Executivo

Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2021, 13h:43 | Atualizado: 19/01/2021, 13h:58

Política Nacional

Mauro prefere ser só espectador da briga entre presidente Bolsonaro e João Doria

Rodinei Crescêncio/Rdnews

Governador Mauro Mendes em coletiva de imprensa

Governador Mauro Mendes diz que polêmica nacional não agrega nada para Mato Grosso

O governador Mauro Mendes (DEM) prefere acompanhar apenas como espectador a briga entre o presidente da República Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo João Doria (PSDB). Embora critique o Governo Federal por não priorizar a vacina contra a Covid-19, afirma que tomar partido na disputa não agrega nada para Mato Grosso.

“Eu não gosto de entrar nas polêmicas nacionais. Deixe para eles protagonizar essas polêmicas.  Sou muito mais focado em resultados. Quero trabalhar pelo meu Estado, pela minha população. Vou deixar de lado essas questões. Falar sobre isso não agrega valor ao Estado que represento”, declarou Mauro, dizendo que não se incomodou com Doria ter saído na frente  na imunização contra o novo coronavírus em São Paulo.

O último capítulo da briga foi nessa segunda (18) quando   Doria (PSDB)  disse  que, se não bastasse a "incompetência generalizada",   Bolsonaro  voltou a ameaçar a democracia do Brasil. O governador de São Paulo  se refere às declarações feitas mais cedo.

Ocorre que o Presidente da República  afirmou em conversa com apoiadores em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília, que "quem decide se o povo vai viver em uma democracia ou ditadura são suas Forças Armadas.  

Eu não gosto de entrar nas polêmicas nacionais. Deixe para eles protagonizar essas polêmicas.  Sou muito mais focado em resultados. Quero trabalhar pelo meu Estado, pela minha população

Governador Mauro Mendes

Além disso, aliados de  Bolsonaro dizem que ele dará o troco em Dorian  em breve. Isso não perdoa o inimigo político por ter saído vitorioso na guerra pela vacina contra o novo coronavírus.

Desde o fim de semana, quando ficou claro que a  Anvisa aprovaria o uso da CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan, o presidente da República vem se remoendo de raiva e busca uma forma de partir para cima do tucano.

 A derrota de Bolsonaro para Doria ficou ainda maior porque o Governo Federal fracassou na tentativa de importar, da Índia, 2 milhões de doses da vacina produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford. Com isso, só restou ao país, pelo menos neste momento, a CoronaVac como opção. (Com informações do  Correio Braziliense)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Amelia | Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2021, 16h24
    0
    0

    Moro 2022 vem ai.

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...

Folha antecipada em Várzea Grande

kalil baracat 400 curtinha   Com o privilégio de ter assumido a prefeitura em janeiro com superávit de R$ 74 milhões da antecessora Lucimar Campos, o prefeito várzea-grandense Kalil Baracat (foto) quitou a folha de fevereiro na última quinta (25), três dias antes da virada do mês. São cerca de...

Grupo de risco em casa até 31 de maio

Em novo decreto, dentro das medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao Covid-19, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro determinou que servidores municipais que integram o chamado grupo de risco não devem trabalhar presencialmente nas secretarias e/ou órgãos da administração. São considerados desse grupo servidores acima de 60 anos, imunodeprimidos e/ou portadores de doenças crônicas e servidoras grávidas e...

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...