Executivo

Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2010, 13h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Ager

Irmão de ouvidor fatura R$ 1,7 mi; Mendes nega interesse

   Contratada pela Ager pela bagatela de R$ 1,7 milhão, a Oscip Brasil Essencial também teria como sócio José Sabo Mendes, irmão do próprio ouvidor-geral da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso (Ager), Francisval Mendes. O contrato é assinado pelo presidente da Oscip Argon Noberto Filho, juntamente com a presidente da Ager Márcia Vandoni e Francisval. A agência contratou a Oscip Brasil Essencial para fazer adequações, principalmente em seu regimento interno. Esse termo de parceria, assinado em 14 de janeiro, vem provocando verdadeira reviravolta, com repercussão principalmente na Assembleia Legislativa, onde o deputado Dilceu Dal Bosco (DEM) ameaça apresentar requerimento com 12 assinaturas para a criação de uma CPI a fim de investigar a Ager e os contratos feitos pela entidade estadual.

   O certame, que apontou a Oscip Brasil Essencial como vencedora da concorrência, tem causado polêmica. Muitos questionam o valor empregado, argumentam que não há necessidade na contratação e, por fim, reforçam que há suposto beneficiamento de determinadas pessoas, num jogo de cartas marcadas. Ouvido pelo RDNews, Francisval nega a existência de interesse pessoal na parceria, mas confirma a existência de comentários “maldosos” que vinculam o seu nome à contratação. “Não vi o nome dessa pessoa (José Sabo) no contrato. Estão querendo forçar essa relação, estão dando tiro no escuro. Esses comentários são maldosos”, se defende Francisval.

  Segundo ele, os comentários até o apontam como um dos proprietários da Oscip, assim como outros membros de sua família. “O processo licitatório é público. Não sei porque estão criando essa polêmica, todo o procedimento foi legal e essa empresa saiu vitoriosa”, argumenta o ouvidor-geral. Ainda segundo ele, em nenhum momento do processo licitatório aparece o nome de alguém da família Mendes. “O nome do José Sabo não consta. Não existe essa correlação”. Apesar da Ager assegurar que a licitação foi feita dentro da legalidade, nos bastidores há rumores que a parceria pode ser cancelada devido à polêmica envolvendo a contratação do serviço.

   Na prática, a Oscip terá a missão de resolver algumas questões relacionadas à capacidade operacional, verificar se há necessidade de realizar concurso público e qual será o número de vagas a serem abertas, além de fazer o planejamento da implementação do Plano de Cargos e Salários da Categoria. A Ager argumenta que assim atenderá determinações do Ministério Público do Trabalho e do Tribunal de Contas. A parceria tem duração de um ano. Hoje, a Ager tem 35 servidores concursados e outros 13 comissionados.


Termo de parceria assinado entre Ager e Oscip terá validade de 1 ano; convênio adequa agência a exigências do TCE e MP

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • gerson | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 21h41
    0
    0

    Enquanto nos cidadãos sentimos o peso dos impostos, nossos gestores publicos, se conluiam para meter a mão na grana. Pobre Povo, fica calado e acedita tudo numa boa. Isso Um dia vai mudar com certeza ai a giripoca vai piar

  • Sérgio Potrich | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 17h27
    0
    0

    Nossa, lendo todo o texto do tal acordo, dá pena da lingua portuguesa e da concordancia verbal....... Que coisa, ninguem revisa estes documentos que são públicos ? Que exemplo.........

  • Sérgio potrich | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 17h03
    0
    0

    Meu Deus....... Esta empresa fará readequações e etc.etc.etc..., dizendo que está "escrita" no CNPJ........ou seria "inscrita" Pelo amor de Deus......que qualidade de trabalho poderá alguem assim, apresentar........ vão aprender a escrever primeiro.......

  • Titão | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 18h09
    0
    0

    É simples... O Francisval é Irmão do José Sabo Mendes, que é Sócio do Árgon Pai. É só investigar. O escritório fica nas mediações da Estrada do Moinho.

  • Raiana | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 12h22
    0
    0

    Acho que tudo isso não passa de briga politica, toda vez que alguém faz um bom trabalho os nossos "queridos" políticos se encomodam. A equipe da AGER/MT está de parabêns pelos trabalhos desenvolvido no estado, não acredito que nenhum de seus dirigentes esteja envolvido em uma sujeira dessa. Mais uma vez Parabêns equipe da AGER/MT.

  • Drª Graziele | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 11h33
    0
    0

    Povo da AGER!!! Adivinhem quem está por tráz disto? Vou dar 3 dicas (molesa): 1. O seu sonho é ser Presidente da AGER; 2. Já trabalhou na SINFRA; 3. É fanho. Quem será??? Na próxima participação minha, neste site, revelarei o nome com letras "GARRAFAIS".

  • Drª Graziele | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 11h15
    0
    0

    Povo da AGER!!! Adivinhem quem está por tráz disso tudo? Vou dar 3 dicas (moleza): 1. O seu sonho é ser presidente da AGER; 2. Já trabalhou na SINFRA; 3. É fanho. Quem será??? NA próxima participação neste site, revelarei o nome com letras "GARRAFAIS".

  • Drª Graziele | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 10h12
    0
    0

    Drª Graziele, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Dany | Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2010, 22h52
    0
    0

    Tem que abrir uma CPI senhor Dal Bosco para apurar pq o Nobre Dep. consegui casa no CONDOMINIO bOSQUE DOS iPES SUBSIDIADA COM RECURSOS PUBLICOS (ESTADO) JUNTAMENTE COM MAIS DOIS PARENTES SEUS.

  • Carlos Eduardo | Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2010, 21h37
    0
    0

    Carlos Eduardo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

Critério para definir candidatura em VG

fabio tardin 400 curtinha   O presidente da Câmara de Várzea Grande e filiado ao DEM, Fabinho Tardin (foto), sonha com a cadeira de prefeito, mas não tem apoio dos Campos para concorrer à sucessão municipal. Como Lucimar Campos não pode buscar o terceiro mandato seguidamente, o grupo liderado pelo senador...

Prefeito de Lacerda, projeto e derrota

alcino curtinha 400 pontes e lacerda   O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Pereira Barcelos (foto), resolveu dar de ombro para a Câmara Municipal sobre um projeto de grande alcance social e perdeu feio na queda-de-braço. Contrariando a vontade do prefeito, os vereadores aprovaram a proposta, apresentada pelos colegas Pedro Vieira e...

MPE antes e depois de Maluf no TCE

jose antonio borges 400 curtinha   Antes, membros do MPE fizeram esforço para impedir a nomeação de Guilherme Maluf como conselheiro do TCE, sob argumento de que não detinha notório saber jurídico, contábil, econômico e financeiro e ainda carrega vários processos judiciais nos ombros....

Fatura por média e multa à Energisa

thiago 400 ager curtinha   Após fiscalização no 2º semestre do ano passado, a Ager-MT multou em R$ 14,4 milhões a Energisa. Descobriu-se irregularidades na área comercial da concessionária de energia. Thiago Bernardes (foto), coordenador Regulador de Energia da Agência, explica que, no trabalho...

PS-VG e revolta por falta de médicos

marcondes curtinha 400   Principal calcanhar de Aquiles do 2º maior município do Estado, que registra hoje cerca de 200 mil habitantes, o Pronto Socorro de Várzea Grande não está recebendo pacientes ortopédicos e nem ginecológicos em sua porta de entrada. É que a unidade não tem...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.