Executivo

Terça-Feira, 06 de Maio de 2014, 16h:28 | Atualizado: 06/05/2014, 16h:56

mato grosso

Hospitais paralisam; deputado acusa Governo de atrasar repasse da Saúde

.

montagem_azambuja_romoaldo.jpg

Deputados Antônio Azambuja e Romoaldo Júnior prometem cobrar o Governo

A Comissão de Saúde da Assembleia, sob a presidência do deputado estadual Antonio Azambuja (PP), pretende convocar os secretários de Saúde e de Fazenda do Estado, Jorge Lafetá e Marcel De Cursi, respectivamente, para que apresentem o que está sendo feito para resolver o atraso no repasse de recursos aos hospitais do Estado.

Conforme Azambuja, todo o caos encontrado nas unidades geridas por Organizações Sociais de Saúde (OSS) não é culpa unicamente das entidades, mas principalmente à falta de regularização do Governo no envio dos recursos. “A gente cobra do Lafetá e ele diz que é a Sefaz quem não efetua os pagamentos dentro dos cronogramas. Então precisamos deste confronto entre os gestores. O secretário de Saúde precisa ter autonomia orçamentária”.

Uma situação que retrata a desordem vivida nos hospitais estaduais é o fato de o Governo ter decretado intervenção nas unidades regionais de Colíder e Alta Floresta, nesta terça (6). Segundo o decreto, o objetivo da intervenção é sanar problemas como desvio de finalidade de recursos repassados pela secretaria estadual de Saúde à OSS, Instituto Pernambucano de Assistência e Saúde (IPAS). Além disso, há débitos fiscais e previdenciários, bem como dívidas com fornecedores e prestadores de serviços.

Outra situação que preocupa os parlamentares é que todos os hospitais geridos pela IPAS, inclusive, o Metropolitano em Várzea Grande, e os regionais de Colíder e Alta Floresta, estão com os atendimentos paralisados por conta da defasagem salarial dos médicos. Nestas unidades, não está sendo realizada nenhuma cirurgia eletiva, apenas de urgência e emergência. A informação é do presidente da Assembleia, deputado estadual Romoaldo Júnior (PMDB).

Neste sentido, Azambuja ressalta que esta não é uma situação isolada da IPAS e garante que todas as OSS do Estado têm problemas para honrar compromissos com fornecedores, porque além de não receber em dia, ainda não obtém a íntegra do que está previsto em contrato. Segundo ele, os hospitais São Luiz e Regional, em Cáceres, têm uma dívida de R$ 14 milhões por conta disso. “O Estado tem contrato com a entidade de R$ 2 milhões mensais e só passa R$ 500 mil.”, pondera.

Intervenção

Os deputados estaduais prometem acompanhar de perto a intervenção decretada pelo Governo nos dois hospitais regionais (Colíder e Alta Floresta). Azambuja e Romoaldo sustentam que o sistema de OSS funciona e que dá agilidade nos atendimentos. Para o progressista, o que precisa ser feito é apenas ter ajuste de contrato e regularidade na forma de pagamento. Romoaldo, por sua vez, afirma que o problema é apenas com as OSS IPAS e Fibras que a antecedeu.

Outro problema registrado pela IPAS foi há dois anos, na administração da central estadual de abastecimento de insumos de saúde, farmácia de alto custo do Estado. Este culminou com o vencimento de inúmeras caixas de remédios antes mesmo de serem distribuídos às unidades de saúde.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Lúcia | Quarta-Feira, 07 de Maio de 2014, 14h29
    0
    0

    O Azambuja você não queria o Lafeta, chupa essa manga agora.... Kkkkkkk esse secretário e uma piada, as OSS uma vergonha...

  • Pedro | Quarta-Feira, 07 de Maio de 2014, 08h36
    0
    0

    Concordo que o sistema OSS é bom, mas ninguém faz milagre sem dinheiro.

  • Eduardo | Terça-Feira, 06 de Maio de 2014, 16h53
    3
    2

    O engraçado é que agora todos querem por no azedo do governador, kkkkkkkkkkkkkkkk, eita politica que não é e nunca será seria neste PAÍS

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

3 fortes para prefeito de Rondonópolis

ze do patio 400 curtinha   Apesar da "inflação" de prefeitáveis em Rondonópolis, com quase 10 se colocando como virtuais candidatos a prefeito, a disputa deve ficar acirrada mesmo entre três. Um deles é Zé do Pátio (foto), do Solidariedade. Vai tentar o terceiro mandato não consecutivo e...

Ex-deputada vai à vereadora em VG

zilda pereira 400 curtinha   A ex-deputada estadual Zilda Pereira Leite (foto) permaneceu pouco tempo na base dos Campos em Várzea Grande. Chateada por não ter sido renomeada como secretária de Educação, de cuja pasta havia se afastado por problemas de saúde, Zilda se filiou ao PSB, do pré-candidato...

Breunig destaca aprovação de contas

adriano breunig curtinha 400   O professor Adriano Breunig (foto), ex-adjunto e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia no Governo Silval e hoje diretor de Políticas de Desenvolvimento Institucional do IFMT, contesta o registro em Curtinha, apontando-o como candidato reserva e "vulnerável" à...

Borgato não sairá mais de secretaria

nilton borgato 400 curtinha   Nilton Borgato (foto), ex-prefeito de Glória D'Oeste e filiado ao PSD, não sairá mais do comando da secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dias atrás, ele chegou a ser avisado pelo governador que seria substituído e que iria para o Escritório...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.