Executivo

Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 10h:04 | Atualizado: 17/08/2019, 09h:07

Funcionalismo

Mauro abre números e convence Fórum Sindical sobre crise financeira - veja vídeo

O governador Mauro Mendes (DEM) conseguiu convencer membros do Fórum Sindical de que a situação financeira do Estado está em desequilíbrio, mas que, mesmo diante do caos, é possível analisar reivindicações como pagamento do 13º salário até 20 de dezembro deste ano, pagamento do salário até o dia 10 do mês subsequente ao trabalhado e RGA de 2018 e 2019.

Após a reunião realizada ontem (15), o governador publicou em suas redes sociais um vídeo com membros do Fórum Sindical. “Discutimos nessa reunião a proposta apresentada à educação, falamos sobre a arrecadação do governo e a perspectiva do pagamento do 13º salário em dezembro. Eles também apresentaram reivindicações em uma conversa amistosa, civilizada. Tenho certeza que os servidores vão ser parceiros do Governo para que possamos recuperar, reconstruir, reorganizar, botar ordem na casa do Estado de Mato Grosso”, disse Mauro, otimista.

Oscarlino Alves, que é um dos dirigentes do Fórum Sindical, explicou que a categoria foi ratificar junto ao Governo pautas coletivas, mas ressaltou e elogiou o fato de o governador ter atendido os membros do Fórum.

“Fomos prontamente atendidos pelo governador. De forma improvisada, o governador abriu o celular e mostrou o fundo de caixa do Governo. Isso nunca aconteceu. Nós vimos sofrendo do governo passado por falta de transparência. Mostrou que tem um fluxo de caixa até setembro, que tem dificuldade; a gente passa a analisar essa situação com muita preocupação. Mas existe luz ao fundo do túnel”, disse Oscarlino - assista vídeo.

O sindicalista disse que a “luz no fim do túnel” deve vir de recursos provenientes do empréstimo dolarizado junto ao Banco Mundial, a possibilidade de recebimento do FEX de 2018 e 2019, e a reinstituição dos incentivos fiscais pela Assembleia, que deverá injetar dinheiro novo nos cofres do Governo.

A reunião acontece quase semana depois dos servidores da Educação encerrarem a greve histórica de 75 dias. O movimento foi suspenso depois que Mauro condicionou o pagamento da Lei Complementar 510/2013, que prevê 7,6% de ajuste real aos servidores da educação, assim que o Estado estiver com os gastos com pessoal abaixo de 49% da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Mauro estabeleceu que, quando o gasto ficar abaixo dos 49%, 75% será usado para a Revisão Geral Anual (RGA) para todos os servidores do Estado, e os outros 25% serão aplicados para pagar as leis de carreira.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Paulo bressan | Domingo, 18 de Agosto de 2019, 10h22
    2
    2

    Funcionalismo público a nível brasil cresceu 750% enquanto a população apenas 15% nos últimos 16 anos...mais quem vive do cabide não se interessa por esse número, já que não são eles que sangram diariamente com altíssima carga tributária...precisamos de uma reforma pública urgente...

  • ademar lima | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 22h04
    2
    1

    pensei ter visto tudo esta vida, ledo engano governo que ao longo desses 8 meses ,o fez massacrar os funcioários, com a ajuda do presidente da assembleia aprovando a toque de caixa o pacotão da maldade contra os servidores lembram disso no mês de janeiro.chega ao cúmulo do governo dizer que os funcionário não fazem parte da sociedade mato grossense paro por aqui. rogo a Deus que isso termine.

  • O ATALAIA | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 14h30
    3
    0

    As palavras de Mauro Mendes não dizem nada. São inconclusivas e deixa o dito pelo não dito. Primeiro ele disse que convenceu membros do FS, mas não se sabe foi uma maioria ou minoria, segundo, diz que é possivel analisar possibilidades de pagamento de direitos dos servidores, mas, aem deixar qualquer proposta concreta, só conjeturas.

  • Rosane | Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 16h12
    15
    1

    Se é vdd isso q o governador fala, então o pq os duodécimos dos poderes aqui em MT são os maiores do Brasil.....!!!?? Mas o Governador tem a chance de diminuir esses duodécimos vergonhosos e q desrespeitam o povo mato-grossense drasticamente na LDO.

  • Ildacy | Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 15h43
    13
    3

    O que o governo Mauro Mendes está fazendo para se enquadrar nessa lei de responsabilidade fiscal? Está parecendo criancinha perdida, sem norte, sem plano, sem ação! Transparência! Os salários a menor, atrasados, parcelados, além dos milhares de famílias vai atingir o comércio logo, logo! Diria o poeta: E agora, Mendes? Qual é a sua estratégia?

  • Cidadão Atento | Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 10h24
    22
    5

    Parte vendida do Fórum Sindical. Vergonhoso! Deixou o Sintep na mão, padecendo na mão desse governador! Quem são esses daí? Oscarlino que tá junto com Gisela do PROCON no PROS...a outra barriguda ali representa quem? Certeza que não são os servidores públicos do estado de MT. Vergonhoso!

Prefeito coloca secretarias em alerta

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) colocou em estado de alerta a Defesa Civil e as secretarias municipais de Obras e Serviços Urbanos por causa da chuva torrencial que caiu neste sábado em Cuiabá. Em vários locais, inclusive na região central, como em frente à praça...

Jovem prefeito à reeleição e os Maia

gustavo melo 400 curtinha   Em Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), o mais jovem dos 141 prefeitos mato-grossenses - completa 36 anos no próximo 26 de junho -, está disposto a buscar a reeleição pelo PSB. Mas carrega forte desgaste. O que traz certo conforto para Gustavo é o fato de Maia Neto, que comandou o...

Suposta delação tira sono de Alencar

alencar soares 400 curtinha   A notícia de que o STJ já teria homolagada delação de Sérgio Ricardo caiu como uma bomba. Mesmo depois do ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE vir a público desmenti-la, assegurando não ter motivos para fazer tal colaboração premiada, os efeitos...

SD também deseja Taques ao Senado

pedro taques 400 curtinha   Empolgado com resultado de uma pesquisa interna, na qual estaria bem pontuado, aparecendo entre os preferidos ao Senado, mesmo após deixar o cargo de governador bastante desgastado, Pedro Taques (foto) passou a flertar não só com o Cidadania, conduzido no Estado pelo seu ex-secretário Marco...

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.