Executivo

Terça-Feira, 13 de Maio de 2014, 14h:33 | Atualizado: 13/05/2014, 14h:59

PARALISAÇÃO

Parados por 2 semanas, professores de Poconé querem reajuste salarial

Cerca de 300 profissionais da Educação, em Poconé, estão paralisados há duas semanas para reivindicar um reajuste salarial de quase 10%. As melhorias na remuneração foram acordadas em março deste ano, com a prefeita do município, Nilce Mary Leite (PT), mas, segundo os professores, a promessa ficou somente no discurso. O Ministério da Educação (MEC) informou, em janeiro, que o piso salarial dos professores seria reajustado, conforme determina a Lei do Piso (Lei 11.738/2008), em 8,32%, chegando a R$ 1.697.

No município, no entanto, a legislação não é cumprida. “Nos aceitamos que o aumento que deveria estar em vigor, desde o início do ano, fosse feito de forma parcelada. O projeto chegou a ser encaminhado para a Câmara, mas não foi votado”, explica Maria Francisca da Silva Costa, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Poconé. Segundo a sindicalista, o número de comissionados lotados na Educação do município foi o responsável por “empacar” o reajuste salarial. Ainda de acordo com Maria Francisca, a prefeita sustentou que iria contratar mais 160 professores, o que impediria as melhorias salariais para a categoria.

Diante da situação, uma manifestação está programada para ocorrer na próxima segunda (19). “Convocamos até mesmo os pais dos estudantes para participarem conosco. Desde o ano passado negociamos com a prefeita e a secretaria de Educação e até agora nada”, afirma a presidente.

Outro lado

A reportagem do Rdnews tentou entrar em contato com a prefeita de Poconé, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria. A informação é de que Nilce Mary está em viagem a Brasília.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • marta | Quarta-Feira, 14 de Maio de 2014, 11h46
    0
    0

    DAS do estado que tem regalias , querem os mesmos direitos que quem fez concurso, isso é uma vergonha.....só por que tem 10 anos de serviço publico....estão pegando corda com a lei do tabelionato......

  • Servidor | Terça-Feira, 13 de Maio de 2014, 20h30
    0
    0

    Não é só da educação a greve estão todos os servidores tanto da administração quanto da educação chega a mais de 600 funcionários em greve.

  • Antonio de Souza | Terça-Feira, 13 de Maio de 2014, 17h27
    0
    0

    Nova olimpia-MT está em situação pior, com mais de 80 dias de paralisação as autoridades não fazem nada para resolver o problema, o Prefeito acredita que professor é animal, que se coloca cabresto e leva pra onde quer, as promessas de campanha foram de água a baixo. gostaria que vocês publicassem uma matéria sobre a atual situação de nova olímpia. os professores estão cansados e os alunos muita mais ainda.

  • José | Terça-Feira, 13 de Maio de 2014, 15h19
    2
    0

    A Prefeita Meire Adauto, de quem fiz parte da campanha, apoiei e VOTEI. Ela precisa mostrar a que veio, colocar em ação a verdadeira Meire Adauto. Ela falava tanto em "sonho de ser Prefeita", será que confundia pesadelo com sonho? É PRECISO CORTAR A PRÓPRIA CARNE, diminuir o número de Secretarias, diminuir os Cargos Comissionados, separar o Joio do Trigo e dar autonomia para os Gestores que querem trabalhar, ter alguém ao lado dela que entenda de GESTÃO PÚBLICA e que faça o que deve ser feito. MEIRE VEIO PRA COMBATER O QUE ESTAVA ERRADO E ESTÁ LENDO A MESMA CARTILHA, FAZENDO A MESMA COISA... Uma coisa ela não pode negar: ELA SABE O QUE TEM QUE SER FEITO, SABE QUEM PODE AJUDA-LA DE VERDADE... BASTA QUERER, BASTA ELA DEIXAR DE OUVIR O UMBIGO DE ALGUMAS PESSOAS, DEIXAR DE FICAR OUVINDO ESSAS PESSOAS INCOMPETENTES E QUE PENSAM COM A LÍNGUA. ACORDA MEIRE, NO FINAL QUEM VAI PAGAR POR TUDO É SÓ VOCÊ.

Dorner vai tentar prefeitura de novo

roberto dorner 400 curtinha   Em Sinop, o empresário e ex-deputado federal por alguns meses Roberto Dorner (foto), que deixou o PSD e aderiu ao Republicanos, está disposto a encarar de novo a disputa a prefeito. Em 2016, ele perdeu para Rosana Martinelli (PR) por uma diferença de 3.388 votos. É possível que ambos...

Um líder sob insatisfação dos colegas

dilmar dal bosco curtinha 400   O líder do governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco (foto), tem enfrentado crítica velada e insatisfação dos colegas, principalmente dos deputados da base. Reclamam que o interlocutor do governador Mauro não move uma palha em defesa da liberação das emendas e, nas...

Jogada do prefeito Francis em Cáceres

paulo donizete 400 curtinha caceres   A sete meses de concluir o mandato, o prefeito cacerense Francis Maris (PSDB) lançou uma jogada estratégica para ver se "cola". Apoia publicamente para prefeito o seu diretor da autarquia Águas do Pantanal, Paulo Donizete (foto), do mesmo partido, inclusive participou da reunião...

Luta por mais leitos de UTI em Sinop

rosana martinelli 400 curtinha   A prefeita de Sinop, cidade pólo do Nortão, Rosana Martinelli (PR), demonstra preocupação com os poucos leitos de UTI do Hospital Regional no município. A unidade atende moradores de mais de 30 municípios da região e só dispõe de 10. Rosana diz esperar...

Priminho Riva deve disputar em Juara

priminho riva 400 curtinha   Dezesseis anos depois de comandar Juara por dois mandatos (1997 a 2004), Priminho Riva (foto) está de volta. Filiado ao PR, ele deve concorrer a prefeito. Político bastante popular e carismático, tende a enfrentar um páreo duro com dois nomes considerados fortes, o do ex-vice e que se tornou...

Contas de prefeita são reprovadas

thelma 400 curtinha   As contas de 2018 da prefeita chapadense Thelma de Oliveira (foto), do segundo ano de mandato, foram reprovadas pelo TCE-MT. Agora, cabe à Câmara Municipal aprová-las ou rejeitá-las. Em seu parecer, o conselheiro interino João Batista apontou 15 irregularidades, sendo 11 delas sobre...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.