Executivo

Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 17h:28 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

DENÚNCIA

MPE investiga coordenador da Seder e secretário poconeano

   Oitenta famílias assentadas na Fazenda Alvorada, em Poconé, denunciam o suposto desvio de parte dos R$ 3,3 milhões liberados pelo Banco da Terra para aquisição da área de aproximadamente 800 hectares e construção de benfeitorias. O coordenador da Unidade Técnica da secretaria estadual de Desenvolvimento Rural (Seder), Amauri Campos, e o secretário de Agricultura de Poconé, Atail do Amaral, o Tatá Amaral, são acusados pelos presidente e tesoureiro da Associação do Projeto de Assentamento Alvorada, Solanja Almeida Conceição Batista e Carlos de Oliveira Ramos, respectivamente, de receber propina do proprietário Sérgio Tartati para agilizar a liberação do dinheiro referente à compra da fazenda. Em depoimento ao MPE, Carlos disse que Tatá recebeu R$ 200 mil após a venda da fazenda.

   Os denunciantes afirmam que o montante superior a R$ 2,2 milhões, aproximadamente R$ 28 mil por família, valor correspondente à terra, foi transferido automaticamente para a conta do proprietário. Segundo Carlos e Solanja, a proposta de financiamento previa a entrega das casas com abastecimento de água e a construção de um poço coletivo, que ainda não saiu do papel. As 80 residências, que deveriam ser de alvenaria, foram erguidas por uma empresa terceirizada da Oxigênio Cuiabá, mas com acabamento inferior. Carlos relatou que a casa dele possui apenas uma camada de tijolos.

   Tatá Amaral também teria desaparecido com R$ 1,6 mil. Desse montante, cada família teria entregue R$ 200 para compra de alimentos, óleo para máquinas e diária dos funcionários que construiriam uma estrada de acesso ao local. “Os declarantes já procuraram a Seder diversas vezes buscando orientação e esclarecimentos quanto a esse recurso obtido junto ao Banco da Terra, mas Amauri e Tatá não os atendem mais”, dizem os denunciantes. Eles também alegam que o proprietário está depredando aos poucos as estruturas da sede da fazenda, de 40 hectares, área que considera ser dele, não passível de venda, por ser devoluta.

   Segundo Carlos, Amauri e Tatá condicionaram as famílias à contratação do engenheiro agrônomo Hilton Ney Gaiva para fazer o cadastramento do projeto, ainda não aprovado, no Pronaf a fim de obter recursos para a plantação e benfeitorias na terra. O profissional teria cobrado R$ 1,5 mil de cada família, “No caso do declarante Carlos, o projeto foi feito no valor de aproximadamente R$ 21 mil, e que, desse valor, seria estornado automaticamente R$ 1,5 mil para o engenheiro agrônomo”, dizem os denunciantes. Apesar dos associados terem aceitado a proposta, nada foi feito.


---------------------------------------------------------------------
Clique no link abaixo e confirma a íntegra da denúncia feita ao MPE

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Adão da Silva | Quinta-Feira, 19 de Agosto de 2010, 09h39
    0
    0

    OLHA SÓ A POLITICAGEM !!!! PESSOAS COMO ESTE Armando Treme Terra, Rodrigo Fernando De Amorim E Roberto, SABEM BEM O QUE ISSO E PRA VARIAR VÃO NA BARCA DE DESINFORMADOS E OPORTUNISTAS QUE AINDA CHAMAM E CONFUNDEM PNCF COM BANCO DA TERRA, NÃO SABEM QUE 40.000,00 É PAGAR: A TERRA, ESCRITURA PÚBLICA, ITBI, TOPOGRAFIA, CASA, ÁGUA, ESTRADA E ETC...), COMPREM UM SÍTIO POR ESSE VALOR E COM A INFRA ESTRUTURA BÁSICA QUE É COLODO !!! AI VEM PESSOAS INTERESSEIRAS FALAR ASNEIRA INCLUSIVE DE GENTE ONESTA COMO O SRº GAIVA, CHEGAM AO PONTO DE DIZER QUE ESTAVA SENDO COBRADO 1.500,00 POR FAMILIA !!!! VERGONHA, DESINFORMADOS É O QUE SÃO. AS NORMATIVAS DO PRONAF DIZ QUE: CADA BENEFICIADOS TITULAR DE PROJETOS DE REFORMA AGRARIA OU COMPLEMENTO A REFORMA AGRARIA (COMO É O CASO DO PNCF) TEM ACESSO A R$ 21.500,00 (DETES, R$ 1.500,00 VAI OBRIGATORIAMENTE, PARA A ASSISTENCIA TÉCNICA), AI DIZEM QUE ESTÃO COBRANDO INDEVIDAMENTE ESSE VALOR ! O QUE ACONTECE GENTE É QUE PESSOAS DENTRO DESSE LOTEAMENTOS SÃO OPORTUNISTAS E É CLARO NÃO PODERIAM DEIXAR EM BRANCO A OPORTUNIDADE (POLÍTICA), AGORA EU DIGO UMA COISA SE EU FOSSE O PROFESSOR GAIVA EU ARRANCARIA O COURO DE CERTOS ELEMENTOS DENTRO DESSES LOTEAMANTOS, COM UM BELO DE UM PROCESSO POR CALUNIA, DIFAMAÇÃO E O QUE TIVER DIREITO MAIS, POIS FALAM COISAS QUE NÃO CONDIZ COM A REALIDADE !!!! O RD É UM SITE QUE AUXILIA A GENTE A VER QUEM É QUEM DENTRO DOS MUNICIPIOS, NESSE CASO TIREM SUAS CONCLUSÕES. NÃO DEFENDO NINGUEM, AGORA QUANDO CERTAS PESSOAS SE DÃO AO TRABALHO DE ENTRAR NO SITE E ESCREVER ASNEIRAS AI SIM GOSTO DE ENTRAR TAMBÉM E EXPOR MINHA HUMILDE OPNIÃO. PESSOAS QUE POR VENTURA TENHAM COMETIDO ERROS, TEM SIM QUE RESPONDER AOS ERROS E TENTAR SANÁLOS, AGORA COMO ESTAMOS EM PERIODO ELEITORAL VÃO SURGIR ASNEIRAS DE TODO LADO, CABE AS PESSOAS DE DIREITO VER QUEM É QUEM NESSAS SITUAÇÕES ! REFLITAM A RESPEITO, INCLUSIVE SOBRE A CONDUTA MORAL DE CERTOS ELEMENTOS QUE ESCREVEM NO SITE...

