Executivo

Terça-Feira, 16 de Março de 2010, 16h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

DIVERGÊNCIA

Incentivos fiscais prometem ser tônica de discursos na campanha

Wilson SantosBlairo Maggi     As candidaturas ainda não se oficializaram, mas, de olho nas eleições, os políticos começam a soltar discursos faiscantes. A política de incentivos fiscais adotada pelo governo Blairo Maggi (PR), por exemplo, promete ser uma das tônicas dos debates entre os candidatos ao governo. Esta tendência foi evidenciada nesta terça (16), no evento em que foi assinado um protocolo de intenções para a instalação da Vicunha Têxtil em Cuiabá e reuniu três pré-candidatos ao Paiaguás.

   Na ocasião, o prefeito e pré-candidato ao governo, Wilson Santos (PSDB), foi provocado pelo governador Blairo Maggi (PR), que defende o projeto eleitoral do vice Silval Barbosa (PMDB). O tucano acusa o Estado de destinar incentivos fiscais para poucos empresários. “Sou a favor de incentivos para todos e não apenas para ricaços e bacanas”, disse Wilson assim que assumiu candidatura dentro da aliança PSDB-DEM-PTB.

   Maggi não ignorou a critica e aproveitou o encontro para devolver a alfinetada ao tucano. O governador disse que incentivo fiscal “não é coisa irresponsável”. “Abrir mão do que não temos não é nenhum crime”, declarou o republicano, sob o olhar atento de Wilson. Maggi ainda foi incisivo ao afirmar que o Estado não privilegia amigos. “Aqui não tem privilégios para amigos e nem para amiguinhos”, pontuou. Ainda em tom desafiador, o governador ressaltou que, embora Wilson faça críticas à política econômica do governo, o tucano admite interesse em adotar as mesmas medidas, caso seja eleito governador.

   Wilson se preocupou em mostrar que a Prefeitura é, sim, a favor dos incentivos. Após o evento, explicou que Cuiabá teve papel fundamental na instalação da indústria têxtil na Capital. Segundo Wilson, a prefeitura concedeu 70% de incentivo fiscal para a Vicunha, além da doação do terreno para a empresa. “Quero deixar bem claro que não somos contra a política de incentivos fiscais. Somos é contra o beneficiamento de alguns empresários em detrimento de outros. Defendemos que os incentivos sejam estendidos também para o comércio e pequenos produtores. A política de incentivos fiscais é importante para o desenvolvimento do Estado, mas precisa de algumas correções”, disse o prefeito. O pré-candidato ainda exaltou o ex-governador Dante de Oliveira, já falecido, ao lembrar que o tucano criou um programa de isenção de impostos para os produtores de algodão, principal matéria da indústria têxtil.

   A política de incentivos fiscais é alvo de críticas por parte dos opositores de Maggi. O relatório do Tribunal de Contas aponta que houve um crescimento de 75% em benefícios concedidos para empresas entre 2007 a 2008, enquanto a receita apresentou acréscimo de apenas 17%. A renúncia em 2007 somou R$ 619 milhões, enquanto no ano seguinte totalizou R$ 1 bilhão. Já a arrecadação em 2007 foi de R$ 3,4 bilhões, enquanto em 2008 chegou a R$ 4,4 bilhões.

Postar um novo comentário

Comentários (20)

  • genesis villar | Quinta-Feira, 18 de Março de 2010, 14h07
    0
    0

    Isso mesmo , WS deveria valorizar seus verdadeiros amigos,faço parte dos grupos de siriri e cururu conheci uma mulher chamada Domingas (que organiza esses festivais) , ja ouvi falar do JANGADA e sei um pouco do seu trabalho, pessoas como essas merecem reconhecimento

  • Felicidade | Quinta-Feira, 18 de Março de 2010, 08h40
    0
    0

    Concordo com o governador Blairo, tem que ter incentivos fiscais para as grandes empresas porque elas trazem progresso e geram muitos empregos. E realmente ele não privilegia amigos e nem parentes. Wil$on $antos, conhecido popularmente como "Pinóchio", se algum dia fosse governador, também daria incentivos fiscais e, com certeza, para os seus conhecidos, visando interesse pessoal. Que feio, hein prefeito? Fale a verdade pelo menos uma vez na vida!

  • marcelo mendonça | Quarta-Feira, 17 de Março de 2010, 15h06
    0
    0

    Concordo com o colega Moises, conheço bem o JANGADA e sei o quanto ele ajudou o WILSON (para hoje nao ser valorizado); ajude a quem merece WILSON.

  • marcelo mendonça | Quarta-Feira, 17 de Março de 2010, 15h02
    0
    0

    Concordo com o que o companheiro Moises disse, conheço o JANGADA e sei os trabalhos que ele fez e hoje nao e valorizado pelo prefeito..........WILSON valorize quem te ajudou.

  • Wilson Santos | Quarta-Feira, 17 de Março de 2010, 12h33
    0
    0

    Eu já tenho a lista de quem darei os incentivos fiscais....

  • Fernando Ferreira de Albuquerque | Quarta-Feira, 17 de Março de 2010, 08h27
    0
    0

    Por quê apenas Mauro e um punhado de amigos têm direito aos incentivos? Eu, por exemplo, administrei uma empresa por mais de dez anos e fali porque não tinha capital de giro. Além de mim, conheço centenas, milhares de casos de gente com tino empresarial, mas que não conseguiu deslanchar porque não teve "incentivo" do governo. Esses são piores do que os outros? Isso não é uma injustiça?

  • Alcebíades Souto Maior | Quarta-Feira, 17 de Março de 2010, 08h24
    0
    0

    Concordo com a opinião do prefeito, segundo a qual os incentivos são necessários, porém com a ressalva de que não podem ser concedidos apenas aos apadrinhados do poder, como é o caso de Mauro Mendes. Que critérios o governo utiliza para escolher os "privilegiados"? O compadrio, a amizade e coisas assim. É isso que o prefeito combate.

  • Caminhoneiro do Sudeste | Quarta-Feira, 17 de Março de 2010, 00h14
    0
    0

    Caminhoneiro do Sudeste, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Silvia | Terça-Feira, 16 de Março de 2010, 21h51
    0
    0

    Eeeeeeeco juca, vc é amargo, penso que vc e alguem que levou um puta pé no traseiro do WS. Bom era o Roberto França que fazia emprestimos "CDC" em nome dos funcionários, saiu da Prefeitura e deixou os funcionários com 03 salários atrasados, e devendo a todos os fornecedores.

  • celso rapa | Terça-Feira, 16 de Março de 2010, 21h30
    0
    0

    A falta de um hospital público estadual, desfacelamento da segurança pública, falta melhorias no sistema educacional, valorização do professor e servidor público; tudo isto é consequência deste baixo índice de arrecadação. Veja os resultados do IDEB, índice de criminalidade e a saúde um desastre. O Estado rico será em pouco tempo um estado pobre, sobrará apenas o governador e os amigos com os bolsos cheios. Talvez nem queiram ficar mais por estas terras de índios, devem voltar para a terrinha de origem.

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

Fernanda em almoço com Bolsonaro

fernanda 400 bolsonaro curtinh   A coronel Fernanda, candidata à senadora pelo Patriota, almoçou com Bolsonaro nesta sexta, em uma fazenda, em Sorriso. A militar foi a única que teve o apoio declarado do presidente na eleição suplementar ao Senado que acontece em 15 de novembro. Mais cedo, por volta das...

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.