Executivo

Domingo, 26 de Setembro de 2010, 07h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

TANGARÁ DA SERRA

MP aciona Ladeia e cobra o cumprimento de carga horária

   O Ministério Público, por meio das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Infância e Juventude de Tangará da Serra, notificou o prefeito do município, Júlio César Ladeia (PR) para que altere o horário de funcionamento dos órgãos públicos municipais por entender que hoje pelo menos 10 horas semanais são desperdiçadas, prejudicando a população que precisa dos serviços prestados por estes órgãos públicos.

   Atualmente, devido aos efeitos de um decreto, o atendimento foi reduzido e passou ocorrer apenas entre às 7h e às 13h, sem horário de almoço. Para os promotores, que são autores da notificação, a medida prejudica a população que não tem o serviço público adequado.

  Eles salientam também que muitos funcionários públicos continuam sendo remunerados por uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, enquanto cumprem pouco mais de 30 horas.

  Ladeia, por sua vez, alega que a medida pretende tão somente reduzir gastos e frisa que já teria sido adotada anteriormente. O prazo determinado pelo MP para que o republicano informe quais medidas serão tomadas a respeito do caso é de 48 horas. A notificação será encaminhada ainda ao Tribunal de Contas (TCE), em forma de representação, para que seja realizada uma análise sobre o que causou o déficit alegado pela gestão municipal.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Gean Paulo | Domingo, 26 de Setembro de 2010, 15h04
    0
    0

    O pessoal diz que não há dinheiro nem para pagar o décimo-terceiro dos funcionários públicos municipais. Isso é que saber administrar os recursos públicos!

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.