Executivo

Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 15h:38 | Atualizado: 22/05/2019, 10h:03

Em Brasília

Policiais citam perda de direitos e pedem mudança na reforma da Previdência - veja

A base policial está descontente com o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), afirma o presidente do Sindicato dos Escrivães de Polícia Judiciária Civil (Sindepojuc), Davi Nogueira. A categoria está reunida na Praça dos Três Poderes, em Brasília, para protestar contra o projeto da Reforma da Previdência nesta segunda (21). 

Assessoria

Policiais de MT fazem protesto contra a reforma da Previd�ncia

Caravana com mais de 150 policiais de MT fazem protesto contra a reforma da Previdência em Brasília e cobram mudanças no texto debatido no Congresso

A presidente do Sindicato dos Investigadores de Polícia (Sinpol) Edleusa Mesquita ressalta que o projeto privilegia os policiais militares e as Forças armadas e penaliza os civis, rodoviários e federais. "A finalidade da manifestação é protestar pela preservação dos direitos fundamentais dos policiais, que são profissionais dispostos a darem a vida em defesa da sociedade e que não são reconhecidos e nem tampouco valorizados por isto”, disse.

Assessoria

Policiais de MT fazem protesto contra a reforma da Previd�ncia

Policiais, com faixas, cobram manutenção de direitos e criticam reforma da Previdência

Davi, por sua vez, ressalta, até agora, os protestos foram tidos como da esquerda, mas que este movimento é diferenciado por que quem organizou é a base do próprio governo. "Espero que o governo perceba essa diferença, pois se não formos ouvidos, se não formos atendidos em nossas reivindicações, certamente o governo começa a desmoronar, pois perderá apoio de sua principal base que é a segurança pública", disse.

Cerca de 150 policiais civis mato-grossenses, entre 40 escrivães e 110 investigadores, participam do ato. A viagem foi feita em três ônibus e durou 20 horas. A manifestação reúne também bases sindicais de outros estados na capital federal e reúne outras bases de sindicatos policiais, como a federal, rodoviária e do Congresso Nacional, além de agentes prisionais e do sistema socioeducativo de todo país.

Davi lembra que a categoria policial foi fundamental para eleger Bolsonaro como presidente. "O Governo Bolsonaro tendo uma das principais metas à questão da segurança pública. Então é preocupante que as forças [policiais], logo no início do mandato do governo, tenham que vir em Brasília se manifestar o descontentamento", afirma.

O presidente da categoria afirma ainda que, desde o ano passado, a categoria negocia com o Governo Federal sobre as possíveis mudanças no texto da reforma. Mas sem nenhum avanço, comenta. "Então, com certeza o governo precisa olhar com carinho. O que os policiais estão querendo com esse protesto é mostrar quais são as pautas dos policiais por que, do contrário, o governo começa a desandar. A própria base [de Bolsonaro] já começa a mostrar o seu descontentamento", disse.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Júlio, do DEM, vê boa gestão de EP

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), uma das lideranças históricas do DEM, foi "apertado" nesta sexta, em entrevista a Antero de Barros, na rádio Capital FM, especialmente sobre o fato do ex-governador e ex-senador demonstrar simpatia e apoiar a gestão do prefeito Emanuel, enquanto outros do partido...

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

Pivetta vai despachar em 2 gabinetes

otaviano pivetta 400 curtinha   O governador em exercício a partir desta quinta, empresário Otaviano Pivetta (foto), vai dividir o tempo no Palácio Paiaguás pelos próximos oito dias despachando em dois gabinetes. Ora sentará na cadeira do titular Mauro Mendes, que viajou numa comitiva para a Bolívia,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.