Executivo

Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2010, 11h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

RUMO ÀS URNAS

Novacki reage e diz que críticas de Wilson e Jayme são vazias

  O secretário-chefe da Casa Civil Eumar Novacki classificou como discursos vazios e de bravatas as afirmações feitas pelo senador Jayme Campos (DEM) e pelo prefeito da Capital Wilson Santos (PSDB) durante o encontro estadual do DEM, que aconteceu nesta quinta (25) em Cuiabá. Ele declarou não ter dúvidas de que o clima eleitoral já começou, entretanto, assegura que o governo está preparado para os debates acerca dos investimentos feitos nos últimos anos. “Não tenho dúvida de que faz parte de questões políticas, mas estamos preparados para o debate. Basta olhar o que era Mato Grosso em 2003 e o que é hoje”, desafiou, em coletiva à imprensa nesta sexta (26).

  Apesar de classificar como políticas as declarações de Jayme e Wilson, o interlocutor do governador Blairo Maggi (PR) preferiu não polemizar o assunto e por várias vezes desconversou sobre a "briga". “Vim aqui para esclarecer algumas questões técnicas necessárias, mas não vou falar de política”, dizia Novacki.

   Em um discurso inflamado, o democrata e o tucano “metralharam” a gestão Maggi questionando as políticas de incentivo fiscal que beneficiariam “meia dúzia” de pessoas, além da falta de hospitais e melhoria da infraestrutura da saúde em Mato Grosso e a política tributária praticada pelos republicanos – veja aqui. Ainda durante o encontro Jayme questionou também o fato de Maggi ter comprado 705 máquinas para equipar os 141 municípios apenas meses antes de deixar o Paiaguás. Ele insinuou que Maggi resolveu deixar uma dívida milionária para o próximo governador. Não escondendo a insatisfação com as criticas, Novacki enfatizou ainda que é muito fácil se falar do outro lado do balcão e que o governo Blairo Maggi fez o investimento no momento em que foi possível. Cutucou dizendo que os republicanos pagaram uma dívida de quase R$ 700 milhões herdados de outros governos e que somente agora, após sete anos, há um equilíbrio fiscal para tamanho investimento. Lembrou ainda que todas as cidades foram beneficiadas. “Fazemos para as futuras gerações e não para as futuras eleições”, alfinetou.

  Como as críticas ao investimento na saúde e os incentivos fiscais foram as mais duras, acabaram sendo as mais debatidas durante a coletiva, que aconteceu no gabinete da Casa Civil. Na oportunidade, Novacki rebateu a acusação de que o governo não aplica os 12% do orçamento exigidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. “Se isso fosse verdade nossas contas não seriam aprovadas pelo TCE”, argumentou o “braço direito” do governador Blairo Maggi.

  Conforme relatório apresentado nesta quinta (25) pela secretaria estadual de Fazenda, foram investidos R$ 634,2 milhões no setor de saúde em 2009, R$ 109,5 milhões a mais do que determina a constituição. “A saúde, a educação e a segurança não são o que consideramos ideal, mas houveram avanços significativos”, assegura Novacki. Entre as melhorias na saúde ele destacou a descentralização do atendimento, criação do Consórcio Municipal de Saúde e ampliação do número de leitos no Estado.

  Já quanto à política de incentivos fiscais, Novacki declarou que as empresas se instalam em determinados locais não porque são “boazinhas”, mas sim porque encontram uma política séria de incentivos fiscais. “Quando se trata de forma irresponsável, empresas que gostariam de investir vão para outros Estados”, argumenta.

Postar um novo comentário

Comentários (27)

  • Odiel | Terça-Feira, 02 de Março de 2010, 11h50
    0
    0

    Primeiramente quero parabenizar o brilhante Secretário de Estado da Casa Civil Novacki pelas suas sinceras e verdadeiras declarações. Acredito que criticas é o maior valor para uma gestão, pois e o que seria de um Governo sem criticas? Seria um governo para governar para essas pessoas atrasadas e que vivem do passado. Ressalto ainda, que moro em Cuiabá há 20 anos e estive presente em todos os governos neste período e não houve sequer um Governo parecido com o atual, as respostas a essas criticas o Governo terá nas eleições de 2010. Odiel

  • jose luiz | Sábado, 27 de Fevereiro de 2010, 15h58
    0
    0

    vazias sao os projetos do seu governo,se nao foce o dante deixar a casa arrumada,voces nao ia nem fazer a folha de pagamento.essa analise foi muitas vezes falada pelo governador blaio.acho bom voces fazer um paralelo de gestao entre o atual governo e o anterior, a sociedade esta esperando para o debate.

  • edu | Sábado, 27 de Fevereiro de 2010, 09h03
    0
    0

    nos do interior deste estado estamos entregue a deus na saude ,aqui esta um verdadeiro caos, o povo esta morrendo a mingua,o governo nao faz nada para o povo pobre.vamos dar o troco nas urnas aos butinudos.chega de sofrimento.

