Executivo

Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 17h:13 | Atualizado: 24/04/2019, 17h:47

ESGOTO NO PARQUE

Mauro entrega obra em lagoa e diz que faltou vontade de Taques para concluir

O governo anunciou, nesta quarta (24), a conclusão das obras para readequação do esgoto que era jogado na Lagoa Paiaguás, no Parque das Águas – um dos mais bonitos cartões postais de Cuiabá -, ao lado do Centro Político Administrativo.

Vinicius Bruno

Mauro Mendes durante coletiva sobre obras para eliminar esgoto

Governador Mauro Mendes aproveitou anúncio de fim das obras para "alfinetar" Taques

Durante o ato que oficializou o fim do despejo de esgoto no local, o governador Mauro Mendes (DEM) ironizou a gestão do ex-governador Pedro Taques (PSDB). O democrata afirmou que sua administração conseguiu resolver a situação em dois meses. E que Taques, em dois anos, não fez. “Essa é uma demonstração clara de que faltou, sim, vontade”, disse.

O esgoto que atingia a lagoa era oriundo de 19 imóveis da região do Centro Político Administrativo, entre eles as secretarias estaduais de Planejamento e Gestão e de Ciência e Tecnologia.

Os dejetos causaram mortandade de peixes na região, além de trazer odor considerado insuportável por pessoas que trafegam na região.

Em maio do ano passado, o Ministério Público Estadual (MPE) firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Governo do Estado, a Prefeitura de Cuiabá e a concessionária Águas de Cuiabá, para readequar o lançamento de esgoto na região.

O secretário-adjunto de Patrimônio e Serviço, Júlio Mangini, afirmou que a questão do esgoto na lagoa é discutida desde a inauguração do Parque das Águas. “Desde 2016, o Mauro Mendes, que na época era prefeito de Cuiabá, pedia para resolverem esse problema, mas nada foi feito”, afirmou.

“A lagoa foi criada na época da implantação do Centro Político, lá em 1970. Ela servia como decantação do esgoto, por isso tudo era despejado lá, in natura. A função inicial dela era receber o esgoto da região”, acrescentou.

A readequação

O governador Mauro Mendes disse que membros de sua equipe na Prefeitura de Cuiabá conversaram, por diversas vezes, com representantes de pastas do governo Taques, para tentar solucionar o problema do esgoto. “Mas não conseguimos que o Governo da época resolvesse”, afirmou.

Nas obras iniciadas há dois meses, o governador explicou que foi feito um sistema para captar o esgoto que era jogado na lagoa e lança-lo em uma rede independente, que cai em uma elevatória e, em seguida, é jogado em uma rede de tratamento.

“Estamos entregando oficialmente o laudo emitido pelas Águas de Cuiabá, dizendo que o sistema de captação foi finalizado e tudo está sendo jogado na elevatória, no sistema de esgoto, deixando, definitivamente, de deixar esgoto do Paiaguás na lagoa", declarou o governador.

Apesar de comemorar a conclusão da obra, Mauro lamentou a conduta que foi adotada pelo antecessor. “Passou-se todo esse tempo e coube a nós, na condição de governador, determinar e cumprir [o pedido do MPE sobre a readequação do esgoto]”.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • manoel | Quinta-Feira, 25 de Abril de 2019, 09h44
    5
    0

    Vale apenas lembrar que a maioria do Staf de Pedro Taques era na sua maioria do grupo dele enquanto foi prefeito. No meu ver fritaram o coitado do Taques que se achava grande articulador politico. Mais todos tem seu tempo de gloria e de caída .

  • carleth castro | Quarta-Feira, 24 de Abril de 2019, 19h39
    2
    4

    Vejo um Governo sério, que tem poder de decisão e faz acontecer.

Matéria(s) relacionada(s):

Prefeito é ovacionado em solenidade

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) foi ovacionado nesta segunda (17), durante a solenidade que marcou entrega das chaves das unidades do Residencial Nico Baracat I,  no Jardim Liberdade, região da Grande Osmar Cabral. No geral, 360 famílias receberam as chaves dos imóveis, programa do Minha...

Governador, Nota MT e provocação

mauro mendes curtinha   Ao lançar a Nota MT, programa que estimula e incentiva o contribuinte a pedir nota em toda compra de mercadoria, o que ajuda na cultura do combate à sonegação fiscal, o governador Mauro Mendes (foto) copia para o Estado a mesma proposta implantada em Cuiabá na época em que foi...

Cândida Farias troca MDB pelo DEM

candida farias curtinha   Aos 68 anos, completados nesta segunda (17), a empresária Cândida Farias (foto), segunda-suplente do senador Jayme Campos, está desembarcando do MDB e vai se filiar ao DEM. Apesar da mudança de legenda, ela não tem pretensões de concorrer a cargo eletivo nas urnas de 2020....

Vander forte pela oposição em Tangará

vander masson curtinha   O nome mais forte hoje da oposição em Tangará da Serra, do ponto de vista da densidade eleitoral, é do empresário Vander Masson (foto), que ficou em terceiro lugar para prefeito em 2016 e, no pleito do ano passado, concorreu e perdeu para deputado federal. Filho do ex-prefeito e...

Prefeito de Tangará prepara sucessor

wesley torres curtinha tangara   Em Tangará da Serra, cidade pólo do Médio-Norte, o prefeito emedebista Fábio Junqueira, que está no segundo mandato, quer lançar à sucessão Wesley Torres (foto), diretor do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae). Em...

Ex-tucano histórico agora reforça PSB

aparecido alves curtinha   O ex-deputado por alguns meses e ex-presidente do Intermat na época do Governo Dante, Aparecido Alves, o Cido (foto), se filiou neste sábado ao PSB, um mês depois de ter deixado os quadros do PSDB, do qual era considerado militante histórico, inclusive desde a década de 1990. Sua ficha...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.