Executivo

Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 09h:33 | Atualizado: 19/11/2019, 09h:43

Sob vaias

Mauro diz "restabelecer a verdade" e nega ter deixado a obra do HMC abandonada

O governador Mauro Mendes (DEM) foi vaiado na solenidade de entrega final do novo Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), na noite de ontem (18). Isso porque depois de discursar por 18 minutos, o democrata refutou o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), em relação à declaração do chefe do Poder Executivo municipal de que recebeu as obras paralisadas.

Rodinei Crescêncio

Mauro Mendes

Governador Mauro Mendes aproveitou evento de inauguração para alfinetar Emanuel

Mauro entregou um envelope a Emanuel contendo uma planilha com todas as medições realizadas na obra desde julho de 2015, quando ele lançou a construção enquanto prefeito da Capital. “Quero deixar em suas mãos uma planilha que mostra que desde julho de 2015, quando a obra teve a primeira medição, até maio quando teve sua 47ª medição, em todos esses meses em todos esses anos houve medição, deixou essa obra em pleno funcionamento e não houve paralisação”.

O HMC começou a ser construído por Mauro, enquanto prefeito da Capital, e teve R$ 50 milhões de contrapartida do Governo do Estado, R$ 100 milhões da União, e R$ 40 milhões da prefeitura. 

O governador disse que Emanuel, equivocou-se ao dizer que a obra estava paralisada e que o erro teria sido provocado por falta de informação por parte de sua assessoria.

Mauro justificou, ao entregar o envelope a Emanuel, que estava restabelecendo a verdade. Neste momento, grande parte dos presentes - servidores e lideranças comunitárias da base de Emanuel - vaiou o governador, que logo se retirou da cerimônia para ir ao jantar com os prefeitos, no Palácio Paiaguás.

Emanuel permaneceu com uma cara de espanto na hora de receber o envelope, mas revidou as palavras do governador durante seu discurso ao final do evento.

O prefeito também apresentou um vídeo com o antes e depois do HMC. “Quando assumi a prefeitura, essa obra era escombro e matagal”, disse no discurso, após mostrar fotos que demonstravam a condição de abandono.

Emanuel também refutou Mauro de que 30% da obra estavam prontos, alegando que apenas 25% foram concluídos pelo ex-prefeito.

Competição

Desde as eleições 2018, Mauro e Emanuel protagonizam rixas. As ofensas trocadas publicamente partiram para o campo pessoal. E, apesar do prefeito tentar se manter na linha da política da boa vizinha, não consegue se livrar dos ataques do governador. 

Na cerimônia de entrega do HMC, não foi diferente. Enquanto Emanuel enfatizou que o hospital é a maior obra de saúde pública do Estado, com 21 mil metros quadrados de construção, Mauro anunciou que retomará as obras do Hospital Central, no Centro Político da Capital, abandonadas há 30 anos, e que terá 24 mil metros quadrados.

Mauro também prometeu que o próximo mês relançará o edital das obras do Hospital Júlio Muller, paralisadas desde 2015 e que “esse sim, será o maior hospital do Estado com mais de 50 mil metros quadrados”.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Carlos | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 20h53
    1
    1

    Mauro Mendes será lembrado como o pior governador da história de Mato Grosso, está conseguindo superar o Silval Barbosa (que roubou, mas pavimentou o Estado, pagou a folha salarial em dias o que ajudava muito o comércio) e o Pedro Taques (que apesar dos defeitos, tinha mais tino político).

  • Kamila Santiago | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 18h23
    1
    0

    Muita dor de cotovelo...deselegância total...falta de respeito com todos...absoluto despreparo político do sr MM.

Prefeito coloca secretarias em alerta

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) colocou em estado de alerta a Defesa Civil e as secretarias municipais de Obras e Serviços Urbanos por causa da chuva torrencial que caiu neste sábado em Cuiabá. Em vários locais, inclusive na região central, como em frente à praça...

Jovem prefeito à reeleição e os Maia

gustavo melo 400 curtinha   Em Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), o mais jovem dos 141 prefeitos mato-grossenses - completa 36 anos no próximo 26 de junho -, está disposto a buscar a reeleição pelo PSB. Mas carrega forte desgaste. O que traz certo conforto para Gustavo é o fato de Maia Neto, que comandou o...

Suposta delação tira sono de Alencar

alencar soares 400 curtinha   A notícia de que o STJ já teria homolagada delação de Sérgio Ricardo caiu como uma bomba. Mesmo depois do ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE vir a público desmenti-la, assegurando não ter motivos para fazer tal colaboração premiada, os efeitos...

SD também deseja Taques ao Senado

pedro taques 400 curtinha   Empolgado com resultado de uma pesquisa interna, na qual estaria bem pontuado, aparecendo entre os preferidos ao Senado, mesmo após deixar o cargo de governador bastante desgastado, Pedro Taques (foto) passou a flertar não só com o Cidadania, conduzido no Estado pelo seu ex-secretário Marco...

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.