Executivo

Terça-Feira, 23 de Março de 2010, 18h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

MEIO AMBIENTE

Pagot sai em defesa de Maggi e rebate críticas feitas por Marina

Luiz Antonio Pagot    Crédito: Edson Rodrigues  O diretor-geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot (PR), aproveitou nesta terça (23) a entrega das licenças prévias para as obras de recuperação e duplicação da BR 163/364, no Palácio Paiaguás, para rebater críticas da senadora e pré-candidata a presidente da República Marina Silva (PV). O republicano saiu em defesa de seu padrinho político, o governador Blairo Maggi (PR). “Foi uma declaração politiqueira e rasteira e não coaduna com a verdade. Eu mesmo acompanhei e inacreditavelmente vi Mato Grosso se mobilizar em favor do meio ambiente. O Estado fez o dever de casa não só na questão do setor produtivo, mas também em relação ao meio ambiente”, avaliou.

   Além de Pagot e Maggi, estavam presentes o secretário estadual de Meio Ambiente, Luiz Henrique Daldegan, e o diretor de Licenciamento Ambiental do Ibama, Pedro Bignelli. A declaração de Pagot foi uma resposta à critica da senadora e ex-ministra do Meio Ambiente que, em entrevista aos jornalistas mato-grossenses, relembrou o fato de Mato Grosso já ter ocupado o topo da lista do desmatamento ilegal.

   Na avaliação de Marina, o que houve em Mato Grosso foi “terrível ao meio ambiente".  Frente ao auditório lotado, na UFMT, a senadora enalteceu a Operação Curupira, quando 450 policiais federais prenderam desmatadores no Norte do Estado. Em palestra, ela contou os motivos que a fez deixar o alto escalão do governo Lula. Marina relacionou sua saída do staff às "reclamações do governador Blairo Maggi. “Saí porque vi que, em vez de passarem na prova, eles queriam mudá-la”, referindo-se ao episódio ocorrido em 2007, quando dados de desmatamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) foram questionados pelo republicano.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • jose antonio dos santos medeiros | Domingo, 26 de Setembro de 2010, 18h54
    0
    0

    Entre Marina e Pagot, fico com Marina, Marina é uma pessoa: humilde simples foi ministra e senadora e seu patrimonio continua praticamente o mesmo, fiquei sabendo que ela não é sócia do NININHO, que ela não arremata bois a preços altissimos em leilão, e além disso me contaram que Marina mesmo numa pasta como a do meio ambiente, não aceitava "comissão". Acho a Marina extraordinária, já PAGOT, bem, Pagot é o Pagot, sua feição, sua forma de tratar as pessoas que não podem lhe oferecer nada, seu nariz empinado, sua arrogancia representa todo o pensamento de seu grupo politico, um praguimatismo nauseante. pessoas são para este grupo só peças que em dado momento tem alguma importancia e logo são descartadas. Marina é gente e trata o próximo como gente.

  • manoel da silva | Terça-Feira, 23 de Março de 2010, 22h26
    0
    0

    DAQUI A POUCO O PAGOSTA DE DINHEIRO VAI DIZER QUE MT NAO TEM DESMATAMENTO ALGUM. DE TANTO FALAR TALVEZ ALGUEM VAI ACREDITAR! VOCE ACREDITA QUE MT NAO TEM DESMATAMENTO?

  • marcelo figueiredo | Terça-Feira, 23 de Março de 2010, 22h19
    0
    0

    o senhor pagot parece confirmar o que disse a senador marina silva, em vez de admitir os erros e tentar conserta-los prefere tentar maquiar números, fazer jogada de marketing com a questão ambiental como se o atual governo de mato grosso tivesse agido com responsabilidade nestes 7 anos. só não vê o que essa turma desmatou, e agora quer mudar a legislação ambiental para favorece-los ainda mais, ou seja, uma vergonha a gestão ambiental do governo maggi.

