Executivo

Segunda-Feira, 01 de Fevereiro de 2010, 10h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

POLÊMICA

O mal não pode vencer o bem, diz Éder sobre gestão de Wilson

  O secretário estadual de Fazenda, Éder Moraes, tido como um dos homens fortes do governador Blairo Maggi (PR), fez novamente duras críticas à administração do prefeito Wilson Santos (PSDB), pré-candidato ao governo. Segundo Éder, diferentemente de Maggi, que gerencia de maneira agregadora, o tucano faria a política da desunião. Ele defendeu o governador com “unhas e dentes” ao alegar que a gestão republicana representa o desenvolvimento, avanço e melhoria na infraestrutura. “Mato Grosso não pode ser vítima de contador de falácias e de histórias”, disparou Éder, nesta segunda, 1º de fevereiro, em entrevista ao programa Cidade Independente, comandado pelo radialista Edivaldo Ribeiro, na Rádio Cidade.

  Éder, que há algum tempo tem trocado farpas com a gestão tucana, aproveitou a oportunidade para “metralhar” Wilson. Ele  chegou a dizer que está pronto para o debate e, assim, provar que o projeto político, que tem como pré-candidato Silval Barbosa (PMDB), é a melhor opção. “Não podemos deixar o mal vencer o bem. Estou pronto para o debate”.

  O secretário disse estar decepcionado também com as políticas públicas de geração de emprego da Prefeitura de Cuiabá. Segundo ele, mais de 24 mil pessoas foram inseridas no mercado de trabalho por meio do Sine, do governo, enquanto que o municipal registrou 1.445 inscrições. Somente três pessoas foram empregadas em 2009 pela prefeitura, segundo Éder. “Cuiabá foi a penúltima Capital do país na geração de empregos. Cuiabá ficou atrás apenas de Jaboatão, no Pernambuco, Isso é uma vergonha".

  Sem papas na língua, Éder criticou o anúncio feito pelo prefeito de que a Sanecap vai gerir o sistema de coleta de lixo. O secretário disse que a companhia não consegue sequer cuidar do saneamento. Mostrando que queria mesmo “implodir” a gestão tucana, o republicano partiu para o ataque às políticas de arrecadação do município que, segundo ele, não mostram resultados satisfatórios por falta de planejamento. “Mal e porcamente ele (Wilson) consegue administrar o IPTU. Falta seriedade, ele não pode discriminar o pobre. Bolsa esmola é o que ele destina para a infraestrutura”, rechaçou, numa referência às criticas do prefeito ao programa estadual Panela Cheia. Segundo Wilson, o povo precisa de educação e não de “bolsa esmola”.

--------------------------------------
Clique no play e confira entrevista de Éder Moraes à Rádio Cidade
 

Postar um novo comentário

Comentários (45)

  • carlos | Sexta-Feira, 12 de Fevereiro de 2010, 14h17
    0
    0

    carlos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Neto | Quinta-Feira, 04 de Fevereiro de 2010, 07h17
    0
    0

    SR. EDER, FALAR DOS OUTROS É FACIL, QUERO VER O SR. EXPLICAR PARA ONDE ESTÁ INDO NOSSO DINHEIRO ARRECADADO EM IMPOSTOS. PRA COMPRAR TRATOR ESTÃO FAZENDO EMPRESTIMOS, E O NOSSO DINHEIRO ONDE TÁ INDO. QUANDO O WILSON GANHAR VAMOS FAZER UMA AUDITORIA NA SEFAZ E DESCOBRIR TUDO. FALA SÉRIO!!! ESTE ESTADO UNCA ARRECADOU TANTO, MAS REVERTER PARA O POVO, NADA. SO FAZ ESTRADA POR BLAIRO E CIA, SÓ FAZ INFRA ESTRUTURA ONDE ELE E CIA TEM FAZENDA. PRA AGRADAR OS PREFEITOS FAZEM UMAS CASAS QUE PARECEM CASA DE BRINQUEDO DE TÃO PEQUENA. CADÊ NOSSO DINHEIRO SR. EDER!!!!!

