Executivo

Sábado, 30 de Maio de 2020, 14h:44 | Atualizado: 01/06/2020, 16h:46

ÓBITO EM VG

Governo nega dificultar vaga em UTI para paciente de VG que morreu com Covid-19

Tchélo Figueiredo

Hospital Metropolitano inaugura��o

Após a 11ª morte por Covid-19 em Várzea Grande, confirmada na sexta (29), a Secretaria de Estado de Saúde emitiu nota rebatendo o Comitê de Enfrentamento ao novo Coronavírus de Várzea Grande que denunciou essa semana ter dificuldades em conseguir leito exclusivo para paciente com Covid-19.

Segundo a Prefeitura de VG, a Central de Regulação, sob a administração do Estado, exige o teste positivo para Covid e somente após isso autoriza a transferência para a UTI. O município teria encontrado dificuldades para conseguir leitos para as duas últimas vítimas da doença. Uma idosa de 81 anos, Antônia Antunes, 81 anos, que procurou a UPA Ipase em estado grave e não teve vaga em UTI liberada a tempo.

Outro caso foi o de Maria Dorotéia, 61, que também não conseguiu vaga em UTI e faleceu na segunda (25). O exame confirmando Covid só ficou pronto na sexta (29). Ambas eram do grupo de risco e possuíam comorbidades.

Em nota, a SES afirma que “esta não é uma conduta prevista nas atividades da Regulação – setor que é responsável por registrar a solicitação e direcionar o caso clínico de acordo com o perfil assistencial de cada unidade hospitalar.

Ainda explica que questiona se o caso é confirmado ou suspeito como forma de transferir o paciente para o setor ideal das unidades hospitalar. Tanto que considerável parte dos pacientes aguarda o resultado do exame já em internação. “Portanto, não procede a informação de que o Complexo Regulador só considera pacientes com o diagnóstico de coronavírus”, diz a nota.

Divergências políticas na crise de saúde

Além da trocar de farpas entre governo do Estado e Prefeitura de Cuiabá por causa de vagas em UTI para pacientes com Covid-19, agora outra divergência pode chegar a Várzea Grande. O motivo é diferente, enquanto entre o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e o governador Mauro Mendes (DEM) as divergências são políticas em relação à habilitação de leitos exclusivos para Covid, em Várzea Grande a discussão é quanto a questões técnicas da área.

Acontece que Várzea Grande é comandada pela prefeita Lucimar Campos, correligionária de Mauro. Ela é casada com o senador Jayme Campos (DEM) que já anunciou estar preocupado com a proporção tomada pelo conflito entre Mauro e Emanuel.

Mas com o avanço da crise de saúde pública da Covid-19 que já fez 57 vítimas em Mato Grosso, sendo 2262 casos registrados, as divergências, até mesmo entre aliados políticos, podem começar a aparecer e atingir a boa relação entre VG e o Estado.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Walter liz | Sábado, 30 de Maio de 2020, 20h29
    2
    0

    Esse tal exame PCR, porque demora tanto ? Porque só em Brasília? Porque não faz aqui em Cuiaba ? Porque Prefeitura ou Estado não são jeito de fazer aqui ,economia de tempo, ansiedade e dinheiro

  • Luiz Eduardo | Sábado, 30 de Maio de 2020, 15h21
    3
    0

    Infelizmente os leitos do Hospital Metropolitano de VG é apenas para enfeite, e mentiras deslavadas do srs.Mauro Mendes e Gilberto Figueiredo, e não para ser utilizada por quem esta precisando. Tá vazio, com funcionários parados e sem fazer nada, mais não aceitam internar ninguem, pois a tal Central de Regulamentação é só de mentirinha. Fora Gilberto e Mauro.

Corrida de Teis no noticiário nacional

waldir teis 400 curtinha   As imagens que mostram o conselheiro afastado do TCE Waldir Teis (foto) descendo em alta velocidade as escadas de um prédio para jogar no lixo vários cheques rasgados que somavam R$ 450 mil ganharam o noticiário nacional, com destaque neste domingo em veículos, como Folha de S. Paulo, G1 e IG....

Esforço de ex-senadora para eleger 2

rafael ranalli curtinha 400   Eleita no pleito de 2018 e cassada em definitivo em abril deste ano, a ex-senadora Selma Arruda, presidente do Podemos de Cuiabá, pode deixar o partido após o processo eleitoral deste ano. Segundo informações, a juíza aposentada se afastaria da política partidária para...

6 parlamentares já foram infectados

wilson santos 400 curtinha   Desde o início da pandemia, em março, seis dos 24 deputados estaduais já testaram positivo para Covid-19. O último foi Wilson Santos (foto). Ele disse que recebeu medicação e está em isolamento. Observa que a doença está no início e segue trabalhando...

Pedido para TSE definir data da eleição

sebastiao carlos 400 curtinha   Na última quarta (2), um dia após a Câmara aprovar a PEC que adia as eleições municipais para 15 de novembro, André de Albuquerque Teixeira, advogado de Sebastião Carlos, que concorreu ao Senado e um dos que denunciaram Selma Arruda por crimes eleitorais, já...

Uma das apostas do PP para vereador

alex rodrigues 400 curtinha   O PP já tem no rol de possíveis eleitos a vereador em Cuiabá o jovem Alex Rodrigues (foto), de 31 anos. Filho do empresário Valúcio Rodrigues e sobrinho do secretário de Obras Públicas da Capital, Wanderlúcio Rodrigues, Alex criou uma comunidade com mais de mil...

Prefeito, efeito pandemia e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Mesmo com o poderio da máquina, considerada preponderante para cooptar partidos e aliados por causa da oferta de cargos e do assistencialismo, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, terceira em população e segunda no ranking da economia estadual, terá muitos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.