Executivo

Sexta-Feira, 30 de Abril de 2010, 15h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

POLÊMICA

Jayme defende que o MPF investigue compra superfaturada

Jayme Campos    O Ministério Público Federal deve investigar as denúncias de superfaturamento relativas à compra de 705 máquinas pelo governo estadual com dinheiro proveniente de um financiamento do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O pedido foi encaminhado nesta quinta (29), pelo senador Jayme Campos (DEM), em discurso inflamado da tribuna do Senado. O escândalo continua repercutindo nacionalmente. A senadora Serys Marly também cobrou providências.

   No Congresso, o pedido de investigação de Jayme recebeu o apoio dos senadores Augusto Botelho (PT-RR), Romeu Tuma (PTB-SP) e Geraldo Mesquita Júnior (PMDB-AC). "Olha a que ponto chegou: a empresa dizendo que tinha que superfaturar para poder pagar a propina", criticou o Jayme. Para ele, trata-se de "um escândalo de proporções colossais".

   O senador ressaltou o fato do Ministério Público Estadual, juntamente com a auditoria feita pelo Estado, ter apontado a existência de um sobrepreço de R$ 26 milhões. Foram aplicados R$ 241 milhões na compra de 408 caminhões e quase 300 máquinas para recuperação e manutenção de estradas, entregues em solenidade “pomposa” pelo então governador Blairo Maggi (PR), pré-candidato ao Senado, aos prefeitos dos 141 municípios.

   Jayme integra o grupo que apoia a pré-candidatura do ex-prefeito da Capital, Wilson Santos (PSDB), ao governo. Ele reforçou que os caminhões foram comprados a um preço médio de R$ 243 mil, enquanto veículos idênticos poderiam ser encontrados por R$ 188 mil a R$ 192 mil nas concessionárias de Cuiabá.

   Ele aproveitou a oportunidade para criticar o secretário-chefe da Casa Civil, Eder Morais, devido ao fato dele ter assegurado que as vencedoras da licitação já foram notificadas e estão ressarcindo o erário. Cerca de R$ 6 milhões já foram recuperados. "Isso soou como uma carta de um réu confesso", criticou.

   Jayme solicitou que o governador Silval Barbosa (PMDB) apresente um demonstrativo da aplicação do recurso devolvido. Além disso, pediu o afastamento imediato dos secretários estaduais de Infraestrutura e de Administração, Vilceu Marchetti e Geraldo De Vitto, respectivamente, responsáveis diretos pela licitação. Especula-se, nos bastidores, que os dois podem ser exonerados do cargo a qualquer momento. A Delegacia Fazendária já abriu um inquérito para investigar os indícios de crimes de fraude à licitação e peculado.

Postar um novo comentário

Comentários (29)

  • jose simao | Terça-Feira, 11 de Maio de 2010, 10h05
    0
    0

    jose simao, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joao bosco | Sábado, 08 de Maio de 2010, 10h00
    0
    0

    joao bosco , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • JOTA RIBEIRO | Segunda-Feira, 03 de Maio de 2010, 17h19
    0
    0

    JOTA RIBEIRO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • fernando | Segunda-Feira, 03 de Maio de 2010, 14h27
    0
    0

    é o reboleitchan reboleitchan, é o embromeitchan, ta chegando as eleiçoes e os politicos continuam no embromeitchan...e ai jaime o DEM vai manter o pessoal no atual governo do estado?

  • FRANCISCO | Sábado, 01 de Maio de 2010, 13h13
    0
    0

    FALAM DO SENADOR JAYME CAMPOS MAIS QUE CADE PROVA QUE ELE ROUBOU DINHEITO PUBLICO, EU NUNCA VI A FAMILIA CAMPOS SER NOTICIA A NIVEL NACIONAL DE SUPERFATURAMENTO COM DINHEIRO PUBLICO, JULGAR UMA PESSOA SOMENTE POR ODIO É MUITO MAL. O SENADOR JAYME CAMPOS PARA MIM É UMA PESSOA MUITO JUSTA E HONESTA NÃO É ATOA QUE ELE FOI 03 VEZES PREFEITO DO SEGUNDO MAIOR MUNICIPIO DE MT, GOVERNADOR DO ESTADO E SENADOR DA REPUBLICA TUDO ELEITO PELO VOTO DIRETO PELO POVO DE MT. AGORA VEJAMOS ESSE GOVERNO ATUAL QUE VEIO QUEBRAR PARADIGMAS, DIZ SE O HOMEM MAIS RICO DE MT É QUE NÃO PRECISA DE DINHEIRO PUBLICO TAI NO QUE DEU NOTICIA A NIVEL NACIONAL.

  • Jedae | Sábado, 01 de Maio de 2010, 11h14
    0
    0

    Empresa com dívida de R$ 3,5 milhões em ICMS vendeu caminhões, para Blairo Maggi. Como pode isso???

  • wagner vinicius | Sábado, 01 de Maio de 2010, 08h09
    0
    0

    esse jaime campos bobo alegre,vcs campos estao mortos politicamente vc mamou na teta quantos anos.o wilson pinoquio dos santos chamou julio de bicha no passado e agora querem ter a razao.dessa vez vcs morrerao abracao como no terremoto no haiti.

  • Nelson Britoc | Sábado, 01 de Maio de 2010, 06h49
    0
    0

    Esse Jaime, deveria calar a boca e terminar com seu mandato de Senador, e preparar o lombo para a "Taca do Pedro Taques". Senhro Campos, o povo não aprova mais a volta dos Campos e nem Wilson . Espere pra ver, mande os seus contadores ir arrumando a sua vida, pois olho por olho, dente por dente.

  • Rosandro | Sexta-Feira, 30 de Abril de 2010, 22h35
    0
    0

    Senhor jaime campos! Eu acompanho a politica de mato grosso a mais de 20 anos e me lembro que o senhor é filho de um comerciante da VG e ai derrepente o senho não ganhou na sena. Derrepente esta mesma politica que acompanhamos, aparece figurando, como um dos grandes pecuaristas de MT e dono até de frigoríficos a figura do eminente senador , o honesto Jaime campo. e a receita federal do Brasil? continuará aceitando estes enrriquecimentos? Heee seu Fióte, seus filhos são os máximos....rsrsrsrsrsrs

  • Manoel | Sexta-Feira, 30 de Abril de 2010, 21h35
    0
    0

    Não quero saber se Jaime campos tem telhado de vidro ou não! Um erro não justifique o outro. Sei que o fato ocorrido é escandaloso. O jornal nacional mostrou, e a coisa é cabeluda... Será que só os secretários têm culpa no cartório!?

Prefeitos revoltados com Neurilan

neurilan fraga 400 curtinha   Vários prefeitos, especialmente os recém-eleitos, se mostram revoltados com novas manobras promovidas no estatuto da AMM pelo seu "eterno" presidente Neurilan Fraga (foto), que tenta, de todas as formas, se auto-beneficiar na eleição que deveria ocorrer em janeiro, mas que foi antecipada...

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...