Coronavírus

Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 18h:29 | Atualizado: 27/03/2020, 08h:47

EFEITO COVID-19

Governo rebate Ministério Público e diz que ajustou decreto com base na OMS

Divulgação

Fachada do Pal�cio Paiagu�s

Após notificação do Ministério Público de Mato Grosso, Ministério Público Federal e Ministério Público do Trabalho que contestou novo decreto estadual, o Governo de Mato Grosso afirmou, em nota emitida no começo da noite desta quinta (26), que não "flexibilizou" medidas de combate à propagação do coronavírus (Covid-19) no Estado e que mantém firme as ações restritivas de isolamento, consideradas essenciais no controle da doença.  

"Ao contrário do que foi publicado no site do Ministério Público Estadual, não houve qualquer “relaxamento” das medidas restritivas de isolamento, tanto que todas as ações para evitar o contato social foram mantidas", afirma trecho da nota.

O governo explicou ainda que o decreto publicado nesta quinta está alinhado às normas preconizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde, bem como com nota técnica expedida pela Sociedade Brasileira de Infectologistas (SBI).

A nota contesta o MP e afirma que não procede a informação de que houve “liberação” do comércio, "já que em nenhum momento o Governo de Mato Grosso havia restringido as atividades econômicas no Estado, a não ser academias, bares, lanchonetes, restaurantes, shows, eventos e reuniões de toda natureza", locais esses que continuam com proibições de público.

"Importante ponderar que as atividades econômicas só estão permitidas para as empresas que respeitarem as normas sanitárias e garantirem a segurança e saúde dos trabalhadores contra o covid-19", complementa nota. 

Durante entrevista concedida por meio das redes sociais no final da tarde desta quinta, o secretário estadual Saúde Gilberto Figueiredo, também criticou as projeções de mortes fruto do coronavírus citadas pelo Ministério Público na notificação. “Não vamos nos pautar por diversos fakes e projeções que são divulgadas a todo momento”, disse. 

Na notificação enviada ao Executivo estadual, o Ministério Público alega que estudos técnicos de entidades nacionais ligadas à área da saúde prevêem a ocorrência de mais de oito mil mortes no Estado, caso não sejam adotadas medidas estritas de isolamento. Para o MP, o Governo aliviou as restrições impostas ao comércio.

 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Maria | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 19h54
    2
    4

    Parabéns ao Ministério Público! Faça me o favor Mauro Mendes! Revogue esse maldito decreto! O senhor quer q morramos logo governador? Todas as vidas importam! Sua mãe e pai, avó estarão resguardados? A vida não é asdim. Dependemos uns dos outros!

  • Carlos | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 18h37
    0
    4

    O coronavírus está mostrando bem onde deveríamos começar uma nova era de remuneração do setor público, mpe, mpf e mpt, no mínimo de 50%.

  • JÚNIOR | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 18h36
    6
    6

    Parabéns ao GOVERNADOR MAURO MENDES. ELE FOI O GOVERNADOR ELEITO DE FORMA DEMOCRÁTICA PELO POVO MATOGROSSENSE. ELE FOI ELEITO PARA ISSO. ELE FOI ELEITO PARA TOMAR DECISÕES.

Cuiabá é a unica com tudo fechado

emanuel pinheiro curtinha   A pressão sobre o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) fica agora mais forte para flexibilizar logo o decreto restrito por causa do coronavírus. Ele é o único dos gestores das maiores cidades mato-grossenses que ainda mantém decisão de fechar praticamente tudo na Capital, com...

Deputado põe aliado no lugar do irmão

ronaldo taveira 400 curtinha   Coube ao próprio deputado Wilson Santos indicar um nome para o lugar do irmão Elias Santos, que na última sexta (3) deixou a secretaria de Gestão de Pessoas da Assembleia para concorrer a vereador em Cuiabá. E o ex-prefeito emplacou no cargo que rende R$ 19,9 mil mensais o velho...

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

Irmão de Thelma na lista dos traidores

ronaldo pimentel 400 curtinha   Na carta aberta assinada por Ricardo Saad, que preside o PSDB cuiabano, ele reclama de dívidas milionárias herdadas de antecessores, inclusive dos R$ 4 milhões de pendências somente do pleito de 2016, e menciona, entre outras coisas, que "(...) há correligionários, que estavam...

A bronca de Saad com Wilson Santos

ricardo saad curtinha 400   O vereador Ricardo Saad (foto), presidente do PSDB da Capital, resolveu disparar a metralhadora verbal contra colegas tucanos. Sobre o ex-prefeito e hoje deputado Wilson Santos, considera que este nada fez para ajudar o partido a se reestruturar, visando as eleições de outubro. Mesmo sendo vice-presidente...

Janela tira muitos políticos do calvário

gilberto figueiredo curtinhas   O fechamento da janela partidária, que encerrou-se no último sábado, dia 4, marcou o fim de um longo calvário aos partidos, que tiveram que suportar em seus quadros políticos que não estavam mais de “alma”, mas somente de “corpo”. Na Câmara...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.