  • maranhão | Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2010, 23h09
    0
    0

    caros senhores não se abservou a pessima qualidade do asfalto de mato grosso que o blairo defende que fez tanto asfalto mais esquece de dizer qua nenhum aquentou a etapa final, vejam o recapeamento d.aquino campo verde,construção campo verde nova brasilandia,primavera paranatinga,tangara juina,campoverde barra do garça,cuiaba caceres e muitos que nunca sairam da promessa como a rodovia do araguaia , senhores este treços não aguentaram a etapa final de inauguração e ja tiveram que ser recapeados ou tampados o buracos e uma vergonha a qualidade das casas distribuidas para a população carente não tem coluna estam todas rachando e a saude prega o cassete no wilson mais nunca construiu um hospital em cuiaba para atender os doentes que vem do interior e fica jogado no corredor dos hospitais atras de vagas me lembro até hoje da primeira campanha do governador blairo maggi em que ele encima do palanque dizia que queria ser governador para pagar para o povo matogrossense construindo hospitais e dando um tratamento de saude adequado para a população carente, o milagre que recebeu com a cura do cancer de sua filha e´ fais sete anos de governo e nada disso ele cumpriu cade a baixa na tarifa icms de agua e luz voce que ler esta mensagem analise e hora de colocar alguem que enxerga a necessidade do estado e tenha visão de trabalhar para o coletivo e não meia duzia

  • manoel cuiabano | Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2010, 22h34
    0
    0

    ESTA CHEGANDO A HORA DE DESTITUIMOS ESSA GALERINHA NARCISISTA QUE ESTA NO PODER, NAO FEZ NADA POR CUIABA, NOSSA SEGURANÇA ESTA ABANDONADA, VEJAM SO UM CORONEL COMO SECRETARIO DA CASA CIVIL, BRAÇO DIREITO DO GOVERNADOR NAO FAZ NADA PARA QUE O ESTADO SAIA DESSA SITUAÇAO QUE SE ENCONTRA[VIOLENCIA TOMANDO CONTA DO ESTADO], PORTANTO FORA BOTINUDOS!

  • Francisco | Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2010, 22h15
    0
    0

    Sou produtor na região e digo q esse governo de Blairo Maggi e Silval Barbosa esteve aqui no nosso municipio e lançou um programa de piscicultura, prometendo construções de tanques para a criação de peixe,gerando uma grande expectativa, pois ajudaria e muito os produtores. Infelizmente este governo nunca olhou p/ a baixada cuiabana,o projeto ficou só na promessa. Pinóquio é esse governo q promete e não cumpre. Aqui em Lto não adianta vir pedir voto, sr. governador. Aqui, vocês vão levar uma surra...

  • rogerio | Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2010, 21h22
    0
    0

    Caros senhores, e muito triste ver um senador agir com tamanha demagogia, falar da cerca do paiaguas...em qualquer orgao publico existe uma triagem e um controle de entrada, quem dira no local de trabalho do governador. Sr jaime este e o motivo pelo qual seu irmao nao ganhou a prefeitura de vg, nos nao queremos mais demagogia e truculencia, o tempo dos coroneis ja acabou. Quer um conselho , va cuidar de seus bois. Nos nao o queremos mais. O sr Maggi teve varios erros, mas pelo menos teve a humildade de se desculpar, precisamos de pessoas dignas e nao de deuses da politica, pense e reflita.

  • rogerio | Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2010, 20h39
    0
    0

    vazia deve ta sua memoria sro novacki, matogrosso não é só empresa, é segurança, cade nossa segurança, não vi até hoje o governador falar seriamente em segurança...o chefe maior da policia só fala pelas beiras, foi o pior governador que tratou da nossa segurança atpe hj.os numeros estão ai fora os que não fazem boletim de ocorrencia.

  • Jose Antonio Caldeira | Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2010, 17h42
    0
    0

    Aqui em Cáceres como em toda região o atual governo é uma verdadeira piada, pergunte a qualquer pessoa de Cáceres, qual a grande obra de Blairo aqui na cidade?, agora vc chega no trevo da cidade e já ve uma obra de Julio Campos, vc vai lá para Cohab Nova vc vai em um obra de Julio Campos, a juventude de Cáceres tem uma faculdade graças a Jaime Campos, quantas pessoas já se formaram na UNEMAT, e dai vai contando, e o Blairo em 8 anos de governo que fez para Cáceres, A turma dos olhos azuis ficam vermelho de zangado quando o Jaime fala que são traira , mas é a verdade, o Sinval já ta sentindo isso, o governo da palma da mão é só para os olhos azuis

  • jonas marques | Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2010, 16h47
    0
    0

    Será que ainda tem alguem neste Estado que acredita em jaime Campos e no Wilson Pinóquio?

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...

Kalil, ausência e críticas de educadores

gilmar ferreira 400 curtinha   O candidato a prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat (MDB) não foi a um evento realizado pelo Sintep para apresentar suas propostas aos técnicos e professores da educação básica. A ausência e sem apresentar justificativa deixou professores na bronca. O sindicalista...