Executivo

Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 15h:14 | Atualizado: 04/02/2019, 15h:39

Reunião em Brasília

Lei Anticrime atende demanda de MT, diz secretário após agenda com Sérgio Moro

Mayke Toscano

Mauro seguran�a

Bustamante apresentará Lei Anticrime ao governador e  cúpula da Segurança Pública de MT

O secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre Bustamente, representou o governador Mauro Mendes (DEM) na reunião promovida pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, para apresentar aos governadores e secretários de Estado o projeto de Lei Anticrime que será enviado ao Congresso Nacional. O encontro foi realizado em Brasília, na manhã desta segunda (4).

Bustamante afirmou que as propostas de Moro atendem as necessidades de Mato Grosso, principalmente em assuntos relacionados ao  sistema prisional e audiências de custódio. Informou ainda que vai repassar  as informações do encontro com o ministro da Justiça ao governador para discussões com o secretariado e a bancada federal.

 “A reunião com o ministro foi muito proveitosa. Foram apresentadas propostas de alteração penal e processual penal. Os governadores poderão apresentar propostas ao Congresso Nacional. As propostas buscam fazer um endurecimento contra o crime organizado, a corrupção e as organizações criminosas de forma que não sejam mais permitidas as benesses da lei para esses tipos de crime”, afirmou Bustamante.

“Vou levar as propostas ao governador Mauro Mendes para discutir com o staff e com os deputados e senadores de Mato Grosso. Em principio, atende as necessidades de Mato Grosso no que diz respeito ao sistema prisional e ao sistema processual penal. Dá uma celeridade maior e consegue organizar as audiências de custódia de forma a ficar mais justa”, completou.     

Lei Anticrime

As propostas buscam fazer um endurecimento contra o crime organizado, a corrupção e as organizações criminosas de forma que não sejam mais permitidas as benesses da lei para esses tipos de crime

Secretário Alexandre Bustamante

Em um projeto só são propostas alterações em 14 leis, como Código Penal, Código de Processo Penal, Lei de Execução Penal, Lei de Crimes Hediondos, Código Eleitoral, entre outros. Segundo o Ministério da Justiça, o  objetivo é combater de forma mais efetiva a corrupção, crimes violentos e o crime organizado, problemas enfrentados pelo país e que são interdependentes.  

O projeto, segundo Moro, adequa a legislação à realidade atual.  Com isso, dá  mais agilidade no cumprimento das penas, tornando o Estado mais eficiente e diminuindo a sensação de impunidade.

Mais cedo, antes do encontro com os governadores,   Moro conversou sobre o projeto com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O encontro com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), deve ocorrer ainda nesta semana.

O texto do projeto já havia sido apresentado e discutido pelo ministro com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL).  Agora, está na Casa Civil para análise e envio ao Congresso Nacional.

 Mudanças propostas

As principais mudanças propostas pela Lei Anticrime são Efetividade no cumprimento de penas; Confisco de produtos do crime; Combate às organizações criminosas; Maior efetividade do Tribunal do Júri; Soluções negociadas; e Aprimoramento das investigações. (Leia aqui a íntegra do projeto)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • augustos | Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 06h48
    0
    0

    tudo não passa de show de marketing da União, e empurra para os Estados a conta, cadê os presídios para comportar, É O CASO DO PROJETO DE LEI PREVê a responsabilização da UNIÃO para custear os presidios e penitenciaria - sõ por exemplo em Mato Grosso a união não tem uma cela, todos os seus presos são custeados por MATO GROSSo, PODE ISSO, o momento é agora de fixar na lei a obrigação dos repasses - cade os juizes corregedores dos presidios, os promotores e a saudosa OAB

Matéria(s) relacionada(s):

Manobra e esperteza de uma senadora

Selma Arruda ganhou o noticiário nacional por causa de uma iniciativa marcada pela esperteza. Apresentou na segunda uma emenda ao projeto dos partidos que abria brecha para beneficiá-la num processo eleitoral que pode resultar na cassação do seu mandato. O texto do projeto, segundo informa o Estadão, foi posto em discussão no Senado nesta terça, mas foi derrubado. Assim que foi questionada sobre a alteração que propunha, a senadora...

Análises animadoras sobre gestão EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   A equipe estratégica do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), que vem analisando erros e acertos da administração em Cuiabá, ficou entusiasmada com resultado de pesquisas qualitativas internas que não só trazem o prefeito com boa avaliação e com chances reais de...

Dodge confunde MT com Maranhão

Raquel Dodge_curtinha   Em seus últimos dias à frente da PGR, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deixou passar uma gafe no parecer que deu contra a ação que visa revogar limitação da RGA dos servidores públicos de MT. Ao citar que a ação trata da...

Wenceslau Jr age com oportunismo

wenceslau curtinha   O presidente da Fecomércio-MT, Wenceslau Júnior (foto), cotado para disputar a Prefeitura de Cuiabá pelo PSL em 2020, agiu com oportunismo ao se aliar aos vereadores da oposição para trazer o prefeito de Colatina (ES) Sérgio Menghelli para palestrar com objetivo de “queimar”...

Deputados devem "matar" as sessões

A tendência é das quatro sessões ordinárias da semana não ocorrerem na prática. Em princípio, os deputados estavam mobilizados para uma audiência pública nesta terça com vistas a discutir a LDO-2020, mas foi transferida para o próximo dia 30. Como na semana passada, os parlamentares participaram do que chamam de mutirão convocado pela Mesa Diretora, sob pena de terem salário cortado, e votaram 53 projetos...

Filiação no Senado e ato em Cuiabá

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda (foto), com mandato de senadora cassado desde abril pelo TRE e no cargo por força de recursos no TSE, se filia oficialmente ao Podemos nesta quarta, às 14h, no Salão Azul, do Senado, logo após participar de um almoço com as principais lideranças do seu novo partido....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.