  • francisco delmondes bentinho | Terça-Feira, 23 de Março de 2010, 22h14
    0
    0

    respondendo a Nobre Senadora. Quando a senhora esteve em Marcelandia acompanhando as operações nem desceu do avião. No entanto o municipio recebeu em 2009 o prêmio entre os três municipios que alcançaram maior redução de queimadas e que em 2009 recebeu o prêmio Chico Mendes. Este era o municipio que estava no topo dos maiores desmatadores da Região Amazônica, segundo dados, contestados pelo governo Blairo Borges Maggi. O recebimento do prêmio Chico Mendes pelo municipio não teve a divulgação tanto quanto o desmatamento.

  • mario sergio mototaxi | Terça-Feira, 23 de Março de 2010, 22h11
    0
    0

    espero que o povo de nosso estado não de ouvidos a politicos que vem ao estado criticar o que não tem conheçimento pagot vc tem credito para criticar vc gosta de nosso estado valeu obrigado por defender nossa gente

  • flavio cintra dominisk | Terça-Feira, 23 de Março de 2010, 21h28
    0
    0

    O senhor Pagot com essa declaração comprova o que disse a grande senadora marina silva, a de que o governo do estado de mato grosso em vez de passar na prova, quer mudar a prova, maquiar a verdade de que o estado continua liderando o desmatamento no estado, de que não tem gestão ambiental na sema, que colocou um neófito, alguém estranho ao meio ambiente no caso do daldegan, e pela jogada de marketing desse governo na questão ambiental, em vez de buscar resolver os problemas, adora mentir para a comunidade nacional e internacional dizendo que mt faz o dever de casa. quem acredita no pagot? em resumo, essa politica ambiental do governo é uma vergonha, incompentente, ineficiente, só fez a mesmice e ainda quer distorcer a verdade como disse a senadora marina silva.

  • joao | Terça-Feira, 23 de Março de 2010, 20h42
    0
    0

    A campanha eleitoral vai ser boa. A senadora Marina Silva vai voltar em MT mais vezes. Wilson está preparado para atacar os adversários e a população vai aceitar porque está visível a situação de MT a respeito dos desmatamentos.

  • Eduardo | Terça-Feira, 23 de Março de 2010, 19h38
    0
    0

    Um dos responsáveis para tirar o MT da lista do maior desmatador e diminuir os focos de calor foi o Secretário Luiz Henrique Daldegan da SEMA. A Marina pra ganhar alguns adeptos em MT tem que usar as Operações Bruscas do passado, mas com a Cooperação Técnica repassada pelo MMA/Ibama, assumiu a gestão florestal e com apoio de programas tecnologicos, que nos período de 2005 a 2010teve avanços significativos e o mundo passou a ter um olhar diferenciado para o Estado de Mato Grosso.

  • Renato Fagundes de Menezes | Terça-Feira, 23 de Março de 2010, 18h39
    0
    0

    Pagot,seria melhor vc devolver os salarios indevidos q vc ganhou no senado enquanto era assesor parlamentar do senador jonas pinheiro e era funcionario do maggi.Ficaria melhor devolver ai vc teria um pouco de moral para dar licao nos outros.

  • Renato Fagundes de Menezes | Terça-Feira, 23 de Março de 2010, 18h39
    0
    0

    Pagot,seria melhor vc devolver os salarios indevidos q vc ganhou no senado enquanto era assesor parlamentar do senador jonas pinheiro e era funcionario do maggi.Ficaria melhor devolver ai vc teria um pouco de moral para dar licao nos outros.

Avaliar realiza pesquisa em Cuiabá

antero 400   O instituto Avaliar Pesquisa e Comunicação Estratégica, vinculado ao ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto), foi contratado pelo site Preto no Branco, do próprio Antero, para realizar uma pesquisa sobre intenções de voto para prefeito e vereador de Cuiabá....

Patriota, vários evangélicos e cantor

oscemario daltro 400 curtinha   O nanico Patriota, hoje sem um assento na Câmara de Cuiabá, lançou chapa completa para vereador, com 38 nomes. E pode eleger até dois. A proporcional acaba se fortalecendo porque o partido tem cabeça de chapa ao Executivo, o ex-prefeito por dois mandatos Roberto França. Entre...

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...