Executivo

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2020, 11h:05 | Atualizado: 25/02/2020, 08h:02

inconformado

Irritado, Pátio diz que Bolsonaro não tem política de moradia e culpa MT - vídeo

ZÉ DO PÁTIO DISCURSO CONTRA BOLSONARO

Prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio explica o motivo de não estar entregando casas populares e sim comprando terrenos: não temos política habitacional 

O prefeito de Rondonópolis Zé Carlos do Pátio (Solidariedade), que nunca escondeu sua simpatia pela esquerda, aproveitou um evento da Prefeitura para “descer o cacete” no Governo Jair Bolsonaro. Também aproveitou  para elogiar feitos das gestões petistas.

Ele disse que o povo nordestino “votou certo” e criticou o resultado nas eleições de 2018 na região Centro Oeste. Isso porque o petista Fernando Haddad venceu Bolsonaro em todos os Estados do Nordeste e aqui na região perdeu.

No discurso, o prefeito afirmou que Rondonópolis construiu 12 mil casas populares nos governos de Lula e Dilma Rousseff, fazendo menção ao programa Minha Casa, Minha Vida. Afirmou ainda que o atual governo não possui política habitacional.

“Por isso, não estou construindo casas, estou dando terrenos. O povo humildade merecia casas, mas não tem política habitacional nesse país”.

Na sequência, culpa Mato Grosso por votar errado. "Eu quero dizer para vocês que isso também é culpa nossa, aqui da região Centro Oeste. O povo do nordestino votou certo, votou em massa no candidato dos pobres e dos humildes e nós do Centro Oeste votamos nesse que está ai”.

Pré-candidato à reeleição, Pátio levou o Solidariedade ao Bloco Democrático e Popular - PSB, PCdoB, Solidariedade, PT, Pros, Rede, e PV - que se articula para lançar candidatura única ao Senado na eleição suplementar marcada para 26 de abril.

Em outubro, participou da comemoração do aniversário de 74 anos de Lula, realizado pelo PT de Rondonópolis, quando foi filmado cantando “Lula Lá”, junto com petistas e militantes de movimentos sociais e partidos de esquerda.

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • naldo | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 23h11
    0
    1

    Alexandre, como você é idiota!

  • naldo | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 22h11
    1
    2

    Rondonopolitano, como você é ignorante, estúpido, mau-caráter.... Conhece nada! Tem memória muito curta, cara!

  • GILMAR DE PAULA | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 20h26
    4
    3

    Pelo visto o Zé "gritaria" resolveu de público explicar o seu sucesso em várias eleições: "o eleitor de Mato Grosso NÃO sabe votar". Quanto aos nordestinos, na última eleição presidencial, a maioria optou por votar no "pau mandado" do semi-alfabetizado, propineiro, pixulestreiro, chefe da bandidagem do mensalão e do petrolão, "bon vivant" que distribuiu uma montanha de dinheiro do BNDES para republiquetas comunistas da África e das Américas algumas das quais agora são ditas caloteiras. O biltre que até há pouco tempo degustava quentinhas no xadrez da PF em Curitiba, agora, provisoriamente livre da cadeia, anda pelo Brasil como um cão raivoso destilando ódio e pregando violência. Esse é o ídolo do Zé! O Pátio grita, grita, grita e pior, tem idiotas que levam a sério essa lorota toda.

  • Zildomar | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 19h01
    4
    3

    Uma coisa eu sei: o governo do Bôzo até o final do mandato estará beneficiando somente os militares, militar é corporativista? senão vejamos: 1) concedeu perdão judiciário a todos os militares envolvidos em crimes sem qualquer critério; 2) Aumentou o alto salário da cmaúpula da Polícia federal; 3) Alterou a constituição permitindo acumulo de cargo de militar com outros cargos. E para os pobres: a reforma da previdência e podemos acreditar que será nessa toada enquanto isso os filhos do Bôzo estão nadando no dinheiro, é bonito isso?

  • Reginaldo Pinheiro | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 11h36
    7
    5

    Pátio pode ir das palavras á ação, do discurso á prática...candidate ao senado na eleição suplementar de abril e traga Lula a Mato Grosso como cabo eleitoral, aí verás que o ícone da esquerda sequer pode pegar um vôo regular, já que por onde passa é vaiado e chamado do que ele é...Ladrão condenado por 3 instâncias, sendo a última, o STJ, por unanimidade. Isso é fato.

  • Rondonopolitano | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 07h09
    10
    6

    O PT É O MAIOR CÂNCER DO PLANETA TERRA. E ESSE PREFEITOZINHO ACABOU DE JOGAR A PÁ DE CAL NA SUA CARREIRA DE POLITICAGEM. ACORDA POVO DE RONDONOPOLIS

  • Servidor Público | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 07h03
    9
    5

    Pela fala desconexa defendendo um governo que roubou mais que a máfia italiana defendendo luladrão e dilmanta percebe-se claramente que está com depressão e precisa de tratamento. A FALTA DE CORRUPÇÃO NO GOVERNO BOLSONARO O RSTA DEIXANDO LOUCO

  • alexandre | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 06h59
    8
    5

    E todo esse crescimento econômico, graças ao boom das comodites, não foi graças ao Lula, foi desperdiçado com Mensalão, petrolao, corrupção, obras em Cuba e países bolivariano, populismo, refinaria de passadilma, populismo e deixou 14 milhões de desempregados, o pobre perdeu a casa, porque perdeu o emprego, ou a cada caiu por construção ruim, o PT gastou todo o dinheiro do Brasil..

  • naldo | Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2020, 20h01
    4
    15

    É isso mesmo! A verdade doi, O ranço contra o PT é um câncer. Pessoas que nada mais sabem do que disseminar o ódio e se acham os donos da verdade.

  • Marcos | Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2020, 18h42
    0
    1

    Marcos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Redes sociais, lives e efeito colateral

Em tempo de coronavírus, as redes sociais têm sido fundamentais para disseminar informações. As plataformas são utilizadas, por exemplo, para realização de coletivas, mas, nesta segunda (6), houve um efeito colateral. O governador Mauro Mendes e o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo foram "vítimas" de ferramenta de animação do Facebook. Os dois falavam sobre ações para combater a doença...

DEM agora sem amarras dos Campos

frankes siqueira curtinha 400   Sem o controle absoluto dos Campos, como nas últimas duas décadas, desde quando era PFL, o DEM, que não elege vereador em Cuiabá desde 2004, vive melhores expectativas, agora sob comando da ala ligada ao governador Mauro. É presidido pelo secretário de Estado de Governo,...

O pulo de Elias do PSDB para o DEM

elias santos 400 curtinha   Elias Santos (foto), irmão do deputado Wilson, agiu como estrategista na construção de sua pré-candidatura a vereador por Cuiabá. Concluiu que teria mais dificuldades de obter êxito nas urnas no PSDB porque os dois vereadores tucanos que vão à...

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.