Executivo

Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 19h:06 | Atualizado: 29/05/2020, 09h:20

PREFEITURA "MENTE"

Mauro alega que Emanuel não pode ser levado a sério no combate à Covid-19

Tchélo Figueiredo

Mauro Mendes

Governador Mauro Mendes (DEM) acusa o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), de desativar 40 leitos destinados a pacientes da Covid-19 na Capital

 O governador Mauro Mendes (DEM) voltou a atacar o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB). Segundo ele, o emedebista sequer “merece ser levado a sério” e “fica de conversa fiada” no que diz respeito ao combate a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

A irritação do governador foi motivada pela recente declaração de Emanuel sobre débito do Estado de R$ 60 milhões com a Saúde de Cuiabá, que ele nega e acusa a Prefeitura da Capital de “mentir”. Em resposta, Mauro acusou o prefeito de receber recursos e depois desabilitar 40 leitos de UTI.

“Não dá para levar a sério um prefeito que escreve uma coisa e fala outra. Eles escreveram, assinaram, enviaram ao Ministério da Saúde, ao Governo do Estado um Termo de Compromisso dizendo que iam habilitar todos os leitos do novo Hospital Municipal para pacientes de Covid-19, assim como os do São Benedito e do antigo Pronto-Socorro. Ele recebeu dinheiro para isso e agora desabilita os leitos. O prefeito fica de conversa fiada. É muito ruim, no momento em que as pessoas estão morrendo, ele desabilitar 40 leitos”, criticou Mauro Mendes após solenidade de Termo de Cooperação com 25 municípios, realizada na tarde desta quinta (28), no Palácio Paiaguás.

Para comprovar a acusação, Mauro citou um ofício assinado pelo secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho. O documento comunica a desabilitação de 40 leitos destinados a pacientes Covid-19 no Hospital e Pronto-Socorro da Capital.

PageFlips: Desabilitação UTIs Cuiabá

 “Vamos publicar isso. Vamos colocar para a imprensa, para a sociedade. Tenho certeza que o MPE vai fiscalizar, o MPF, o TCE. Então não fique na palavra do governador Mauro Mendes. Chame os órgãos para dizer se foram ou não habilitados esses leitos lá atrás. E agora o prefeito tem um documento pra dizer que não é mais o que ele tinha assinado”, completou o governador.

  Entretanto, o oficio argumenta que a demanda por leitos de urgência e emergência aumentou na Capital. Lembra ainda que a Prefeitura de Cuiabá entrará em contato com o Ministério da Saúde para proceder a devolução dos recursos relativos aos 40 leitos de UTI já repassados pela União referentes aos meses de junho e julho.

Leia a nota de esclarecimento da Prefeitura de Cuiabá

PageFlips: Nota de esclarecimento da Prefeitura de Cuiab

 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Benedita da Silva | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h59
    3
    0

    Elevado ou alçado são sinônimos. No titulo elevado é ser alçado a seriedade e não ao contrário. Entao pelo titulo o governador reconhece o trabalho do prefeito. Afinal quem escreveu o titulo é estagiário? Vocês estão adotando o over qualify?

  • O atalaia | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 20h46
    1
    4

    Emanuel é falastrão, negligente e irresponsável. Não deveria mentir sobte essa questão de reseeva de leito para o COVI -19.

  • Ely | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 20h00
    4
    2

    O prefeito Emanuel foi o primeiro a fazer isolamento social, e merece respeito, cuidou d vidas antes que o cão q hj estar tendo fosse evitado. Parabéns prefeito Emanuel.

  • Crítico | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 19h14
    0
    0

    Crítico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.