Executivo

Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 16h:54 | Atualizado: 24/09/2020, 17h:14

VISITA ESVAZIADA

Ministro Salles visita o Pantanal sem Mauro, que cumpre agenda no Araguaia

Reprodução de vídeo

Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles

Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, esteve na manhã de hoje (24) no Pantanal para checar área devastada pelo fogo; governador não acompanhou

Sem a companhia do governador Mauro Mendes (DEM), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, veio ao estado para visitar a região do Pantanal que teve mais de 20% da área devastada pelo fogo do último mês. A visita ocorre um dia após Ministério Público Federal (MPF) enviar petição à Justiça Federal insistindo no pedido de afastamento do ministro.

Segundo assessoria do Governo do Estado, Mauro não pode acompanhar o ministro pois está cumprindo agenda na região do Araguaia. Na semana passada, a visita de Salles também era esperada e ele participaria da comitiva do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que esteve em Sinop e Sorriso. Mas o ministro cancelou.

O ministro publicou vídeo nas redes sociais onde aparece com brigadistas que atuam no combate às queimadas. “Nossa vinda ao Pantanal com reconhecimento ao bravo trabalho dos nossos centenas de brigadistas do IBAMA e ICMBIO, apoiados por aviões, helicópteros e viaturas federais”, tuitou.

Pela manhã, o governo do estado divulgou nota onde revela que os focos de incêndio no Pantanal tiveram redução de 80% desde o último sábado (19). Segundo informado, nesta quinta (23) são 190 focos, contra 919 da semana anterior, entre os dias 14 e 18 de setembro.

Nesta semana, o ICMBio enviou mais 160 brigadistas que chegaram junto da visita ministerial nesta quinta, além de 48 militares da Força Nacional que se unem às equipes em campo na região.

Veja vídeo

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • lucas mottsa | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 14h19
    1
    1

    Desse povo ai, que se dizem "defensores do meio ambiente e dos animais"...eu só parabenizo o homem pantenairo e os bombeiros que realmente se dedicam diuturnamente protegendo, combatendo os incêndios e salvando os animais! Esses sim ! Fazem por amor e sem exigir nada em troca e muito menos querem se aparecer! O RESTO é só posse pra SELF...bando de oportunistas de plantão que só querem aparecer diante do caos! Isso vale para os políticos federais e estaduais, ambientalistas de araque, ONGs, pseudovoluntários que só querem se projetar nas redes sociais e na mídia! Chega de TANTA HIPOCRISIA!

  • walter liz | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 08h43
    1
    2

    todos erraram e feio, principalmente os governos municipais e Estadual que não agiram nem pediram ajuda do governo Federal antes da situação chegar onde chegou, nem mesmo o Ministerio Publico cobrou ações do Estado e municipios , mas isso tambem não exclui responsabilidade do governo Federal que poderia atravez de informações ter alertado, cobrado e agido .

  • Pereira | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 20h30
    6
    7

    o esse incompetente vem fazer nesse momento no pantanal, agora é tarde!

  • Carlos | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 20h20
    7
    7

    Apertou pro seu lado né. Estamos assistindo um governo coronelista, onde seus comandados falam somente o que o chefe quer, e esse ministro faz o que o mandam. É ridículo o governo, qualquer um do governo, pois todos falaram que não existe a preocupação quanto as queimadas. Nossa até cego vê o que está acontecendo. Dizer que os satélites estão mostrando mentiras, que não há fogo. Inacreditável! A região metropolitana está preste a se tornar um deserto, e está tudo certo. Parabéns ministro!

  • Wilsons | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 19h48
    0
    1

    Wilsons, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • JHOY | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 18h34
    8
    6

    Agora q ja queimou tudo e principalmente começou a chover é q esse canalha levantou a bunda lá de Brasília.

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...