Executivo

Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 09h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Várzea Grande

Murilo ainda não sabe quanto ganhou com corte no expediente

Marcos José da Silva   Quase três meses depois de ter reduzido o expediente dos servidores da prefeitura para economizar na conta de luz e água, o secretário de Administração Marcos José da Silva ainda não sabe quanto a gestão republicana, do prefeito Murilo Domingos, deixou de gastar após ter adotado a medida. Segundo ele, os resultados só serão aferidos em meados de fevereiro. “Com certeza houve economia em materiais de expediente, limpeza e combustível”. Na energia elétrica, ele arrisca dizer que a fatura diminuiu em 18%.

   Murilo determinou a redução no expediente depois ser notificado pelo Tribunal de Contas do Estado sobre os gastos excessivos, que podem comprometer o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal. O secretário Marcos José pondera que não foram todos os setores que tiveram a carta horária reduzida. Áreas consideradas vitais como Saúde, Educação e Administração têm poucos funcionários trabalhando meio-período, ao contrário das demais pastas. “Buscamos a qualidade no atendimento e não a quantidade. Não adianta atender em dois períodos e não ter tempo de pensar em soluções para cada situação”, alega.

   Segundo o secretário, para remediar o problema do atendimento pessoal à população, a prefeitura intensificou a divulgação do Alô Prefeito. Com este canal de ligação, os munícipes podem registrar as reclamações. Num segundo momento os problemas são repassados ao gabinete de Murilo, que encaminha o teor para o setor responsável. Silva diz que o maior número de reclamações são relativas aos buracos. “Nós tentamos resolver. De duas equipes de tapa-buraco, passamos para três. Mas São Pedro não tem ajudado. Por isso o trabalho não está tão ágil quanto poderia ser”, lamenta.

   Outra medida para se adequar a LRF, conforme ele, foi demitir 500 servidores em 2009. À época, eram 6,5 mil funcionários. Com a medida, o prefeito conseguiu chegar a um gasto com folha de 47%. O teto máximo, segundo a lei, é de 54%. A expectativa é de que o prefeito lance concurso, neste primeiro semestre, para contratar servidores nas áreas de Educação e a Saúde. Com isso, a folha deve subir e atingir o limite. O orçamento da Prefeitura de Várzea Grande gira em torno de R$ 5 bilhões. A secretaria de Administração “abocanha” R$ 100 milhões.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ramoni | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 15h39
    0
    0

    O Prefeito Murilo e o PCCS aprova ou não aprova so cortando gasto ñ chega la

  • benedito kleber dos santos figueiredo(BI | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 14h52
    0
    0

    Fico bastante feliz em saber que Gestores de minha Cidade finalmente passaram a enxergar com bons olhos a indipensável necessidade de conhecimento Tecnico de quem Administra Areas Afins, a que se acrescentar à politica muita tecnicidade, assim sendo, certamente atingiremos o Sucesso. Varzea Grande precisa. BOA SORTE MARCÃO

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.