  • Poconeano Atento | Sexta-Feira, 09 de Julho de 2010, 07h57
    0
    0

    ROBERTO.. fica atento, nao fala besteira, quando o Banco da Terra adquiriu a Fazendo do Sogro dele, Amauri nao era funcionario do Governo nao. Foi comprado no Governo Dante. Temos que ser justo. Melhor se informar, vamos parar de falar coisas que nao existe. Papai Noel, Saci Perere nao existe. Acho que voce esta sendo a

  • AGUIAR | Quinta-Feira, 08 de Julho de 2010, 07h48
    0
    0

    REALMENTE, OS ASSENTADOS ESTÃO SOFRENDO MUITO, O ASSENTAMENTO PRIMAVERA E PONTE DE PEDRA NO MUNICIPIO DE DOM AQUINO ESTÁ VIVENDO UM VERDADEIRO CAOS, EMPURRARAM UMA TERRA QUE É SÓ AREIA, NADA QUE PLANTA DÁ, AS PESSOAS PASSANDO NECESSIDADE E SEM CONDIÇÕES DE PAGAR A TERRA POIS NÃO É PRODUTIVA. NÃO SE SABE DE ONDE FOI USADA A TERRA PARA FAZER ANALISE PORQUE ALI É TOTALMENTE IMPRODUTIVA, SEM AGUÁ COLOCARAM CAIXA DE AGUA INFERIOR A DO PROJETO E AS MESMAS NÃO SUPORTOU O PESSO E ESTORARAM E ATÉ HOJE NÃO FOI TOMADA NENHUMA PROVIDÊNCIA. ESTÁ NO MINISTERIO PUBLICO DE CUIABÁ. O MOTOR QUE ERA PRA SER NONO FOI ENTREGUE UM USADO E BEM VELHO. SEM FALAR O PREÇO DA TERRA. JUSTIÇA!!!!

  • laura | Quinta-Feira, 08 de Julho de 2010, 06h25
    0
    0

    brasilia tem que arrumar o incra tbém aqui em mato groso uma anarquia, individuos vão ao incra de cuiaba e manda a responsavel por regularização de terras ver que terra tem para alguma finalidade dele...só oportunista la...

  • ALINE CAMPOS | Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 22h52
    0
    0

    ALINE CAMPOS, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Armando Treme Terra | Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 21h36
    0
    0

    Não acredito que o governador matenha no cargo esses assaltantes de pessoas humildes........... Governador esse amuri esta em quese tadas as bravanhas.

  • Rodrigo Fernando de Amorim | Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 21h21
    0
    0

    Esse Amauri é um tremendo 171 ele conseguiu fali o pai quando era vivo nas campanhas para ser prefeito de Poconé e deputado deu o maior golpe no banco cooperativa de Poconé era ligado aos Campos pulou para o lado do Blairo ficou encostado na setecs e agora é Silval desde criancinha e foi parar na Seder.Pra quem não lembra o pai ere Chicão o rei do ouro em Poconé

  • ROBERTO | Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 20h41
    0
    0

    ESSE AMAURY CAMPOS, QUE É COORDENADOR DO BANCO DA TERRA, TEM QUE SER INVESTIGADO PELA POLICIA FEDERAL, ELE COMO COORDENADOR DO BANCO DA TERRA, COMPROU ATRAVES DO BANCO DA TERRA A FAZENDA DO SOGRO DELE(ZOILO PROENÇA) AQUI EM POCONÉ, POR UM PREÇO ABSURDO, É SÓ AREIA, TERRA ARENOSA, FICA NO PANTANAL, QUANDO É EPOCA DA CHUVA, FICA TUDO INUNDADA, É SÓ ROLO, COMPROU TAMBEM UMA TERRA DO PAI DO VEREADOR NEY QUE É O PREFEITO TAMPÃO DAQUI DE POCONÉ, QUE É PARENTE DELE TAMBEM, SEM SE FALAR O PREÇO, E TERRA DEVOLUTA NO PASSADO E AGEITADA PELO INTERMAT, É ROLO ROLO ROLO ROLO, SEM SE FALAR NO ROLO DELE COM O SICOOB. É BOM QUE ESSE SITE VAI AFUNDO NOS ROLO NO ESTADO INTEEIRO PARA VER OS ESQUEMAS

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.