Executivo

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2014, 12h:53 | Atualizado: 24/02/2014, 15h:42

Ministro vê recuperação do tempo perdido, mas diz ser igual São Tomé

Rodinei Crescêncio

montagem_ministro

Ministro Moreira Franco, governador Silval e dono da Engeglobal Robério Garcia vistoriam  as obras

Ministro chefe da secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco, demonstrou mais empolgação e até certo alívio ao vistoriar as obras do aeroporto internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande. Ele voltou a fiscalizar o local nesta segunda (24), acompanhado de representantes do governo federal e do proprietário da Engeglobal Robério Garcia, o Berinho.

A princípio, sua feição era de preocupação, especialmente, quando observava a área de desembarque das seleções, mas, depois, na medida em que percorreu a obra, a sua fisionomia foi melhorando e Moreira Franco chegou a sorrir em determinados momentos, sendo bombardeado por informações técnicas – fornecidas por engenheiros da empreiteira - e, a todo tempo, recebendo do governador Silval Barbosa (PMDB) a garantia de que as obras vão ser executadas até o final de abril.

Com olhar atento e fazendo uma série de questionamentos, o ministro fez questão de observar os projetos. Depois, em entrevista à imprensa, ressaltou estar esperançoso. “Da primeira vez tinham poucos trabalhadores, a empresa reagiu positivamente. Saímos daqui com a convicção de que há uma real possibilidade de o aeroporto ficar pronto no prazo determinado”, frisou Moreira Franco.

Em seguida, ele reafirmou a necessidade de se manter o mesmo ritmo até o final e perseverar para que as obras fiquem prontas, afinal, é necessário ajudar “a Deus para que possamos cumprir o desafio de garantir ao passageiro as condições de preços e qualidade nos aeroportos”. 

Diferentemente da última vez em que esteve no Estado e deu nota 5 para as obras, hoje Moreira Franco afirmou que Mato Grosso merece 8, mas fez questão de alertar que vai continuar fiscalizando e que em 30 dias estará de volta. “Sou devoto de São Tomé, por isso, só acredito vendo. Vou estar aqui de volta para ver se o número de empregados que estou vendo aqui é o mesmo e se as obras mantiveram o mesmo ritmo desses 30 dias”. 

Silval, por sua vez, mais otimista, deu nota 10 e convidou o ministro para inaugurar a obra em 60 dias. O peemedebista fez questão de afirmar que o prazo de execução foi curto, pouco mais de 12 meses, e que tem certeza que tudo correrá bem. “Agora é forro, iluminação, esteiras, elevadores, que estão prontos”, comemorou.

Depois, reforçou que foi estabelecido um calendário para as medições, a fim de garantir o fluxo financeiro para empresa. “Esforço concentrado para que Mato Grosso não tenha problemas. O senhor (ministro) pode dizer isso a presidente Dilma Rousseff (PT) que fique tranquila”. Acontece que da outra vez em que Moreira Franco esteve na Capital, o empreiteiro Berinho reclamou que tinha recebido só R$ 32 milhões e gasto R$ 60 milhões, de um total de R$ 80,5 milhões. 

Com a reforma, o terminal aumentará sua capacidade de passageiros, passando dos atuais 2,5 milhões para 5,7 milhões por ano. A obra amplia a área construída de 5.460 para 13,2 mil metros quadrados. A reforma está sob a responsabilidade do Consórcio Marechal Rondon - formado pelas empresas Engeglobal, Farol Empreendimentos e Multimetal Engenharia.

Etapas

A reforma do aeroporto está sendo executada em 3 etapas. A primeira fase englobou a construção do módulo operacional provisório (MOP), que ficou conhecido como “puxadinho” - lugar onde hoje se realiza o desembarque. A segunda parte compreendeu a construção da nova sede administrativa, demolição da antiga e das demais áreas a serem ampliadas. Já a terceira etapa contempla a ampliação do terminal de passageiros (TPS), do estacionamento, reforma do setor de embarque existente, adequação interna do sistema viário e vias de serviço, construção da área de apoio a equipamentos de rampa, da central de utilidades e subestação. 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Zé Poxoréo | Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2014, 14h59
    0
    0

    É de duvidar, mas até pode ser que esse aeroporto realmente fique pronto no prazo informado. Agora, os transtornos causados pela falta de planejamento da SECOPA e da falta de zelo dessas empreiteiras é impagável. Esse povo não tiveram a competência de ao menos jogar brita pra tapar os buracos por onde passa os carros, aquilo lá está repleto de lama, e isso com um pouquinho de capricho poderia ter sido evitado, sem contar que o local não tem qualquer sinalização. Vergonhoso isso!

  • mario | Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2014, 14h21
    0
    0

    quando quer fazer faz......a acomodação das empreiteiras que são o problema...

Elogio à compra econômica do Estado

janaina riva 400 curtinha   Embora lançando críticas pontuais de vez em quando, a deputada Janaina Riva (foto) tem feito constantes defesa do Governo Mauro e elogiado ações da administração, especialmente na saúde pública. Sobre a decisão do governo de comprar 120 respiradores da China,...

MDB em clima de racha em Tangará

joao jose 400 curtinha   Em Tangará da Serra, o MDB enfrenta racha. O prefeito Fabio Junqueira, com apoio de filiados históricos, quer lançar à sucessão municipal o seu secretário de Infraestrutura e antigo gestor do Serviço de Água e Esgoto, Wesley Lopes Torres, sobrinho do ex-vereador Daniel...

Advogados disputam cadeira no TJ-MT

andre pozetti 400 curtinha   É extensa a lista de advogados que estão se movimentando, nos bastidores, para a cadeira vitalícia de desembargador do Tribunal de Justiça, sob indicação do Quinto Constitucional da OAB/MT. Caberá ao Colégio de Conselheiros da Ordem, composto por 33 advogados,...

Max insiste em ficar na 1ª Secretaria

max russi 400 curtinha   Max Russi (foto) ainda não desistiu de continuar na Primeira-Secretaria na próxima Mesa Diretora, mas, como possui menos apoio do que a emedebista Janaina Riva, deve mesmo ocupar outro posto, o de primeiro-vice-presidente. A eleição, que marcará a reeleição de Botelho na...

Deputados criticam membros da CCJ

elizeu nascimento 400 curtinha   Membros da CCJ da Assembleia, especialmente o presidente e o vice, respectivamente, Dilmar Dal Bosco e Sebastião Rezende, foram bastante criticados pelos colegas em sessão nesta quarta. Deputados como Thiago Silva, Wilson Santos e Elizeu Nascimento (foto) disseram que a Comissão, uma das mais...

Testemunhas pra protelar investigação

camila silva 400 curtinha   Os vereadores poconeanos Camila Silva (foto), do PP, e Ademir Zulli (PTB) usaram de uma estratégia jurídica para protelar, ao máximo, a conclusão dos trabalhos da recém-criada Comissão de Investigação e Processantes (CIP) para apurar denúncia de quebra de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.