Executivo

Quinta-Feira, 25 de Março de 2010, 22h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

EXECUTIVO

Governo extingue concessões a 129 empresas de transporte

Terminal Rodoviário de Cuiabá   O governo publicou decreto que extingue mais de 100 contratos com empresas do transporte coletivo intermunicipal. Assinado pelo governador Blairo Maggi (PR) em 22 de março deste ano, o dispositivo veta a prorrogação de contratos de concessão com 129 empresas. Perdem o direito de explorar as linhas, a partir do próximo ano, 105 delas que atuam com ônibus convencionais e outras 20 do transporte alternativo. Para retomar as linhas, os empresários deverão enfrentar concorrência pública ainda com data a ser marcada.

   Na década de 80 os serviços foram apenas delegados, mas a Constituição de 1988 repassou a responsabilidade das linhas para o Estado, que conta, agora, somente com duas empresas com contratos firmados após a promulgação da Legislação. Em 2007 a Ager e o Ministério Público firmaram termo de ajustamento de conduta para reestruturar o setor e abrir processo de licitação. O decreto também institui uma comissão para avaliar eventuais pedidos de indenizações das empresas ameaçadas de perder os serviços. Tais solicitações ainda passarão pelo crivo da Procuradoria-Geral do Estado.

Márcia Vandoni   A presidente da Ager, Márcia Vandoni, acredita que “passou da hora do Estado contar com uma nova estrutura de transporte público”. Segundo ela, a maioria das empresas não cumprem o contrato em determinados trechos rodoviários sob alegação de inviabilidade econômica. “Por exemplo: o ônibus que deveria sair de Cuiabá e chegar até o Distrito de Brianorte (a 486 km da Capital), só vai até Nova Maringá (a 391 km de Cuiabá), pois o empresariado considera que Brianorte não tem passageiros que compensem a viagem, ou seja, que não cobre os custos da empresa”, explica Vandoni. “O passageiro de qualquer local não pode ficar desprovido de atendimento. As exigências de uma licitação pode solucionar isso, sem contar que a concorrência deve trazer maior qualidade ao setor”, acrescenta.

   O termo de ajustamento de conduta gerou críticas e manifestações dos empresários, mas o decreto elimina a chance da concessão aos moldes antigos, que previa prorrogação automática. A concessão por delegação e não por disputa licitatória perdurou por cerca de 30 anos. A presidente da Ager explica que antes de realizar o certame há necessidade de uma audiência pública na Assembleia, que ainda não tem previsão para ocorrer.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Rosevelt | Sexta-Feira, 26 de Março de 2010, 10h10
    0
    0

    parabens ao ministério publico que ha muitos anos vem combatendo essa prática de renovaçao automatica dos contratos. vejo a medida como um resultado dessa luta.

  • Magda Ribeiro de Campos | Sexta-Feira, 26 de Março de 2010, 08h48
    0
    0

    Muito bem Governador, por isso que sou sua cabo eleitoral. O Senhor é veio para trazer felicidade para o povo matogrossense, que por muitos anos, aqueles que podiam fazer alguma coisa, nunca fez. Parabéns a nossa Dilma Vandoni. Vandoni, mulher de aço. quanto apanhou por conta dessa causa. temos que colocar essa mulher na Assembléia. Essa é gente nossa.

  • Eder MT | Sexta-Feira, 26 de Março de 2010, 08h11
    0
    0

    Deus seja louvado! Pensava que morreria e não veria isso, mas graças a Deus, alguém se tocou que já tinha passado da hora! Agora só falta colocar proibição a overbooking nos onibus nas novas licitações.

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

Coordenador quer mostrar obras de EP

vanderlucio curtinha   Coordenador da campanha de Emanuel Pinheiro à reeleição, Vanderlúcio Rodrigues (foto) garante que o grupo vai focar na divulgação de propostas e não fará ataques pessoais aos 7 adversários. O ex-secretário de Obras Públicas avalia que o grupo...

Tucano ainda com sequelas da Covid

ricardo saad curtinha 400   O vereador cuiabano e presidente do PSDB na Capital, Ricardo Saad (foto), segue na luta para reverter as sequelas deixadas pela Covid-19. Mesmo Dois meses após ser infectado, diz que 53% do seu pulmão ainda está comprometido e que, por isso, sente muita falta de ar. Candidato à...

Tentando golpe político em Tangará

amauri 400 curtinha   O deputado estadual Paulo Araújo (PP) sofreu uma tentativa de golpe vinda de uma pessoa em quem ele confiava totalmente, o seu ex-assessor Amauri Paulo Cervo (foto). Até há poucos dias, Amauri estava lotado no gabinete do deputado, na AL, quando se licenciou com intenção de concorrer...

Regiões e representantes na disputa

nilson leitao curtinha   A maior parte das regiões está bem representada em relação aos cabeças de chapa que disputarão vaga no Senado. Pelo Nortão e Médio-Norte, encaram às urnas o ex-prefeito de Sinop Nilson Leitão (foto) e o senador tampão Carlos Fávaro (PSD). Na...

Candidatos e definição de suplentes

jos� medeiros curtinha 400   Alguns candidatos ao Senado estão batendo cabeça para compor suas suplências ou reedita-las, como é o caso de José Medeiros (foto), que, na primeira convenção (anulada), havia fechado chapa pura do Podemos com o vice-prefeito de Cuiabá Niuan...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.