Executivo

Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 20h:25 | Atualizado: 05/02/2019, 16h:46

FUNCIONALISMO PÚBLICO

Governo confirma parcelamento da folha salarial e anuncia calendário - saiba mais

Marcos Vergueiro

Mauro Mendes

Mauro Mendes (DEM) em seu gabinete no Palácio Paiaguás, de onde definiu forma de escalonamento dos salários

O governador Mauro Mendes (DEM) usou as redes sociais, na noite desta segunda (4), para anunciar o calendário de parcelamento dos salários. O cronograma foi elaborado pelo chefe do Executivo junto com o secretário estadual da Fazenda Rogério Gallo e a equipe econômica, durante todo dia.

No próximo dia 11, todos os servidores da ativa, aposentados e pensionistas receberão R$ 5 mil, totalizando mais de R$ 330 milhões, quitando 65% da folha de janeiro.

No dia 14 será pago mais R$ 1,8 mil para os servidores da ativa, aposentados e pensionistas - que ganham salário superior a R$ 5 mil -, chegando a R$ 59,2 milhões, o que significa quitar 75% dos salários.

Já no dia 25 serão pagos todos os demais servidores da ativa, aposentados e pensionistas que recebem mais de R$ 6,8 mil. O valor chega a R$ 59,2 milhões e quita a totalidade da folha do mês passado.

A mesma formula para quitar a folha salarial é utilizado no Rio Grande do Sul. Foi adotada em 2014, na administração do ex-governador José Ivo Sartori (MDB), que chegou a pagar os salários em até 4 vezes. No ano passado, o emedebista perdeu a tentativa de reeleição no segundo turno e o sucessor Eduardo Leite (PSDB), apesar das promessas de campanha dizendo o contrário, manteve o escalonamento neste início de gestão.

Para concluir a elaboração do calendário, Mauro não compareceu na abertura do ano legislativo da Assembleia nem viajou a Brasília para participar da reunião com o ministro da Justiça Sérgio Moro, onde foi apresentada a Lei Anticrime.

Coube ao chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, ler a mensagem ao Legislativo prometendo manter os repasses aos municípios em dia para evitar pedaladas fiscais. Em Brasília, Mauro foi representado pelo secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, que avalia que a Lei Anticrime de Moro atende as necessidades de Mato Grosso.

Conforme Mauro, tal forma de escalonamento só não foi feito já na folha de dezembro, paga em janeiro, por questões técnicas. No mês passado, o pagamento foi feito de acordo com o nível salarial, sendo concluído somente dia 30.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • PAULO NAZÁRIO | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 15h17
    12
    0

    Os políticos eleitos estão neste escalonamento também? Se não, sugiro incluí-los também!!!

  • Julio Silimbú. | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 13h02
    9
    0

    MM- MAURO MADURO. kkkkkkkkk. Depois ele vai devassar a vida dos padres. Aliás...!! quanto ganha um padre?? MM ??

  • jj | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 09h54
    11
    9

    e gente reclamava do dia 10 na mosca, agora chupa essa manga galera

  • Servidor Publico | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 08h30
    33
    3

    Eu sabia disso!! Mauro Mendes é tão arrogante e prepotente qunto Pedro Taques, acha que é Deus, só que esquece que quem o elegeu foram os funcionarios publicos que acreditm em papai noel, Kd o Forum Sindical, estão quietos porque?? agora os aposentados passaram do dia 10 para o dia 25 ?? e a luz, agua, unimed etc..

  • ROBSON JOSÉ | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 07h57
    31
    4

    Além de receber parcelado, agora ainda mudou do dia 10 para o dia 11, ou seja, mais um dia de atraso. Como dia 10 é domingo, o pagamento deveria ser no dia 8, e não 11. Isso é mais um desrespeito com os servidores.

  • INDIGNAÇÃO | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 07h06
    31
    4

    Você tem vida curta no comando desse Estado, tu nomeia seus parasitas que não prestaram concurso ( bajuladores de campanha ) como fez Taques. Essas abominações iram acabar e nós servidores públicos honrados e concursados continuaremos. Mauro tu é uma vergonha como ser humano.

  • paulo | Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 22h59
    0
    2

    paulo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Margareth | Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 21h00
    46
    5

    Esse governador só fez gracinhas para ganhar as eleições, pois com todos os problemas que os outros governadores passaram eles não mexeram com os aposentados e pensionistas. Do mesmo jeito que ele foi eleito por nós poderemos tbem tirá-lo. Vamos tomar providências, porque as contas não esperam e não vou pagar juros de nada, seu governador ingrato e mentiroso, só nos enganou, mas ficaremos de olho.

  • SERVIDORA ARREPENDIDA | Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 20h40
    46
    5

    Nos aguarde MM!!!! Taques aguardou , e dançou!!

Matéria(s) relacionada(s):

Xuxu recusa diárias e cala Wilson

xuxu curtinha   Na tribuna da AL, o tucano Wilson Santos tentou ironizar o colega Xuxu Dal Molin (foto), que retornou de missão oficial à Ásia nesta semana, mas acabou se dando mal. Considerando que Xuxu é membro de uma das famílias mais abastadas de Sorriso, Wilson sugeriu que ele poderia ter custeado a viagem e...

TCE já suspende licitação na Câmara

misael galvao curtinha   O TCE determinou que a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), suspenda de imediato um pregão para contratar empresa para fornecimento de material de informática e de equipamentos de áudio e vídeo. Técnicos de Controle Externo de Contratações...

Janaina, MDB e o Palácio Alencastro

janaina riva curtinha   A presidente interina da Assembleia Janaina Riva não assume publicamente mas, nos bastidores, alimenta a esperança de ser prefeita de Cuiabá. Para que isso ocorra, em 2020, teria que deixar o seu MDB o prefeito Emanuel que, aliás, já está com um pé no PTB. Na cúpula...

Respaldo jurídico para barrar grevistas

mauro mendes curtinha   O Governo Mauro Mendes, de forma estratégica, está se respaldando de forma técnica e juridicamente, para enfrentar setores do funcionalismo que caminham para a deflagração de greve geral. Primeiro, recebeu do MPE uma notificação para não conceder reajuste salarial,...

Bolsonaro veta algoz de Selma no TRE

ulisses curtinhas   Fatores políticos-partidários podem ter pesado na escolha do presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao definir o novo membro do TRE. Ele optou por Sebastião Monteiro e não por Ulisses Rabaneda, que tentava ser reconduzido. Os presidentes costumam escolher o mais votado ou manter quem já está no...

Prefeitura de Barra garante legalidade

joaojakson   Procurador-geral de Barra do Garças João Jackson Vieira Gomes (foto) esclarece, em resposta à curtinha Contrato de R$ 4 mi pra limpeza, que a dispensa de licitação por 6 meses obedeceu todos os tramites legais, sendo que a empresa contratada ofertou o menor orçamento. A...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.