Executivo

Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019, 09h:53 | Atualizado: 13/12/2019, 09h:59

Executivo

Mauro é contra Pivetta disputar Senado e diz que vice não é "vaquinha de presépio"

Com a iminência da eleição suplementar para preencher a vaga que será deixada por Selma Arruda (Pode), no Senado, o governador Mauro Mendes (DEM) diz que defenderá a permanência de Otaviano Pivetta (PDT) no governo. O vice-governador é um dos nomes cotados para disputar o pleito extraordinário.

Rodinei Crescêncio

Governador Mauro Mendes e vice Otaviano Pivetta

Governador Mauro Mendes ressalta lealdade de vice Otaviano Pivetta: não fica articulando seus interesses próprios

Mauro avalia que, apesar de ser positivo ter alguém de confiança no Senado, para defender os interesses do Estado, prefere Pivetta ao seu lado para continuar coordenando áreas essenciais. “Para mim é um prazer enorme ter um vice que não fica nos corredores articulando interesses próprios, e, também, que não é uma vaquinha de presépio. É alguém que ajuda muito na infraestrutura, educação e Empaer. Eu, tranquilamente, repasso a ele essa responsabilidade”, disse Mauro em entrevista à Rádio Capital FM, na manhã desta sexta (13).

O chefe do paiaguás ressalta ainda que é importante ao político cumprir com o mandato para o qual foi eleito até o fim. “Eu defendo, se você se elegeu para um cargo não pode ficar enganando o eleitor, cumpra seu mandato. Vou defender que ele fique como vice-governador”, ponderou.

Após ter passado quatro anos na Prefeitura de Cuiabá sem vice, Mauro demonstra não querer repetir a história. Em 2012, quando foi eleito para comandar o Poder Executivo municipal da Capital, o seu vice, então deputado estadual João Malheiros (PL), renunciou ao cargo um dia depois de diplomado, sob a justificativa de que contribuiria mais com o Estado estando na Assembleia.

Já Pivetta é aliado de Mauro desde 2010, quando também concorreu a vice de Mauro ao Palácio Paiaguás. À época, Silval Barbosa - que havia assumido após renúncia de Blairo Maggi, que foi eleito senador - foi reeleito. Com perfil discreto, Pivetta reúne as condições que atraem diversos grupos políticos e econômicos, principalmente, por ser ligado ao agronegócio, ao mundo empresarial e já experimentado politicamente.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Yuri | Sábado, 14 de Dezembro de 2019, 14h23
    0
    1

    Piveta é um bom admistrador, gestor, mais sempre será um pessimo Parlamentar, ele por ser um cara, genioso e pouco afavel, ficará isolado no Senado, enquanto no Governo Estadual ele é admirado e tem prestigio.Para ser candidato tem que renunciar o cargo 6 meses antes, ou seja agora, hoje, pois a eleição deverá ser em Maio de 2020, creio que nem dá mais tempo de desincompatibilzar-se.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 14 de Dezembro de 2019, 06h20
    0
    3

    Piveta vai em frente com a sua intenção de candidatar ao senado. Não siga ideia de ninguém, pois alguém pode estar cumprindo pedido para que não seja candidato. Pois você tem condições moral e política para ser um senado e ser o orgulho de MT e do Brasil. Vá em frente e desconsidere pedidos contrários.

  • renato | Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019, 17h30
    9
    1

    esse não ganhou nem no municipio que ele disputou , quanto mais no estado .

  • Hermes de Alcantara Silva | Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019, 17h21
    1
    7

    Não tem sentido, o Vice Governador Octaviano Pivetta, que vem ajudando muito o Governo Mauro Mendes, que tem mandato até 31.12.2022, renunciar 3 anos de mandatos, para disputar um eleição dificil de Senador, quando o nosso Grupo politico vitorioso em 2018, tem outros nomes qualificados como do Julio Campos, Carlos Favaro, Cidinho Santos e outros,para ser Senador. Pivetta é um excelente executivo e não tem vocação para o Legislativo.

  • Ricardo | Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019, 15h21
    7
    0

    Nós precisamos de pessoa que tenha biografia ética e decência

Matéria(s) relacionada(s):

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

Critério para definir candidatura em VG

fabio tardin 400 curtinha   O presidente da Câmara de Várzea Grande e filiado ao DEM, Fabinho Tardin (foto), sonha com a cadeira de prefeito, mas não tem apoio dos Campos para concorrer à sucessão municipal. Como Lucimar Campos não pode buscar o terceiro mandato seguidamente, o grupo liderado pelo senador...

Prefeito de Lacerda, projeto e derrota

alcino curtinha 400 pontes e lacerda   O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Pereira Barcelos (foto), resolveu dar de ombro para a Câmara Municipal sobre um projeto de grande alcance social e perdeu feio na queda-de-braço. Contrariando a vontade do prefeito, os vereadores aprovaram a proposta, apresentada pelos colegas Pedro Vieira e...

MPE antes e depois de Maluf no TCE

jose antonio borges 400 curtinha   Antes, membros do MPE fizeram esforço para impedir a nomeação de Guilherme Maluf como conselheiro do TCE, sob argumento de que não detinha notório saber jurídico, contábil, econômico e financeiro e ainda carrega vários processos judiciais nos ombros....

Fatura por média e multa à Energisa

thiago 400 ager curtinha   Após fiscalização no 2º semestre do ano passado, a Ager-MT multou em R$ 14,4 milhões a Energisa. Descobriu-se irregularidades na área comercial da concessionária de energia. Thiago Bernardes (foto), coordenador Regulador de Energia da Agência, explica que, no trabalho...

PS-VG e revolta por falta de médicos

marcondes curtinha 400   Principal calcanhar de Aquiles do 2º maior município do Estado, que registra hoje cerca de 200 mil habitantes, o Pronto Socorro de Várzea Grande não está recebendo pacientes ortopédicos e nem ginecológicos em sua porta de entrada. É que a unidade não tem...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.