Executivo

Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 15h:11 | Atualizado: 18/02/2020, 15h:23

Não vim governar para os ricos de MT, afirma Mauro para lideres comunitários

Tchélo Figueiredo

Mauro Mendes

Governador Mauro Mendes abraça líder comunitária, durante apresentação do balanço da gestão, no Palácio Paiaguás, na manhã desta terça (18)

“Os que reclamam vão continuar reclamando. Eu não vim governar para os ricos deste Estado, mas para a grande maioria da população que precisa do poder público”. Foi isso que o governador Mauro Mendes (DEM) garantiu para as lideranças comunitárias presentes no encontro realizado na manhã desta terça (18), no Palácio Paiaguás.

O discurso contra os ricos chamou atenção porque em 2018, Mauro declarou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) patrimônio de R$ 113, 4 milhões. Já o vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) possuía R$ 379,4 milhões.

Apesar de ser industrial e Pivetta empresário do agronegócio, Mauro afirmou perante os líderes comunitários que fez os enfrentamentos necessários para “consertar” as finanças do Estado. Por isso, sustenta que todos os setores da economia e o servidores deram sua contribuição.

“Nós fizemos os enfrentamentos  necessários para consertar esses Estado. Eu dizia,  inclusive na campanha, e disse para várias pessoas, que  todos teriam que contribuir. O  agronegócio teve que contribuir, a indústria teve que contribuir, o comércio e os servidores tiveram que contribuir”, completou.

Os produtores rurais, representados pela Sociedade Rural Brasileira (SRB), ingressaram com ação no Supremo Tribunal Federal (STF), questionando a legalidade da cobrança do Fethab. Entidades empresariais também contestam ajustes na tributação promovidas pelo Governo do Estado, alegando aumento de impostos.  

“Grande parte dos recursos do Fethab, arrecadados do agro, beneficiam milhares de mato-grossenses. Parte desses recursos foram aplicados na conclusão de 64 obras ao custo de R$ 469 milhões e nas outras 119 que estão em andamento”, pontuou o governador.

No discurso, Mauro destacou que em 2018, a folha de pagamento consumiu 84% da receita de Mato Grosso. Já em 2019, o valor foi reduzido para 75%.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Marcos Vilela | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 14h54
    0
    0

    Eu gostaria de saber a atitude que o governo vai seguir em relação ao combustível, se vai favorecer a população ou máquina pública com seus benefícios e etc....

  • Servidor | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 07h43
    2
    0

    Governador o senhor só governa para os seus amigos e ricos..O senhor é contra os servidores estes só tem de sua parte desprezo e vamos tratá lo nas urnas como o senhor nos trata com desprezo.

  • pedro | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 07h19
    1
    0

    o que o servidor do executivo tem a ver com o deficit na previdencia, se nos outros governos depois do Dante furtaram o dinheiro quebraram a previdencia, tem que ir atras de quem furtou os bilhoes do estado, e não querer descontar no salario de ativos inativos e pensionistas, seje um homem consciente. e os outros poderes ficam numa boa.

  • Alexandre da Silva | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 03h04
    2
    0

    Abriu mão de 6 bi na reforma tributária, aumentou tudo desde então. Esse é um morto político igual o taques.

  • . | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 21h09
    13
    0

    Aff... que vergonha esse Mauro Mendes! Como disse o comentarista Alexandre, ele não veio governar para os ricos... VEIO PARA OS BILIONÁRIOS E PODEROSOS. Esse homem odeia servidor pobre do executivo. Mas anote este recado: também não gostamos do senhor, nem dos seus indicados políticos. Tudo o que o senhor apoiar VOTAREMOS EM DIREÇÃO DIAMETRALMENTE OPOSTA! Nós servidores e, por extensão, nossos familiares.

  • alexandre | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 19h39
    14
    1

    Ele governa para Bilionários.... ´so gosta de servidor dos Poderes..

  • APOLINARIO USKNOV | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 18h33
    22
    0

    Piada do Ano. Ele deveria se expressar melhor: Não governo para os ricos, só para mim e meus "tchegados". Esse papinho furado de "cerca lourenço" não cola. Explica então ter cortado a verba para os uniformes da rede estadual de ensino? São os ricos que estudam na rede estadual de ensino? Blá, Blá, Blá..Eleições a vista. Pior é quem tem "inocente" que ainda vai na conversa desses tipos.

  • pedro | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 17h12
    23
    0

    essa é a conversa de quem vai pedir voto para o senado e para prefeito kkkk

  • marta | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 17h05
    25
    1

    isençao de imposto de agrotoxico, quem usa na lavoura é pobre ou rico o agrotoxico? e quem se lasca comendo alimento é o pobre .

  • Oi? | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 16h41
    28
    0

    Então é para os ricos de fora?

Redes sociais, lives e efeito colateral

Em tempo de coronavírus, as redes sociais têm sido fundamentais para disseminar informações. As plataformas são utilizadas, por exemplo, para realização de coletivas, mas, nesta segunda (6), houve um efeito colateral. O governador Mauro Mendes e o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo foram "vítimas" de ferramenta de animação do Facebook. Os dois falavam sobre ações para combater a doença...

DEM agora sem amarras dos Campos

frankes siqueira curtinha 400   Sem o controle absoluto dos Campos, como nas últimas duas décadas, desde quando era PFL, o DEM, que não elege vereador em Cuiabá desde 2004, vive melhores expectativas, agora sob comando da ala ligada ao governador Mauro. É presidido pelo secretário de Estado de Governo,...

O pulo de Elias do PSDB para o DEM

elias santos 400 curtinha   Elias Santos (foto), irmão do deputado Wilson, agiu como estrategista na construção de sua pré-candidatura a vereador por Cuiabá. Concluiu que teria mais dificuldades de obter êxito nas urnas no PSDB porque os dois vereadores tucanos que vão à...

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.