Coronavírus

Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 18h:29 | Atualizado: 27/03/2020, 08h:47

EFEITO COVID-19

Governo rebate Ministério Público e diz que ajustou decreto com base na OMS

Divulgação

Fachada do Pal�cio Paiagu�s

Após notificação do Ministério Público de Mato Grosso, Ministério Público Federal e Ministério Público do Trabalho que contestou novo decreto estadual, o Governo de Mato Grosso afirmou, em nota emitida no começo da noite desta quinta (26), que não "flexibilizou" medidas de combate à propagação do coronavírus (Covid-19) no Estado e que mantém firme as ações restritivas de isolamento, consideradas essenciais no controle da doença.  

"Ao contrário do que foi publicado no site do Ministério Público Estadual, não houve qualquer “relaxamento” das medidas restritivas de isolamento, tanto que todas as ações para evitar o contato social foram mantidas", afirma trecho da nota.

O governo explicou ainda que o decreto publicado nesta quinta está alinhado às normas preconizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde, bem como com nota técnica expedida pela Sociedade Brasileira de Infectologistas (SBI).

A nota contesta o MP e afirma que não procede a informação de que houve “liberação” do comércio, "já que em nenhum momento o Governo de Mato Grosso havia restringido as atividades econômicas no Estado, a não ser academias, bares, lanchonetes, restaurantes, shows, eventos e reuniões de toda natureza", locais esses que continuam com proibições de público.

"Importante ponderar que as atividades econômicas só estão permitidas para as empresas que respeitarem as normas sanitárias e garantirem a segurança e saúde dos trabalhadores contra o covid-19", complementa nota. 

Durante entrevista concedida por meio das redes sociais no final da tarde desta quinta, o secretário estadual Saúde Gilberto Figueiredo, também criticou as projeções de mortes fruto do coronavírus citadas pelo Ministério Público na notificação. “Não vamos nos pautar por diversos fakes e projeções que são divulgadas a todo momento”, disse. 

Na notificação enviada ao Executivo estadual, o Ministério Público alega que estudos técnicos de entidades nacionais ligadas à área da saúde prevêem a ocorrência de mais de oito mil mortes no Estado, caso não sejam adotadas medidas estritas de isolamento. Para o MP, o Governo aliviou as restrições impostas ao comércio.

 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Maria | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 19h54
    2
    4

    Parabéns ao Ministério Público! Faça me o favor Mauro Mendes! Revogue esse maldito decreto! O senhor quer q morramos logo governador? Todas as vidas importam! Sua mãe e pai, avó estarão resguardados? A vida não é asdim. Dependemos uns dos outros!

  • Carlos | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 18h37
    0
    4

    O coronavírus está mostrando bem onde deveríamos começar uma nova era de remuneração do setor público, mpe, mpf e mpt, no mínimo de 50%.

  • JÚNIOR | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 18h36
    6
    6

    Parabéns ao GOVERNADOR MAURO MENDES. ELE FOI O GOVERNADOR ELEITO DE FORMA DEMOCRÁTICA PELO POVO MATOGROSSENSE. ELE FOI ELEITO PARA ISSO. ELE FOI ELEITO PARA TOMAR DECISÕES.

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.