Executivo

Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2010, 13h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Ager

Irmão de ouvidor fatura R$ 1,7 mi; Mendes nega interesse

   Contratada pela Ager pela bagatela de R$ 1,7 milhão, a Oscip Brasil Essencial também teria como sócio José Sabo Mendes, irmão do próprio ouvidor-geral da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso (Ager), Francisval Mendes. O contrato é assinado pelo presidente da Oscip Argon Noberto Filho, juntamente com a presidente da Ager Márcia Vandoni e Francisval. A agência contratou a Oscip Brasil Essencial para fazer adequações, principalmente em seu regimento interno. Esse termo de parceria, assinado em 14 de janeiro, vem provocando verdadeira reviravolta, com repercussão principalmente na Assembleia Legislativa, onde o deputado Dilceu Dal Bosco (DEM) ameaça apresentar requerimento com 12 assinaturas para a criação de uma CPI a fim de investigar a Ager e os contratos feitos pela entidade estadual.

   O certame, que apontou a Oscip Brasil Essencial como vencedora da concorrência, tem causado polêmica. Muitos questionam o valor empregado, argumentam que não há necessidade na contratação e, por fim, reforçam que há suposto beneficiamento de determinadas pessoas, num jogo de cartas marcadas. Ouvido pelo RDNews, Francisval nega a existência de interesse pessoal na parceria, mas confirma a existência de comentários “maldosos” que vinculam o seu nome à contratação. “Não vi o nome dessa pessoa (José Sabo) no contrato. Estão querendo forçar essa relação, estão dando tiro no escuro. Esses comentários são maldosos”, se defende Francisval.

  Segundo ele, os comentários até o apontam como um dos proprietários da Oscip, assim como outros membros de sua família. “O processo licitatório é público. Não sei porque estão criando essa polêmica, todo o procedimento foi legal e essa empresa saiu vitoriosa”, argumenta o ouvidor-geral. Ainda segundo ele, em nenhum momento do processo licitatório aparece o nome de alguém da família Mendes. “O nome do José Sabo não consta. Não existe essa correlação”. Apesar da Ager assegurar que a licitação foi feita dentro da legalidade, nos bastidores há rumores que a parceria pode ser cancelada devido à polêmica envolvendo a contratação do serviço.

   Na prática, a Oscip terá a missão de resolver algumas questões relacionadas à capacidade operacional, verificar se há necessidade de realizar concurso público e qual será o número de vagas a serem abertas, além de fazer o planejamento da implementação do Plano de Cargos e Salários da Categoria. A Ager argumenta que assim atenderá determinações do Ministério Público do Trabalho e do Tribunal de Contas. A parceria tem duração de um ano. Hoje, a Ager tem 35 servidores concursados e outros 13 comissionados.


Termo de parceria assinado entre Ager e Oscip terá validade de 1 ano; convênio adequa agência a exigências do TCE e MP

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • gerson | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 21h41
    0
    0

    Enquanto nos cidadãos sentimos o peso dos impostos, nossos gestores publicos, se conluiam para meter a mão na grana. Pobre Povo, fica calado e acedita tudo numa boa. Isso Um dia vai mudar com certeza ai a giripoca vai piar

  • Sérgio Potrich | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 17h27
    0
    0

    Nossa, lendo todo o texto do tal acordo, dá pena da lingua portuguesa e da concordancia verbal....... Que coisa, ninguem revisa estes documentos que são públicos ? Que exemplo.........

  • Sérgio potrich | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 17h03
    0
    0

    Meu Deus....... Esta empresa fará readequações e etc.etc.etc..., dizendo que está "escrita" no CNPJ........ou seria "inscrita" Pelo amor de Deus......que qualidade de trabalho poderá alguem assim, apresentar........ vão aprender a escrever primeiro.......

  • Titão | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 18h09
    0
    0

    É simples... O Francisval é Irmão do José Sabo Mendes, que é Sócio do Árgon Pai. É só investigar. O escritório fica nas mediações da Estrada do Moinho.

  • Raiana | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 12h22
    0
    0

    Acho que tudo isso não passa de briga politica, toda vez que alguém faz um bom trabalho os nossos "queridos" políticos se encomodam. A equipe da AGER/MT está de parabêns pelos trabalhos desenvolvido no estado, não acredito que nenhum de seus dirigentes esteja envolvido em uma sujeira dessa. Mais uma vez Parabêns equipe da AGER/MT.

  • Drª Graziele | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 11h33
    0
    0

    Povo da AGER!!! Adivinhem quem está por tráz disto? Vou dar 3 dicas (molesa): 1. O seu sonho é ser Presidente da AGER; 2. Já trabalhou na SINFRA; 3. É fanho. Quem será??? Na próxima participação minha, neste site, revelarei o nome com letras "GARRAFAIS".

  • Drª Graziele | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 11h15
    0
    0

    Povo da AGER!!! Adivinhem quem está por tráz disso tudo? Vou dar 3 dicas (moleza): 1. O seu sonho é ser presidente da AGER; 2. Já trabalhou na SINFRA; 3. É fanho. Quem será??? NA próxima participação neste site, revelarei o nome com letras "GARRAFAIS".

  • Drª Graziele | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 10h12
    0
    0

    Drª Graziele, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Dany | Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2010, 22h52
    0
    0

    Tem que abrir uma CPI senhor Dal Bosco para apurar pq o Nobre Dep. consegui casa no CONDOMINIO bOSQUE DOS iPES SUBSIDIADA COM RECURSOS PUBLICOS (ESTADO) JUNTAMENTE COM MAIS DOIS PARENTES SEUS.

  • Carlos Eduardo | Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2010, 21h37
    0
    0

    Carlos Eduardo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

Contrato em VG sob irregularidades

jaqueline jacobsen curtinha 400   O TCE mandou a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, suspender qualquer pagamento à empresa Lidyfarma Comércio de Produtos Farmacêuticos referente a um contrato sem licitação para compra de 50 mil comprimidos de Azitromincina 500 mg para combate ao coronavírus....

Fabio deve mesmo tentar prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   O DEM do governador Mauro aposta todas as fichas na candidatura do empresário Fábio Garcia (foto) a prefeito de Cuiabá. Até sexta ele deve responder "sim" ao partido. Fabinho, como é conhecido, é um dos integrantes do núcleo de confiança do governador. Inclusive foi...

No marketing de Pivetta para Senado

bruno bini 400 curtinha   O cineasta e publicitário Bruno Bini (foto) deve comandar o marketing da campanha ao Senado do vice-governador Otaviano Pivetta. As negociações estão praticamente fechadas. Antes da pandemia, em fevereiro, Pivetta estava em negociação com Antero de Barros. A última campanha...

Jogada de vereador pra conseguir vice

thiago muniz 400 curtinha   O vereador de 2º mandato Thiago Muniz (foto), primo do ex-prefeito Percival, resolveu se lançar pré-candidato a prefeito de Rondonópolis pelo DEM como estratégia para manter o nome nas discussões majoritárias e na esperança de ser convidado para vice de alguém....

MDB fechado com Pivetta à senatória

joao jose 400 curtinha   O médico e deputado estadual João José (foto), do MDB, disse nesta segunda, em entrevista às jornalistas Lídice Lannes e Andhressa Barboza, em live do RDTV, tv web do portal Rdnews, que o seu partido está fechado no apoio à candidatura de Otaviano Pivetta ao Senado, na...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.