Executivo

Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 19h:06 | Atualizado: 29/05/2020, 09h:20

PREFEITURA "MENTE"

Mauro alega que Emanuel não pode ser levado a sério no combate à Covid-19

Tchélo Figueiredo

Mauro Mendes

Governador Mauro Mendes (DEM) acusa o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), de desativar 40 leitos destinados a pacientes da Covid-19 na Capital

 O governador Mauro Mendes (DEM) voltou a atacar o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB). Segundo ele, o emedebista sequer “merece ser levado a sério” e “fica de conversa fiada” no que diz respeito ao combate a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

A irritação do governador foi motivada pela recente declaração de Emanuel sobre débito do Estado de R$ 60 milhões com a Saúde de Cuiabá, que ele nega e acusa a Prefeitura da Capital de “mentir”. Em resposta, Mauro acusou o prefeito de receber recursos e depois desabilitar 40 leitos de UTI.

“Não dá para levar a sério um prefeito que escreve uma coisa e fala outra. Eles escreveram, assinaram, enviaram ao Ministério da Saúde, ao Governo do Estado um Termo de Compromisso dizendo que iam habilitar todos os leitos do novo Hospital Municipal para pacientes de Covid-19, assim como os do São Benedito e do antigo Pronto-Socorro. Ele recebeu dinheiro para isso e agora desabilita os leitos. O prefeito fica de conversa fiada. É muito ruim, no momento em que as pessoas estão morrendo, ele desabilitar 40 leitos”, criticou Mauro Mendes após solenidade de Termo de Cooperação com 25 municípios, realizada na tarde desta quinta (28), no Palácio Paiaguás.

Para comprovar a acusação, Mauro citou um ofício assinado pelo secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho. O documento comunica a desabilitação de 40 leitos destinados a pacientes Covid-19 no Hospital e Pronto-Socorro da Capital.

PageFlips: Desabilitação UTIs Cuiabá

 “Vamos publicar isso. Vamos colocar para a imprensa, para a sociedade. Tenho certeza que o MPE vai fiscalizar, o MPF, o TCE. Então não fique na palavra do governador Mauro Mendes. Chame os órgãos para dizer se foram ou não habilitados esses leitos lá atrás. E agora o prefeito tem um documento pra dizer que não é mais o que ele tinha assinado”, completou o governador.

  Entretanto, o oficio argumenta que a demanda por leitos de urgência e emergência aumentou na Capital. Lembra ainda que a Prefeitura de Cuiabá entrará em contato com o Ministério da Saúde para proceder a devolução dos recursos relativos aos 40 leitos de UTI já repassados pela União referentes aos meses de junho e julho.

Leia a nota de esclarecimento da Prefeitura de Cuiabá

PageFlips: Nota de esclarecimento da Prefeitura de Cuiab

 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Benedita da Silva | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 08h59
    3
    0

    Elevado ou alçado são sinônimos. No titulo elevado é ser alçado a seriedade e não ao contrário. Entao pelo titulo o governador reconhece o trabalho do prefeito. Afinal quem escreveu o titulo é estagiário? Vocês estão adotando o over qualify?

  • O atalaia | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 20h46
    1
    4

    Emanuel é falastrão, negligente e irresponsável. Não deveria mentir sobte essa questão de reseeva de leito para o COVI -19.

  • Ely | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 20h00
    4
    2

    O prefeito Emanuel foi o primeiro a fazer isolamento social, e merece respeito, cuidou d vidas antes que o cão q hj estar tendo fosse evitado. Parabéns prefeito Emanuel.

  • Crítico | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 19h14
    0
    0

    Crítico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

Nomes do DEM para vereador de VG

pablo 400 curtinha   O DEM do casal Jayme-Lucimar, senador e prefeita, respectivamente, é dono da maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com sete dos 21 vereadores. Destes, cinco já estão trabalhando projeto de reeleição, sendo eles Gisa Barros, que era do PSB; Valdemir Bernadino, o Nana; Pedro...

Flerte com candidato de outro partido

selma arruda 400 curtinha   Apesar de estar filiada ao Podemos, a ex-senadora Selma Arruda, que teve o mandato cassado por crimes eleitorais e deixou a cadeira neste ano, continua flertando com o pedetista, empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, que não demonstra mais tanto ânimo para continuar com o projeto de disputa...

Joelson e as traições política e familiar

joelson 400   Dos 23 vereadores pela Capital que vão à reeleição, o que mais deve enfrentar dificuldades para obter êxito nas urnas é o sargento Joelson (foto), que aproveitou a janela de março e trocou o PSC pelo Solidariedade. Primeiro, por causa da atuação pífia. Trata-se de um...

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.