Executivo

Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 12h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Eleições 2010

Líder do prefeito diz que PSDB busca acordo para ter Taques no palanque

Pedro Taques, procurador da República   Na falta de nomes para contrapor a candidatura do governador Blairo Maggi (PR) ao Senado, o líder do prefeito na Câmara, vereador Paulo Borges (PSDB), defende que o procurador da República em São Paulo, Pedro Taques, concorra ao cargo pelo principal grupo de oposição, formado por PSDB, DEM e PTB. Na avaliação do parlamentar tucano, Taques seria uma grande aquisição para a sigla. “Acredito que é um nome de peso. O PSDB tem muito interesse na vinda dele para o partido”, confirma Borges, que é um dos responsáveis por cooptar apoio para a candidatura do prefeito ao Palácio Paiaguás. As afirmações dele confirmam as articulações de membros do PSDB para levar Taques para a siga. A comissão de “escudeiros” do gestor tucano é liderada pelo irmão de Wilson, ex-prefeito de Novo Airão (AM) e ex-deputado no Amazonas, Hilton Santos.

   Ele trabalha no “QG” do prefeito e conta com aliados de peso na empreitada, como o ex-secretário de Trânsito e Transportes de Cuiabá, Oscar Soares, e o secretário adjunto de Educação, ex-vereador e ex-líder do prefeito na Câmara, Permínio Pinto. Os três têm a missão de conversar com empresários, políticos e lideranças para viabilizar a candidatura de Wilson ao Palácio Paiaguás. Outro que faria parte do grupo “pró-Wilson” é o ex-secretário estadual de Cultura, da gestão Dante de Oliveira, Jurandir Antônio Francisco.

   Junto a Pedro Taques, as conversações estão bastante adiantadas, mas ele ainda não se decidiu porque também é cortejado pelo PDT, presidido por Otaviano Pivetta, que apoia a pré-candidatura de Mauro Mendes (PSB).  Em todos os encontros com as duas siglas, Pedro Taques tem deixado claro que não aceita compor com um partido que se coligue com o PP, do presidente da Assembleia Legislativa José Riva. O procurador da República mostra que teme ingressar no PSDB devido à parceria firmada por Wilson com o empresário Valdir Piran, da empresa factoring Piran Sociedade de Fomento Mercantil Ltda, ligado a Riva, o que poderia sinalizar que o PP caminhará com os tucanos.

   Taques quer se cercar de todas as garantias e já teria conversado até com as executivas nacionais do PSB e do PDT, mas, por enquanto, nada teria sido definido. A tendência é que ele bata o martelo somente no próximo mês, quando haverá um desenho mais concreto sobre as alianças partidárias.

   Além de Taques, os tucanos batem duro para convencer o colega de partido, ex-senador Antero Paes de Barros, a encabeçar uma disputa à senatória. Por enquanto, ele faz suspense. Há quem diga que no início de fevereiro Antero deva anunciar que é pré-candidato a vaga de senador. Para muitos, sua candidatura é essencial. Outros ponderam que é necessário que haja renovação, já que a chapa que se desenha representaria a velha guarda tucana. “A prioridade do PSDB é convencer Antero, mas também trabalhamos o nome de Taques”, disse Borges.

Postar um novo comentário

Comentários (19)

  • Manoel | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 14h04
    0
    0

    Manoel, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • jaci pericles | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 13h42
    0
    0

    Dr. Pedro Taques, já declarei meu voto ao Sr. Mas, pelo amor de Deus, junto com os tucanos...não ... era só o que faltava... vai pro lado da esquerda... pc do b... e outros aí ou pr...ou pp.. sei lá meno passarinho........cuidadoooooo,,,,

  • jeanbruno | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 12h52
    0
    0

    WILSON PINOQUIO GOVERNO,VALDIR PIRAN VIÇE,AVALONE PAÇEMAS DEPUTADO ESTADUAL,ESSA COMPOSICAO É BOA.FEDERAL NELES.

  • Marcos | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 17h46
    0
    0

    Pedro Taques e Antero podem contar com meu voto e de minha família para o Senado.

  • j.s.s | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 17h28
    0
    0

    PEDRO TAQUES, esse tem juizo e não será com PSDB, que vai se juntar não, muito menos com Wilson Santos e Piran.

  • José Estavão Neto | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 16h57
    0
    0

    Se isso acontecer,eu rasgo meu Titulo...eu não posso acreditar que uma pessoa que acusou os tucanos de esquema com Arcanjo,unir-se a eles em um mesmo ninho.Aí já é demais!!Na politica nem tudo é permitido e uma coligação dessas,se for concretizada,já é brincar com a inteligencia do eleitor.

  • Donizete F Nascimento | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 16h51
    0
    0

    Estou certo que o Dr. Pedro Taques seria excelente nome para o Senado.Como seu virtual eleitor,esperarei pra ver onde ele estará e se será coerente com sua vida até aqui.Os ficha-suja não serão boa companhia,com certeza.

  • JOSÉ SIMÃO | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 16h41
    0
    0

    O PSDB JÁ TEM NOMES DE PESO, O PRÓPRIO WILSON SANTOS, ANTERO DE BARROS, AVALONE, A THELMA DE OLIVEIRA, É TANTO PESO QUE O PSDB ESTA NO FUNDO DO POÇO, O FINAL DESSE PARTIDO É SOMENTE A PREFEITURA DE CUIABÁ E NADA MAIS, TER ALGUM COMANDO EM MATO GROSSO NUNCA MAIS,.......DR. PEDRO TAQUES......., SAI FORA DESSE NINHO DOS TUCANOS).

  • Luciana | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 15h49
    0
    0

    É bom esse partido achar alguém com peso mesmo, se quiser ter algum candidato eleito

  • ondino lima neto | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 15h27
    0
    0

    caro pedro, se voce quiser ser senador esqueca essa historia de que no palanque de fulano eu nao subo. porque senao voce vai e subir num pe de coco e perder a eleicao, digo com a propriedade de ser seu eleitor.

Contrato para tocar eventos do TCE

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Guilherme Maluf, fechou um contrato anual com a Infortouch Agência e Comunicação, Eventos e Produtos Alimentícios, aproveitando ata de registro de preços  do Tribunal de Justiça de MT, com adesão-carona num processo de 2019. A empresa vai faturar R$ 376,9 mil para atender demandas do TCE em toda logística de eventos, envolvendo as etapas de planejamento,...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.