Executivo

Segunda-Feira, 14 de Setembro de 2020, 17h:30 | Atualizado: 15/09/2020, 07h:46

INCÊNDIOS ALASTRADOS

Mauro culpa Emanuel por dificuldade em conter fumaça que cobre a Baixada - leia

Corpo de Bombeiros ainda não divulgou tipo de produto químico a ser utilizado na contenção do fogo

Michel Alvim - SECOM/MT

Governador Mauro Mendes fala da calamidade queimadas - inc�ndios

Governador Mauro Mendes decretou calamidade por incêndios florestais que se alastram no Pantanal e Chapada; culpou Emanuel por não ceder brigadistas

Com quase 20% do Pantanal atingido pelo fogo, o governador Mauro Mendes (DEM) quer aplicar um produto retardante para ajudar a combater os incêndios, mas não soube informar qual seria, e aproveitou para atacar o prefeito de Cuiabá e adversário político Emanuel Pinheiro (MDB) a quem responsabiliza pelas fumaças que cobrem a capital nas últimas semanas. O fogo avança em todo o Estado e já causa prejuízos nos três biomas Pantanal, Amazônia e Cerrado.

“Quando eu era prefeito aqui a gente colocava brigadistas à disposição para combater os incêndios na Baixada Cuiabana. E eu pergunto se tem agora. Por isso que está aí essa fumaça agora. Estamos fazendo a nossa parte”, disparou em evento no Palácio Paiaguás nesta segunda (14).

Devido à gravidade do fogo, o governo do Estado anunciou hoje que vai decretar de calamidade e Mauro tentou minimizar o tema ao corrigir o uso do termo “queimadas”, o qual rechaçou.

“Queimadas não, incêndios florestais. Lá nos EUA eles chamam de incêndios e aqui é queimada. Quer dizer, o mundo inteiro tem incêndios e aqui falam queimadas como se fosse tudo crime, tudo feito proposital”, alertou.

Contudo, perícias feitas pelo Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (Ciman-MT) apontaram como principais causas do fogo a ação humana como a queima de pasto, fogo em raízes de árvore para retirar mel de abelha e incêndios em máquina agrícola e em veículos.

Apontou ainda condições climáticas e geográficas desfavoráveis. “Nós temos um clima hostil, clima seco, umidade abaixo de 10%, isso cria condições propícias à propagação do fogo, existem casos acidentais, são dezenas em reservas indígenas, pescadores, pessoas que começam algum fogo proposital ou não que acaba começando um incêndio e aquilo ganha proporções”.

O plano, segundo divulgado pela assessoria nesta segunda, é redobrar os esforços que já contam com 2500 profissionais envolvidos no combate que vão desde as forças de Segurança, da Defesa Civil, dos Bombeiros, voluntários e até no Exército Brasileiro.

Retardante

Segundo informado, será permitido o uso de retardante para controlar o fogo. Contudo, o Corpo de Bombeiros Militar não soube informar qual é o produto usado e se causa danos ambientais.

A assessoria do governo chegou a divulgar nota onde fala que será usada “substância que já foi testada pelo Corpo de Bombeiros e aprovada pela equipe técnica da Secretaria de Meio Ambiente”. Mas não foi divulgada ainda qual seria o retardante.

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • Pedro | Terça-Feira, 15 de Setembro de 2020, 13h17
    2
    0

    Esse rapaz, deve morrer de amores por Emanuel Pinheiro só pode.

  • netogabiru | Terça-Feira, 15 de Setembro de 2020, 10h28
    6
    0

    Ter colocado brigadista do município de Cuiabá a disposição para judar o combate a incêndio quando prfeito é uma ação louvável.. ponto.. Mas a RESPONSABILIDADE de se combater as queimadas na Baixada Cuiabana e no resto do Estado é de atribuição do GOVERNO DO ESTADO e não da Pref de Cuiabá.. Impingir culpa que é SUA a outrém e algo demás de feio, Governador..

  • Rafael | Terça-Feira, 15 de Setembro de 2020, 09h14
    13
    0

    Kkkkk Esse governador tá com minhoca na cabeça.... Só pode....kkk

  • EDMAR AUGUSTO | Terça-Feira, 15 de Setembro de 2020, 08h21
    17
    1

    Muita cara de pau, atribuir ao prefeito uma responsabilidade por um evento climático de seca extrema é dar um tiro no pé dele mesmo, pois se ocorre isso a culpa principal é dele como governador do estado. Fazer certas criticas idiotas não ajudam politicamente ninguém. Por outro lado, porque o Exmo. Governador não faz um ato digno de respeito, por exemplo usar a valeta do VLT para replantio de arvores e melhoria das condições climaticas de Cuiabá e Varzea Grande. Investir em aviões de combate a incêndio e investir em soluções praticas, como por exemplo verificar o porque das aguas do manso estarem represadas e não serem usadas para amenizar os incêndios no pantanal. Blablabla politico é tiro no pé....

  • Will | Terça-Feira, 15 de Setembro de 2020, 08h02
    18
    1

    a culpa é sua rapaz, os incêndios estão no Estado inteiro, não é só em Cuiabá não... Ou será que vc acha que o Estado se resume a Cuiabá?

  • Alair | Segunda-Feira, 14 de Setembro de 2020, 23h17
    0
    0

    Alair, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Ojusticeiro | Segunda-Feira, 14 de Setembro de 2020, 21h53
    27
    1

    VERGONHA. GOVERNADOR.....FALASTRAO...NOJENTO.....ISSO. NÃO. É UMA. POLICALHA..... RIDÍCULO.... SEM. COMENTARIO.....CHEGA.... UFA. UFA. FALEI.

  • Ojusticeiro | Segunda-Feira, 14 de Setembro de 2020, 21h49
    19
    1

    VERGONHA. GOVERNADOR.....FALASTRAO...NOJENTO.....ISSO. NÃO. É UMA. POLICALHA..... RIDÍCULO.... SEM. COMENTARIO.....CHEGA.... UFA. UFA. FALEI.

  • Felipe Matos | Segunda-Feira, 14 de Setembro de 2020, 21h42
    25
    1

    Mauro Mendes virou um novo Blairo Maggi Motoserra. O fogo está devastando Mato Grosso há mais de 2 meses e o Mauro Mendes Motoserra ainda tenta minimizar? É Queimada Sim! 90% desse fogo é provocado pelo homem. Por grileiros, invasores de terra e criminosos ambientais e o que faz o Mauro Mendes? Nada! Mauro inimigo da natureza.

  • João José da Silva | Segunda-Feira, 14 de Setembro de 2020, 20h14
    32
    1

    Parem com balela MM, fogo destrói Pantanal, Chapada dos Guimarães, parte do Nortão e o culpado é o EP, Prefeito de Cuiabá. Não entendi, ou tou maluco. Responsabilidade do Governo de Estado que é o Senhor.

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...

MAIS LIDAS