Executivo

Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018, 17h:03 | Atualizado: 19/11/2018, 17h:09

BRASÍLIA

Neurilan se encontra com Temer e diz que presidente sinaliza o pagamento do FEX

tEMER E NEURILAN

Presidente Temer recebe prefeitos em Brasília, entre eles Neurilan Fraga, que conduz AMM

O presidente Michel Temer (MDB) sinalizou na tarde desta segunda (19) que irá pagar os R$ 400 milhões referentes ao FEX para Mato Grosso e municípios. A garantia foi dada em reunião com os prefeitos, em Brasília.

De acordo com o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, o pagamento ainda tem alguns obstáculos financeiros por parte da União, mas houve demonstração de vontade política do presidente para resolver a demanda.

“Estive com o presidente Michel Temer e com o senador Wellington Fagundes (PR), antes conversei com o ministro do Planejamento, Esteves Colnago, que garantiu ter o caminho para que o pagamento do FEX seja realizado”, relata Neurilan.

Neurilan não esclareceu como o governo Federal pretende pagar o FEX ou qual seria o caminho vislumbrado pelo ministro do Planejamento, o que acaba não trazendo um cenário novo frente ao que já era esperado.

Isso porque, o governo estadual desde outubro vem contando com a possibilidade de não repasse do FEX, baseado nas negativas dadas pelo Executivo federal. A preocupação em relação ao FEX chegou a pautar a Assembleia, com o deputado Guilherme Maluf (PSDB) propondo inclusive a criação de uma comissão de parlamentares estaduais para ir até Brasília fazer pressão pelo pagamento.

A bancada federal também se esforçado para tentar viabilizar a efetivação dos R$ 400 milhões, mas até agora só tem recebido negativa. O FEX tem sido a salvação dos municípios e do governo estadual nos últimos, principalmente em período de fechamento de ano.   

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ney chendes | Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018, 20h57
    1
    2

    Nos engana que gostamos

Matéria(s) relacionada(s):

Selma retribui elogio de Sérgio Moro

selma arruda curtinha   A senadora Selma Arruda (foto), que foi elogiada e utilizada como exemplo pelo ministro da Justiça  na CCJ do Senado, fez questão de expressar solidariedade a Sérgio Moro.  O ministro  está na defensiva desde que o site The Intercept começou a publicar supostas conversas com...

Cotia também quer disputar Cáceres

cotia curtinha   Surge mais um pré-candidato a prefeito de Cáceres, além dos três aliados do prefeito Francis Maris e de outros cinco pretendentes pela oposição. Trata-se de Renancildo Soares França, o Cotia (foto), filiado ao PSD. Ex-assessor do ex-federal Pedro Henry, do ex-vice-governador...

5 ensaiam em Cáceres pela oposição

tulio fontes curtinha   Enquanto três tucanos da base do prefeito Francis vivem expectativa por candidatura pelo palanque situacionista em Cáceres, grupos de oposição se movimentam para lançar nomes competitivos. O advogado e ex-prefeito por dois mandatos Túlio Fontes (foto), do PV, demonstra certo...

Base de Francis, Júnior e divergências

eliene liberado curtinha   O prefeito de Cáceres Francis Maris, no segundo mandato e, portanto, fora do projeto majoritário de 2020, não esconde mais de ninguém que o nome preferencial para a disputa à sucessão é do seu secretário de Turismo, Júnior Trindade. E isso não tem...

Prefeito é ovacionado em solenidade

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) foi ovacionado nesta segunda (17), durante a solenidade que marcou entrega das chaves das unidades do Residencial Nico Baracat I,  no Jardim Liberdade, região da Grande Osmar Cabral. No geral, 360 famílias receberam as chaves dos imóveis, programa do Minha...

Governador, Nota MT e provocação

mauro mendes curtinha   Ao lançar a Nota MT, programa que estimula e incentiva o contribuinte a pedir nota em toda compra de mercadoria, o que ajuda na cultura do combate à sonegação fiscal, o governador Mauro Mendes (foto) copia para o Estado a mesma proposta implantada em Cuiabá na época em que foi...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.