Executivo

Sexta-Feira, 03 de Julho de 2020, 11h:22 | Atualizado: 03/07/2020, 15h:12

DECRETOS DA PANDEMIA

Mauro diz que crise da Covid-19 é “momento de guerra” e cobra ação de prefeitos

A gestão dos municípios e a relação com o Governo do Estado na crise da Covid-19 foi definida pelo governador Mauro Mendes (DEM) como “momento de guerra”. Considera que cada ente deveria atuar dentro de seus limites e afirma que o Estado tem feito sua parte com a abertura de leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), mas os municípios devem oferecer medicamentos e melhorar a atenção básica.

Mayke Toscano

O governador Mauro Mendes

O governador Mauro Mendes foi entrevistado pela Globonews na manhã desta sexta-feira

Entrevista à Globonews, nesta sexta (3), Mauro foi questionado sobre o aumento do número de casos em municípios do interior, como Rondonópolis, que é o 3º município com mais casos, com 1.341, sendo 57 óbitos.

“Nós temos, sim, ciência disso. Porém, neste momento, nós temos que ter harmonia e cada um dos entes tem que fazer o seu papel. O governo tem feito o dele na alta complexidade. Nós estamos abrindo novos leitos de UTI”.

Segundo o governador, o estado ainda estaria ajudando os municípios na atenção básica. “Estamos comprando remédios, que é uma responsabilidade dos prefeitos, para ajudar no tratamento das pessoas que foram diagnosticadas, evitando que elas cheguem nas nossas UTIs em um estágio avançado da doença. Agora, nós estamos em um momento de guerra”.

Ao todo, o Estado contabiliza quase 20 mil pessoas infectadas e mais de 700 vítimas. Diante da situação, Mauro cobrou que cada instituição cumpra com sua responsabilidade e disse que não vai interferir nas decisões dos prefeitos. Lembrou que, em abril, o Tribunal de Justiça determinou que cabe aos prefeitos as decisões sobre a restrição à circulação de pessoas e fechamento do comércio.

“O prefeito tem que fazer o papel dele, o governo, o Governo Federal, o Ministério Público e o próprio Judiciário. Nós não podemos, eu como governador, ficar fazendo decreto cidade por cidade, de acordo com a realidade da contaminação”, finalizou.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Neto | Sábado, 04 de Julho de 2020, 15h53
    1
    0

    A culpa´é toda sua Mauro. A min você nunca enganou.

  • Alessandra Almeida | Sábado, 04 de Julho de 2020, 13h58
    1
    0

    Governador pare de criticar os prefeitos e vá até eles para ajudar, deixe para fazer política em outro momento, agora a prioridade é salvar vidas!

  • Pedro Rosa Neto | Sábado, 04 de Julho de 2020, 10h02
    0
    0

    Embora o momento seja de extrema gravidade, o Governador tem razão quando se refere aos prefeitos que não fizeram a sua parte, veja Nova Olímpia, por exemplo, o Prefeito candidato a reeleição não tomou medidas para mais dura para evita a contaminação das pessoas, em 18 dias dias, o município de saiu de 06 infectados, para 48, já tendo mortes pela COVID 19. E não adianta falar que não veio dinheiro, porque veio e muito, mas resultado mesmo é zero.

  • Marcio | Sexta-Feira, 03 de Julho de 2020, 15h01
    0
    4

    Sds de quando as LEIS VALIAM... manda e pronto...quem assumirá a responsabilidade pelas mortes não será o ESTADO? Quem descumprir que assuma a culpa!

MDB fechado com Pivetta à senatória

joao jose 400 curtinha   O médico e deputado estadual João José (foto), do MDB, disse nesta segunda, em entrevista às jornalistas Lídice Lannes e Andhressa Barboza, em live do RDTV, tv web do portal Rdnews, que o seu partido está fechado no apoio à candidatura de Otaviano Pivetta ao Senado, na...

Pátio punido por não licitar transporte

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (foto) vai concluir o mandato sem conseguir realizar a licitação do transporte coletivo urbano de passageiros, vencido desde março de 2014. Por essa irregularidade na concessão, já que a Cidade de Pedra, empresa que explora o...

Anelise só vai com respaldo de MM

anelise silva 400 curtinha   Filiada ao DEM, Anelise Silva (foto) deve desistir da disputa à Prefeitura de Cáceres, a não ser que o governador Mauro Mendes, com quem ela pretende conversar nos próximos dias, declare apoio irrestrito a sua candidatura. Nos bastidores, Mauro não dá sinais de que...

Deputados "adotam" pré-candidatos

franklin 400 curtinha   Deputados estaduais se transformaram em padrinhos políticos de quatro pré-candidatos a prefeito de Santo Antonio de Leverger. Considerado o nome mais forte eleitoralmente, o ex-vereador por três mandatos e derrotado ao Executivo em 2016, Franklin Silva (foto), do PSDB e sobrinho do ex-prefeito Edu, entrou...

Candidato da Reitoria sob desgaste

julio cesar 400 curtinha   O professor Júlio Cesar (foto), um dos dois candidatos a reitor, tem apoio carimbado do grupo que comanda a instituição há cerca de 20 anos - desde a Escola Técnica, passando pelo CEFET, até o IFMT. Mas, nas viagens e reuniões em busca de voto, e numa tentativa de evitar o...

Túlio, inabilidade política e frustração

tulio fontes 400 curtinha   Túlio Fontes (foto), que ainda faz mistério sobre disputa à sucessão em Cáceres, ficará mesmo fora do embate das urnas. Ex-prefeito e derrotado duas vezes para deputado estadual, ele não moveu uma palha para fortalecer o seu nanico PV. Conclusão: o partido só...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.