  • antonio da silva | Quarta-Feira, 03 de Fevereiro de 2010, 15h46
    0
    0

    que serviço o secretario de estado tem prestado ao estado de matogrosso,pelo meu conhecimento o senhor e bancario, nao tem o minimo de conhecimento em politicas publicas para estar opinando e falando mal de homens publico que tem seviço prestado a sociedade.

  • roberto | Terça-Feira, 02 de Fevereiro de 2010, 20h24
    0
    0

    toma vergonha na carra e larga de falar mal vai cuidar do seu trabalho vai estudar mais para falar do que voce não sabe

  • Prof. Luis Carlos Ferreira | Terça-Feira, 02 de Fevereiro de 2010, 13h35
    0
    0

    Demonstração de que se trata de uma pessoa desocupada de suas funções. Pois, ao invés de vir a público falar a respeito de seu cargo, se presta a esse tipo de fofoca. Aliás, isso mais prejudica do que contribui. Quem é já está feito; quem nunca foi, fica buscando um jeitinho de ser. Qualquer toco que encontra pela frente sobe para dar discurso. Cuidado, rapaz... ainda não é chegada a hora!!!!!

  • CARLOS ALBERTO ( DENGUE) | Terça-Feira, 02 de Fevereiro de 2010, 10h54
    0
    0

    O SECRETARIO ÉDER ESTA CHEIO DA RAZÃO, O WILSON MÁ ADMINISTRA A PREFEITURA, AGORA QUER MAL ADMINISTRAR O ESTADO. ELE VAI FAZER IGUAL O DANTE FEZ. VAI DEIXOU A PERFEITURA, (abacaxi) NA MÃO DO CEL MEIRELES. ESSE PREFEITO (WILSON TANGO VAI DEIXAR A PREF. COM O DEP. GALINDO. O PREFEITO TA POUCO LIXANDO COM O POVO CUIABANO. POR ISSO O SECRETARIO EDER ESTÁ CHEIO DE RAZÃO.. PARABENS ....

  • Joao Cuiabano | Terça-Feira, 02 de Fevereiro de 2010, 09h30
    0
    0

    Reportagem cheia de expressoes agressivas,vale lembrar Que o Sec.Eder foi nomeado com a falacia de vender as dividas de MT para bancos estrangeiros,voces se lembram?verdadeiro contador de istorias,magico das financas pessoais isso e muitos mais .Eder o vendedor de ilusoes.Quem viver vera.

  • cidadão de olho | Terça-Feira, 02 de Fevereiro de 2010, 08h56
    0
    0

    Este Éder é bom de serviço, porém também é bom para falar demais, cuidado que toda esta falácia poderá prejudicar a candidatura de Silval Barbosa, que já é prejudicada em virtude de sua fragibilidade de discurso e polítíco, ÉDER,se continuar assim, vai ficar transparecendo que é um ato de desespero, e poderá beneficar a candidatura do PSDB, pare, porque senão vc estará também no BATEAU MUCHE

  • Rogério Santana | Terça-Feira, 02 de Fevereiro de 2010, 08h24
    0
    0

    Rogério Santana, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Adalberto | Terça-Feira, 02 de Fevereiro de 2010, 07h59
    0
    0

    Adalberto, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Mauro e vitórias na briga de decretos

mauro mendes 400 A estratégia do governador Mauro Mendes (foto) de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, discordou e fez...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...

Setasc doou 330 mil cestas básícas

Rosamaria 400 curtinha   A Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), sob Rosamaria de Carvalho (foto), já entregou mais de 330 mil cestas básicas desde o inicio da pandemia, sendo 110 mil em Cuiabá e Várzea Grande. E como assistência social foi considerada como serviço essencial,...

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...