendo participe do grupo que estava no poder, não fez nada pelos municipios que representava, nem mesmo pelo seu municipio Rondonopolis. Agora posa de oposição coisa que ele nunca soube ser. Esse joguinho será apenas para negociar espaços politicos no próprio governo que ele bate, coisa que ele sempre soube fazer com maestria. Pode esperar! O último exemplo foi dado na eleição da mesa da Assembleia. Foi contra o Riva mas ficou o tempo todo elogiando o pepista em seu jogo de continuar determinando despesa eternamente no polpudo orçamento do legislativo. Percival é um grande cara de pau!

  • Eulália Provenzano | Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 14h31
    0
    0

    ...Mas foi o deputado Walter Rabello quem fez a crítica primeiro...Eu stava assistindo pela TV Assembléia hoje...o Percival foi na aba só pra ter discurso de oposiçaum....Agora, que balanço é baalanço issu é né? E o tal Éder Devia saber disso....

  • Juarense | Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 12h09
    0
    0

    Há uma grande discordancia entre o que o deputado fala, e o que faz. Um exemplo claro é falar mal de seu adversário em tempos de campanha politica, depois tece elogios. É o tipico discurso do fanfarrão. meu voto nunca mais.

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.