Executivo

Quinta-Feira, 04 de Fevereiro de 2010, 22h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Avaliação

Maggi "derrapa" no discurso verde

   A menos de dois meses de deixar o comando do governo do Estado, Blairo Maggi (PR) sai arranhado na área ambiental. Após passar anos tentando deixar de ser o vilão do meio ambiente, o gestor deu a entender, nesta quinta (4), durante lançamento do novo parque gráfico do Grupo Gazeta de Comunicação, que se forem levados em conta todas as normas ambientais, não se pode construir mais nada. O governador se referiu ao fato do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) ter questionado a dispensa do Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) para a duplicação da MT-251.

   O republicano explicou que o órgão federal tem competência para falar só sobre a zona-tampão, o equivamente a até 10 quilômetros do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães. Ele garante que a duplicação não vai passar disso. Quanto ao fato de o instituto apontar que as obras não podem recomeçar sem licenciamento porque existem no trajeto da MT-251 unidades de conservação, inclusive estaduais, Maggi voltou a afirmar que o órgão federal tem competência apenas para atuar no âmbito federal.

   Para ele, nao é problema do governo a decisão do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema) de dispensar o EIA/Rima. Ele demonstrou irritação quando informado de que a falta do estudo ainda é considerado um problema para o instituto. “Desse jeito não será possível construir mais nenhum prédio em Cuiabá”.

   Apesar de descontraído, Maggi resolveu ser cauteloso ao falar de outras áreas. Uma delas foi o balanço de seu governo. Ele comentou que é cedo para fazer uma análise, mas que a fará na hora certa. O chefe do Executivo adianta que não se arrepende de nada do que não fez. Ele acredita que vai deixar o governo com a sensação de dever cumprido. "Fiz o que foi possível”, ponderou. “Claro que ainda falta muita coisa a ser feita. Mas não deu para fazer mais”, avaliou. Perguntado sobre os conselhos que vem dando ao vice Silval Barbosa sobre em relação à administração estadual, Maggi foi direto. “Dou apenas um conselho: não tire o olho do governo”.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Éber José de Oliveira | Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 10h20
    0
    0

    Apesar de snão ser eleitor do atual Governador, e nem de votar no seu indicado, eu concorso com ele quando afirma que se for fazer as vontades de ONGs e ambientalistas, não se faz mais nada. Qurem parar obras, fazer bagunça, proibir obras necessárias. Geralmente o pessoal que se mete nisso ainda vive naquela velha ideologoa do Paz e amor, do naturalismo, etc. Já passou da hora de dar um breca nesse discurso policitamente correto de ambientalismo "exagerado", onde tudo é proibido, onde meia dúzia de descendentes de indios (que já são brancos faz é tempo) ficam sendo usados pra segurar enormes áreas improdutivas. Não prego a destruição do meio ambiente, mas sim o desenvolvimento em todos os sentidos, e aí, algum sacrifício tem que ser feito, não há como assobiar e chupar cana ao mesmo tempo.

  • Fabio Paceco | Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 10h13
    0
    0

    Sou contra o desmatamento de areas grandes, porem na duplicação da rodovia sao nao mais do que 35 metros de largura por alguns kilometros nao vejo como isso possa ACABAR com o MEIO ANBIENTE isto na minha opnião é um despropósito, existe muito interesse politico nesse assunto, penso q haja outras urgencias ambientais q mereção a atençao e nao esta picuinha.

  • Pedro Paulo | Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 07h12
    0
    0

    Esse sim foi chamado de Motossera de Ouro. Esse apelido não vai apagar nunca da memoria do eleitor, espera esta eleição para o Maggi ver o que vai acontecer. Cade a Educação, Saúde, Segurança e Assistencia Social, eel governou para meia duzia de empresario e familia dele.

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...